sábado, 18 de agosto de 2018

[Scans Que Eu Li] Moonshine #01 a #12

MOONSHINE #01 a #12 - AZZARELLO/RISSO
Tradução e Letras: Guardiões do Globo/Os Invisíveis/SóQuadrinhos

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou MEDIAFIRE

Explicando um pouco a seção esporádica "Scans Que Eu Li". Lá no início da Era de Ouro dos scans - acho que estamos mais ou menos na era Moderna, não sei - era hábito colocar scans de todos os lugares, por aqui. No momento rem que surgiram outros grupos, seus scans também foram distribuídos no RA.

Porém, isso era feito muito desordenadamente e de modo apressado. Eu simplesmente não lia o que pegava. Também havia a questão da qualidade das traduções e/ou digitalizações que, a paritr do momento que você apenas pegava e repassava, isso não era checado. Quem sabe até mesmo a qualidade das história e se valiam o esforço. 

Na Era de Prata eu estava meio que assistindo a tudo de fora. Mas, não consegui ficar muito tempo longe e logo voltei às atividades. E o método de redustribuição de scans ainda continuava o mesmo, sem checagem. Na Era de Bronze, eu passei a colocar apenas os scans feitos por mim e pelos colaboradores diretos, que eram e são bem poucos até hoje, mas são os melhores. 

Na Era Moderna eu passei a querer não apenas distribuir scans, mas lê-los também. Principalmente depois que adquiri um tablet. E, ao ler coisas que baixei dos grupos de tradução, pensava: ah, tenho que colocar isso no RA, pois vale a pena. E assim surgiu a seção "Scans Que Eu Li".

Mas,ficam aqui duas observações: Os scans aqui colocados não são nem 1% do que se pode baixar nos sites, blogs ou fóruns dos quais eu os baixei e que sempre coloco o nome ali logo abaixo do título. Também não fico conferindo para ver se sairam novos numeros, asism sendo é bem mais fácil a pessoa ir ao site original se tem pressa pelas continuações. 

Agora, falemos de Moonshine. Só duas palavras já bastariam para esta HQ: Azzarello e Risso. O "e' não conta. 

Imagine uma mistura de Os intocáveis (sem os federais), Um Lobisomem Americano em Londres (sem Londres) e uma pitada de Coração Satânico (sem o Diabo) e você tem uma história em quadrinhos do caráleo. 

Na época da proibição de bebidas alcóolicas, gangsters fizerma fortuna com o comércio ilegal. Num lugar afastado, uma família r´sutica e violenta está fazendo a melhor bebida da região, e o mafioso local quer ela para si. Para convender Hiram, o chefe da família, ele envia o pau pra toda obra, Lou. 

Parecia que seria apenas mais um trabalho, em que o dinheiro falaria mais alto. Mas, não foi bem assim. Lou lgo descobre que nem mesmo os federais puderam fazer nada contra a família e que eles não querem o dinheiro de seu chefe. 

Tendo visto coisas que assustariam qualquer ser humano normal, Lou tenta convencer seu chefe a esquecer o assunto, mas, claro, ele não fará isso,pois o assunto se tornou pessoal, pois desrespeitaram o padrinho. 

Vai começar uma guerra e Lou estará no fogo cruzado, e uma das armas de Hiram, não é exatamente de fogo. 






sexta-feira, 17 de agosto de 2018

Demolidor: Bendis/Maleev - Vol. 01

DEMOLIDOR: BRIAN MICHAEL BENDIS/ALEX MALEEV - VOL. 01
Digitalização, Tratamento e Páginas Duplas:
Out, The Sider Z/HORDA Senses

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou MEDIAFIRE

Este deu trabalho. Um dos motivos foram as muitas páginas duplas. Que aliás, acabaram por me mostrar que o encadernado estava incompleto. 

Assim, para fazer as páginas duplas eu uso os scans estrangeiros, que já vem com as paginas duplas inteiras e, quando peguei o e encadernado já digitalizado deste volume, logo de cara vi que o encadernado brasileiro veio sem quatro números (Daredevil 16 a 19) também escritos por e desenhados por David Mack. 

Poderia ser por não terem sidos desenhados por Alex Maleev?Não, já que mesmo no volume brasileiro, exitem histórias desenhadas por outros dois desenhistas além dele. Talvez fosse porque eses números não tiveram continuidade até o número 26, onde começa o encadernado nacional? Creio que não, pois outros volumes tem edições puladas, também. Sei lá, provavelmente nunca saberei. 

