segunda-feira, 24 de abril de 2017

Making of Planeta dos Macacos

BEHIND THE PLANET OF THE APES - 1998
DVDRip/MP4/Áudio em inglês/Legenda fixa
em português/126 minutos/582 GB

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

A lembrança mais antiga que tenho de Planeta dos Macacos é, na verdade, da série. Devo ter visto os filmes na TV, mas a série me dava medo, não sei bem o porque. Talvez fosse o truculento General Urko, sempre perseguindo os protagonistas. Aquele clima de algo inevitável prestes a acontecer - eles serem capturados - me dava angústia, quando criança. O mesmo acontecia com Terra de Gigantes. 

Provavelmente os filme não me causaram nada disso porque eu era mais velho quando os assisti. E foi mais de uma vez, como dever ter acontecido com a maioria das pessoas que gostaram do longa. 

O Making of aqui postado trata dos cinco filmes e da série live action e animada, mesmo que fale pouco destes últimos. A primeira hora é inteiramente dedicada ao primeiro filme e não se precisa dizer porque. É o melhor. Droga, eu disse! 

Como o documentário é de 1998, a maioria das pessoas dos envolvidos no filme ainda estavam vivas. O próprio Roddy McDowall, o macaco Cornelius e César (nas continuações) é o apresentador. Há depoimentos de Kim Hunter (Zira), Charlton Heston (Taylor), John Chambers (o responsável pela maquiagem revolucionária para a época) e muitos outros. 





domingo, 23 de abril de 2017

Making of Alien Quadrilogy

MAKING OF DA QUADRILOGIA ALIEN
DVDRip/MP4/Áudio em inglês/Legenda fixa em port./
178-184-158-181 mins./874-964-807-759 MBs


PARA BAIXAR TODOS, CLIQUE AQUI

O filme da quadrilogia Alien mais marcante para mim foi, sem sombra de dúvida Aliens - O Resgate. Não lembro bem, mas acho que já tinha assistido o primeiro, de Ridley Scott e, claro, era um filmaço, quase impossível de se fazer uma continuação a altura. 

Mas, James Cameron estava no auge. Seu Exterminador do Futuro tinha se tornado um clássico do cinema de ficção-científica e ele era um diretor bem cotado quando foi chamado para dirigir Aliens - O Resgate. O filme era tão foda que a noção de que era uma sequência se dava por conta de agora estar no plural. 

Mas, voltando ao primeiro. Alien - O Oitavo Passageiro (sim, o brasileiro tem uma necessidade de que se explique mais do filme no título) era um filme que, em meios a Stars Wars Mania, havia se destacado por mérito próprio. Dan O'Bannon e Ridley Scott uniram ficção-científica, suspense e terro em um único filme. E, de bônus, ainda trouxeram para a ribalta a bela Sigourney Weaver. 

Aliens - O Resgate eu fui ver no cinema. Eu estava tão pilhado para ver o filme que, quando cheguei em Duque de Caxias, que já era bem longe de onde eu morava, e o filme não estava em nenhum cinema, mesmo tendo sido lançado naquela semana, eu fiquei doido de raiva e simplesmente entrei em outro ônibus e fui para a Zona Sul do Rio de Janeiro. O esforço valeu a pena. 

Então veio o terceiro. As notícias era de que seria o aior dos filmes da série Alien. Tanto que vinha como Alien³ ou Alien ao cubo, pois, segundo as notícia sobre o filme, a quantidade de aliens seria absurda. Lembrando da quantidade em Aliens - O Resgate, eu só pude correr para assistir... e amaldiçoar David Fincher. Que além de fazer um filme bosta, ainda mata a protagonista. 

Alien - A Ressureição foi ligeiramente melhor, mas o estrago já estava feito. Para piorar, chamam o diretor francês Jean Pierre Jeaunot de Amélie Poulain para dirigir um filme de terror. Ele já havia feito filmes mais interessantes que Amélie, como Delicatessem e A Cidade das Crianças Perdidas, mas só estava ali por conta da repercussão de Amélie Poulain. Foi um desastre, menor que Alien 3, mas um desastre. 

Ridley Scott segue tentando reviver a franquia, agora com prequels, mas, ainda são Alien e Aleins os melhores da série. 

Coleção Marvel Salvat: De Volta ao Lar

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: HOMEM-ARANHA - DE VOLTA AO LAR
Digitalização: Renato Ptl/Tratamento: Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Este foi o primeiro volume da coleção Marvel/Salvat. Como já disse antes, não há muita intenção de fazer a coleção toda, pois isso seria um pouco complicado por questões monetárias. Eu mesmo só compro aqueles volumes que me interessam ou que eu não já tenha como uma edição normal. Também não me importo com desenhos que a lombada forma, já superei isso quando não ganhei a Enciclopédia do Escoteiro Mirim. 

A primeira edição desta coleção começa com este arco do Homem-Aranha, conhecido como De Volta ao Lar, escrito por J. Michael Strasczkisnshizsn e desenhado por John Romita, Jr. que, atrualmente, não é um deos meus desenhistas preferidos. 

Stracz vem a desenvolver um lado meio místico nas histórias do Homem-Aranha, introduzindo um personagem chamado Ezekiel, que parece ter os mesmos poderes de Peter Parker. Ele encontra o Homem-Aranha e deixqa claro que sabe sua identidade secreta. Porém, ele não parece ser uma ameaça. 

Mas, os problemas de Peter não são realmente Ezekiel e sim um vilão chamado Morlun, que se alimenta das forças de seres superpoderoso e puros. Ele está atrás do Homem-Aranha e vai sugar sua energia custe o que custar. 




sexta-feira, 21 de abril de 2017

Update: Persépolis

PERSÉPOLIS - MARJANE SATRAPI
Scans 1.5 by Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Os scans 1.5, postados aqui pela primeira vez, são diferentes dos scans 2.0 peloo fato de que são os mesmos scans, agora com um upgrade, ou seja, passados pelo Photoshop novamente para ajustar coisas que deixei passar da primeira vez. O scan 2.0 é uma nova digitalização da mesma edição, geralmente comprada novamente. 

Fazer scans 1.5 de de scans antigos coloridos não vale a pena, pois a queda de qualidade é grande. Testei nesse que é em preto e branco, pois a perda de qualidade é menos perceptível, menos para mim, que fico com esse maldito perfeccionimso, sempre pensando, isso não tá bom. Mas, vamos lá. Não dá pra recomprar tudo e refazer tudo. 

Persépolis muita gente já conhece. É a história de vida da autora Marjane Satrapi, uma iraniana, de uma família que é contra o regime de governo, mas tenta levar uma vida dentro dos padrões impostos. 

Logo cedo a pequena Marjane percebe o quanto é difícil ser iraniano. Aos 10 anos ela decide que libertará seu povo quando ela mesma for profeta. Em suas conversas com Deus ela deixa isso bem claro. Além de tudo, já tem seus próprios ensinamentos.

Conforme vai crescendo, os pais e Marjane vai chegando a conclusão deque ela não pode ficar no Irã e a mandam para a Áustria. Porém, o lugar onde ela deveria ficar tranquila e segura, mostra-se um desafio para uma adolescente de um país do Oriente Médio. 

Ela faz novos amigos, passa por dificuldades, se apaixona e tem desilusões, chega até mesmo a ficar nas ruas por um tempo. Tudo isso antes de voltar ao Irã e começar a estudar arte. Porém, se quando ela era criança as coisas eram difíceis para as mulheres, agora estão muito mais. 

Para baixar a animação adaptada da obra de Satrapi, clique AQUI:

LINK DE QUADRINHOS COM O MESMO TEMA:





quinta-feira, 20 de abril de 2017

Combate Inglório

COMBATE INGLÓRIO
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Blazing Combat foi uma publicação de vida curta da Warren Publishing que, como o nome deixa claro, era voltada para histórias de guerra. Durou apenas quatro edições, mas as histórias, todas elas escritas pelo lendário Archei Goodwin, deixaram sua marca. 

Para deixar a coisa mais épica ainda, as capas das quatro edições foram desenhadas por ninguém menos que Frank Frazetta. As histórias foram ilustradas por nomes como Wally Wood, Al Williamson, Gene Colan, Alex Toth, John Severin, Joe Orlando, Angelo Torres e outros. 

Combate Inglório são histórias curtas, passadas em muitas das guerras que já se aconteceram. Sejam elas da Primeira e Segunda Guerras, Guerra do Vietnã, a Guerra Civil Americana e, até mesmo, guerras como aquela que aconteceu nas Termópilas, há muitos séculos atrás. 

Além das exelentes histórias temos entyrevistas com os criadores da publicação, James Warren e Archie Goodwin. 