O fato é que fui atrás desses números faltantes. Pensei em colocar scans que já existiam na rede, mas estes eram muito antigos e iam ficar deslocados juntos com os novos. 

Então encontrei as revistas em que foram publicadas, no Mercado Livre, e as adquiri: Marvel 2002 #2 a #5. Ou seja, nos primórdios da transição Abril-Panini. Coloquei a quatro edições no fim do encadernado, como se fossem extras, para não misturar tudo. As quatro histórias forma um arco fechado que pode ser lido antes ou depois, tanto faz. 

A supressão destas edições é um pecado mortal, pois a história de Bendis e a arte de Mack são impecáveis. Falo sobre isso daqui a pouco.

Sobre o que foi publicado no encadernado, também é algo muito valioso. Talvez seja a melhor fase de Demolidor desde a época de Frank Miller. Só não dou certeza porque não li nada entre a fase de Miller e a de Bendis.

Temos um Rei do Crime totalmente vulnerável que sofre um duro e fatal golpe de um novo gangster. Em consequencia disso, a identidade do Demolidor se torna conhecida de mais criminosos, e o advogado Matt Murdock passa a ter sua cabeça colocada a prêmio. Mas, não para por aí, logo sua identidade secreta é vendida para um jornal e se torna conhecida de todos. 

Além de ter de lidar com esses problemas, Murdock precisa defender um colega de profissão, o Tigre Branco, acusado de matar um policial. Murdock sente que os conflitos causados pela revelação de sua identidade, podem colocar seu trabalho como advogado em risco.

Já a história recuperada, é sobre um menino que está em estado catatônico, a quem Ben Urich tenta ajudar, enquanto faz uma matéria sobre o pai do garoto desaparecido, o supervilão conhecido como Sapo. Tentando entender o que aconteceu com o menino, que agora só repete clichês de histórias em quadrinhos de super-heróis contra supervilões, acaba descobrindo que o Demolidor está envolvido na história e passa a procurar o amigo para tentar desvendar o que aconteceu com o garoto e como e porque ele está envolvido. 





quinta-feira, 16 de agosto de 2018

Vinegar Teeth

VINEGAR TEETH - TROY NIXEY/DAMON GENTRY/GUY MAJOR
Tradução e Letras: A Man Without a Name/HORDA Cullzhatros

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Brick City. Um monstro lovecraftiano aporta na cidade no momento em que uma batida policial está em andamento. O monstro acaba por engolir e digerir o criminoso qu estava para ser capturado e, como recompensa, se torna o novo poliial da cidade, o que deixa Arti Buckle enfurecido, já que o monstro será seu novo parceiro. 

Se lembrar seu nome, a criatura recebe o singelo nome de Vinegar Teeth (Dentes de Viangre) por causado cheiro que exala. Artie mesmo descontente, tenta ensinar c omo ser um bom policial ao sempre bondoso e prestimoso Vinegar. 

Mas, alguma coisa a mais está acontecendo nos bastidores. Pessoas estão sendo dominadas por algoque se chama Cullzathro e estão prestes a dominar a cidade, enquanto Cullzathro se prepara para adentrar nossa dimensão e trazer com ele o Apocalipse. Apenas Vinegar Teeth e Artie Buckle podem salvar a cidade e o mundo. 

Uma HQ alucinante, cheia de ação e comédia, e muito non sense, onde até mesmo um dos personagens é trocado no meio da história (desenhado de forma diferente). Vinegar Teeth está pouco se lixando se vão chamá-lo de uma mistura de Lovecraft com Hellboy - que já é uma mistura de Lovecraft com ele mesmo -  só que acompanhado de LSD. 

Esperamos que gostem... ou não. Que seja. 





quarta-feira, 15 de agosto de 2018

MDP: Raízes do Mal - Vol. 06

MONSTRO DO PÂNTANO: RAÍZES DO MAL - VOLUME 06
Digitalização e Tratamento: Renato PLT/HORDA Roots

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

O capítulo final da fase Millar.

O Monstro do Pântano passou um ano ausente para reaparecer totalmente transformado e muito mais poderoso que nunca. Está certo de que o propósito de ter ganho tais poderesdo Parlamento das Rochas e do Parlamento das Águas é que ele purifique a terra livrando-a dos seres humanos. E algumas pessoas vão tentar impedir isso. 

O primeiro deles é Jason Woodrue, o Homem Florônico, cooptado pelo governo e liberado do Asilo Arkham para tentar convencer o elemental de desisistir de seus planos. 