Scans Que Eu Li: Os Nomes

OS NOMES - 09 EDIÇÕES
Tradução e Letras by Quadrinhos Inglórios/Os Invisíveis



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Os Nomes começa com Kevin Walker sendo obrigado a pular de um prédio por um homem conhecido apenas como O Cirurgião Mesmo contra a vontade, ele pula, depois de deixar - também obrigado - uma nota de suicídio. Assim começa uma boa conspiração. 

A jovem viúva, Katya Walker, não se conforma com a hipótese de suicídio. Diz que conhecia bem o marido e que ele não apresentava nenhum quadro de depressão. Katya resolve que vai descobrir quem levou Kevin a pular do prédio, quem o assassinou. 

Além disso, ela precisa lidar com o enteado, Philip Walker, um rapaz de 16 anos, que nunca se deu bem com ela, e é uma espécie de gênio da matemática. Porém, Katya não sabe - ainda - que o ódio de Philip tem outras motivações.

Enquanto isso, a sociedade secreta conhecida apenas como Os Nomes, que está por trás da morte de Kevin, quer descobrir o que uma entidade de inteligência artificial está tentando fazer à economia mundial. Ela possuiu uma pessoa e se comunica em termos matemáticos. 

Katya e Philip se aliam para tentar descobrir quem matou Kevin, e este, mesmo morto, está dando pistas aos dois de como chegar até o assassino e a causa de sua morte. 

Peter Milligan ainda em forma.



terça-feira, 18 de abril de 2017

The Matrix Revisited

MATRIX: OS SEGREDOS DA PRODUÇÃO - 2001
DVDRip/MP4/Áudio em inglês/Legenda separada
em português/123 minutos/778 MB

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O ano era 1999. Uma época em que eu não estava indo tanto ao cinema e gostava mais de alugar fitas de vídeos e assistir com os amigos da vizinhança. Foi assim que assisti Matrix. 

O impacto foi grande. Era como estar diante de um novo Guerra nas Estrelas: Uma Nova Esperança. Algo que mudaria o cinema para sempre. Uma revolução, principalmente no quesito efeitos especiais. 

O filme era uma amálgama de tudo que os dois roteiristas-diretores nerds tinham consumido na vida: quadrinhos, animes, literatura steampunk, filosofia e kung fu. Com um pouco de romance, pronto! Atingiria um público enorme. 

Claro, me arrependi de não ter assistido no cinema. 

A história tão batida quanto o próprio tempo: a jornada do herói. Neo contra os agentes da matrix. Keanu Reeves lutando kung fu com Lawrence Fishburne. 

É interessante ver o making of e perceber o quanto havia de empolgação inocente naquilo tudo. Ver a dedicação de Reeves, o desespero de Carri Anne-Moss ao torcer o pé, os nascimento do bullet-time, o efeito especial que John Gaeta criou. Ver os desenhos loucos do quadrinhista Geof Darrow. Tudo para se realizar um filme divertido e, quem sabe, com alguma coisa para se pensar. 

Então o filme explodiu e fez mais grana do que o esperado. Aí resolveram fazer mais dois (dizendo que sempre foi uma trilogia, sei). E tudo foi para o brejo. Como um castelo de cartas, tudo desmoronou. E não apenas em Matrix, em todo o resto que os dois diretores fariam dali para a frente, desde Speed Racer até a chatíssima série Sense 8. 

Banda de um sucesso só? O futuro dirá.






BONUS: O MÍTICO MATRIX REDUBLADO




Um dia meu irmão chegou em casa com uma fita VHS que era a gravação da gravação da gravação da original. Foi a primeira vez que vi o filme Matrix reeditado e redublado. Muito antes dos Youtubes da vida. E eu ri, ah ri.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Shenzhen

SHENZHEN: UMA VIAGEM À CHINA - GUY DELISLE
Tradução e Letras by The Man Without Name

  
PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Guy Delisle trabalha coom animação e quadrinhos. Sua esposa é uma voluntária dos Médicos Sem Fronteiras. Graças aos trabalhos de cada um, Delisle acabou escrevendo e ilustrando quadrinhos relacionados às viagens que fizeram. 

O primeiro deles é esse, Shenzhen, cidade da China. Tendo que ir supervisionar uma animação européia, terceirizada para um estúdio chinês, Delisle passa a nos contar suas impressões do país e suas aventuras e desventuras num lugar com uma cultura totalmente diferente da sua. 