O segundo é John Constantine, que foi arregimentado pelo Vingador Fantasma, para ajudar em um plano de contingência contra o agora poderoso ser. Mas, uma das aparições, para tentar deter a catástrofe, é uma das mais inesperadas: Anton Arcane. 

Na verdade, parece que Millar apenas resolveu trazer de volta todos aqueles que foram importantes nas fases do Monstro desde Alan Moore em uma espécie de homenagem. 

Além desses todos, temos Tefé, a filha do elemental, que também será de suma importância na trama. 




terça-feira, 14 de agosto de 2018

Artbooks: DC Comics/Darwyn Cook

DC COMICS YEAR BY YEAR - A VISUAL CHRONICLE - 2010
GRAPHIC INK - THE DC COMICS ART OF DARWYN COOK - 2015
Digitalização, Tratamento e Distribução: GetComics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI e AQUI

Acho que não preciso dizer que são scans em inglês, haja visto que é um material praticamente impossível para amadores traduzir e letreirar. Não é como uma revista em quadrinhos. 

Isso me lembra até uma breve história, de um grupo de tradução que já não existe mais. Vagando pelo su site, vi um anúncio sobre os próximos lançamentos, que estariam em produção. Entre eles estava a vindoura tradução do art book Mythology de Alex Ross. Eu ri sozinho, comigo mesmo, e pensei, "não vai rolar". 

Eu tinha na época - e ainda tenho - o artbook e sabia da dificuldade hercúlea que seria não apenas traduzir, mas diagramar todas aquelas mais de 400 páginas, com textos sobre imagens. Era um sonho muito banaca, mas apenas um sonho. Eu mesmo teria gostado muito de ler em português. 

Dois dois acima, eu também tenho o primeiro, DC Comics Year by Year. É o tipo de livroque fica defasado rápido, pois como pode se ver, este volume é de 2010. Ou seja, já está defasado em oito anos, e muita coisa já mudou na DC nesse período. Mas, vale a pena assim mesmo. Principalmente para saber mais sobre o passado.

O outro artbook é do saudoso artista Dawyn Cook, que nos deixou antes de poder preencher mais uns quatro artbooks desses. Este volume traz artes suas e histórias curtas ou partes de histórias que foram publicadas pela DC Comics. Nao é preciso nem dizer que é material de primeira. 




segunda-feira, 13 de agosto de 2018

Sessão Terror 08

SESSÃO TERROR - PARTE 08
Tubarões, Incendiários, Peladonas, e etc...
Todos os filmes baixados em Adoro Filmes de Terror



PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI


1972 - O Monstro de Duas Cabeças (The Thing of Two Heads, Lee Frost): Um velho milionário e racista, devido a uma grave doença, tem sua cabeça transplantada para o corpo de um negro. O detalhe é que o negro está vivo e ambas as cabeças precisam conviver com o mesmo corpo. (BRRip/MKV/Áudio em português/Sem legendas/91 min./1.86 GB)

1975 - Tubarão (Jaws, Steven Spielberg): Um terrível ataque a banhistas é o sinal de que a praia da pequena cidade de Amity, virou refeitório de um gigantesco tubarão branco, que começa a se alimentar dos turistas. Embora o prefeito queira esconder os fatos da mídia, o xerife local pede ajuda a um ictiologista e a um pescador veterano para caçar o animal, mas a missão vai ser mais complicada do que eles imaginavam. (BRRip/MKV/Áudio em português [dublagem clássica]/Sem legendas/123 min./1.80 GB)

1977 - Suspiria (Suspiria, Dario Argento): Susan (Jessica Harper) é uma jovem americana que viaja para a Europa para estudar numa prestigiada escola de Balé. Desde o primeiro dia, porém, ela começa a se assustar com estranhas situações que ocorrem no local que a fazem desconfiar do corpo docente da instituição. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português/99 min./1.80 GB)

1981 - Chamas da Morte (The Burning, Tony Maylam): Grupo de jovens acampado na floresta ouve atento a lenda contada por seu líder: naquele local, um garoto teve o rosto deformado num horrível acidente. Mas, a fantasia se torna realidade, e um perigo mortal se abate sobre todos. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português e inglês/91 min./1.47 GB)

1982 - O Enigma do Mal (The Entity, Sidney J. Furie): Los Angeles, 1976. Uma entidade invisível estupra várias vezes a indefesa Carla Moran, mas ninguém crê em suas histórias. Ao ser submetida a testes conduzidos por especialistas em fenômenos paranormais e psicólogos, comandado pelo pesquisador Phil Sneiderman, fica claro que o que diz não é produto de uma mente doentia. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português e inglês/125 min./2.01 GB)