Delisle vai desde experimentar o famoso (e ultrajante para muitos) prato  típico da China, cachorro, até festejar o natal com uma família chinesa. 

Também se aventura por Hong Kong e se sente um pouco mais em casa. Mas, seu trabalho requer que fique em Shenzhen, uma cidade que, para um estrangeiro, parecve não ser tão reconfortante.

Delisle escreveu ainda sobre países como Coréia do Norte e Mianmar. Depois que essas HQs foram publicadas se tornou persona non grata nos três países. 



Akira #25 e #26

AKIRA #25 e #26 de 38
Scans 2.0 by Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Kay e o Coronel saem em busca de Chyioko. No entanto, Lady Myiako está preocupada com a segurança de Kay e ordena a Kaneda que vá em busca dela e a traga para o templo. 

Kaneda leva uma moto de seu novo aliado, o Curinga, que não fica nada satisfeito com o empréstimo. Kai (não Kay) e Kaneda partem no encalço da amiga e do coronel que, aliás, passam por sérias dificuldades, pois estão sendo perseguidos pelos "soldados" de Tetsuo. 

Enquanto isso, no mar, o porta aviões recebe o pelotão da morte que deveria capturar Tetsuo e Akira. Mas, ao que parece, as coisas não seão tão simples assim. 

Yu Yu Hakusho - Vol. 10

YU YU HAKUSHO - VOLUME 10
Digitalização e Tratamento Renato Ptl/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Yusuke continua em sua batalha contra Suzako, o inimigo mortal que soltou insetos na Terra que contaminaram as pessoas e as deixaram violentas. Icluindo os professores de Keiko - amada de Yusuke - que agora está em perigo, mesmo sendo ajudada por Botan.

Para evitar que as duas sejam mortas, Yusuke precisa derrotar Suzako e quebrar a flauta mágica que controla os insetos e as pessoas transformadas. Porém, logo Yusuke percebe que pode não vencer desta vez, já que Suzako tem golpes que simplesmente não podem ser superados por uma pessoa comum. 

Enquanto isso, os amigos de Yusuke, Kuwabara, Hiei e Kurama estão do lado de fora, apenas escutando os sons da batalha e torcendo para que Yusuke Urameshi vença.

domingo, 16 de abril de 2017

Scans Que Eu Li: The Filth

THE FILTH - 13 EDIÇÕES
Tradução e Letras: SóQuadrinhos/Os Invisíveis/
Gibiscuits/DarkSeid Club/Quadrinhos Inglórios




PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Somos a Mão que limpa o cu do mundo".

Greg Seelly é Ned Slade. Mas, ele não sabia disso até que estranhos invadem sua vida e o levam de volta à Mão, uma agência secreta que está acima de todas as outras. 

Ned é levado de volta para voltar a ativa. Dizem a ele que Greg é apenas uma pessoa que foi inventada para que ele pudesse tirar umas férias de sua vida de superespião. O problema é que Slade não consegue lembrar de que algum dia foi Ned Slade e quer voltar para sua vida pacada de cidadão de meia idade, que ocupa seu tempo cuidando de seu gato Tony, e se masturbando compulsoriamente. 

Mas, a Mão precisa de Slade para enfrentar Spartacus Hughes, um ex-agente da mão que quer destruir o mundo apenas por diversão. Para isso ele se apodera da criação de uma cientista genética que criou uma espécie de vida microscópica para combater doenças. Mas, algo deu errado, e aquilo está matando pessoas. Mas, tudo isso é apenas a ponta do iceberg de sujeira. 

Grant Morrison e Chris Weston criam algo que consegue ser tão mais bizarro e hermético que Os Invisíveis. Como a maioria do que Morrison escreve, The Filth não é sobre entender a história, mas sobre viajar no mesmo ácido que o carequinha experimentou. Entender é subjetivo. 

Na verdade, ficamos tão perdidos quanto Greg/Ned, que não consegue saber qual, de fato. é a sua verdadeira personalidade: se o perdedor, amante de gatos e punheta, ou se é o superespião fodão que usa uma peruca e roupa pra lá de ridículas. 

O scan não tem a melhor das qualidades, mas isso provavelmente é culpa de serem os únicos scans que existem da obra, que não deve ter sido relançada até hoje, para serem feitos novos scans. Assim, o pessoal dos grupos que traduziram e letreiraram fizeram um trabalho e tanto trazendo essas edições até nós em circusntancias precárias. 

Leia e se perca na insanidade do King Mob. 





Business

category2