1985 - Força Sinistra (Lifeforce, Tobe Hooper): A população de Londres está em grande perigo: uma horda de vampiros espaciais surge na cidade e começa a infectar os habitantes. (BRRip/MKV/Áudioo selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português e inglês/116 min./2.06 GB)

1987 - Zombie High - Alunas Muito Especiais (Zombie High, Ron Link): Andrea é a nova aluna de uma prestigiada escola. A princípio, ela fez várias amizades, mas começa a suspeitar que algo estranho está acontecendo quando alguns de seus novos amigos desaparecem. E resolve investigar o que se passa por conta própria, colocando sua vida em perigo. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português e inglês/90 min./1.62 GB)

1990 - O Ataque dos Vermes Malditos (Tremors, Ron Underwood): Um casal habitante de uma pequena cidade esquecida no deserto luta pela sua sobrevivência e para salvar o mundo do ataque de minhocas gigantes e carnívoras que vivem debaixo do solo. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português e inglês/95 min./1.76 GB)


domingo, 12 de agosto de 2018

Moebius: Absoluten Caufeutreail

COLEÇÃO MOEBIUS: ABSOLUTEN CAUFETRAIL
Recuperação de Dados: The Girl Without a Name and Cub/HORDA Oui

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Como Moebius explica na pequena introdução deste álbum, Absoluten Caufretrail seria algo como Absolutamente Calafetado, ou seja, totalmente fechado, como em Garagem Hermética. 

Isso porque as histórias são criadas pelo autor de uma forma pouco convencional, sem roteiros, ou esboços, apenas seguindo seu instinto, até o seu final.

Mais do que ficção-cientítica são histórias que nos levam mais para o mundo da fantasia, do fantástico e do absurdo. Na maioria da vezes, com mai absurdo que o normal. Afinal, é Moebius. 

A primeira história parece ser um tema recorrente a Moebius, a queda. aquela coisa meio onírica, onde estamos caindo, caindo, ou tentando nos manter no ar, sem jamais conseguirmos. 

temos a seguir uma estranha história de amor, uma tentativa de fuga de uma vida um tanto agitada, um robô aprontando altas confusões e dois viajantes do espaço encontrando um artefato em um mundo estranho. 

A última e mais longa - sem trocadilhos - história é a saga do Pau Doido. Onde um homem com um problema de priapismo vê-se sendo perseguido por várias pessoas, de mulheres apaixonadas até o governo que teme uma catástrofe caso ele não volte a seus afazeres. Uma história do caralho. 




sábado, 11 de agosto de 2018

MDP: Raízes do Mal - Vol. 05

MONSTRO DO PÂNTANO: RAÍZES DO MAL - VOLUME 05
Digitalização e Tratamento: Renato PLT/HORDA Roots

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Penúltimo capítulo da fase Mark Millar, que começou com o aval de Grant Morrison. Millar começou sua carreira americana nos quadrinhos do Monstro do Pântano e, depois de um tempo, ele começa a se sentir confortável no título e passa a introduzir mudanças importantes e grandiosas na mitologia do elemental. 

Infelizmente, há um lapso de números que vai do #82 até o #139, o que pode nos deixar meio que boiando. Mas, a Panini não os publicou porque eles não sairam em encadernados nem mesmo lá nos EUA. Assim, temos esse salto gigantesco entre a fase Regênese e a fase Raízes do Mal. 

Por exemplo, aqui, neste volume, Abigail Cable retorna para os braços do Monstro do Pântano, depois de um longo período separados em que ela até mesmo entrou em outro relacionamento. Porém, ela chega justamente quando o elemental está enfretando forças poderosas que tentam retirar sua humanidade, para que ele seja a ferramenta destruidora dos humanos. 

Na última história, temos uma sátira ou uma espécie de crítica à extrema direita, em que Millar destila todo seu cinismo. A história é desenhada pela lenda dos quadrinhos Curt Swan, que se eternizou desenhando os quadrinhos do Superman. O ilustrador faleceria pouco tempo depois disso. 





sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Lobo Solitário - Vol. 10

LOBO SOLITÁRIO - VOLUME 10
Digitalização: SabreWulf/Tratamento: Out, The Sider Z/HORDA kaydôs

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Os Yagiu estão no encalço de Ito Ogamiu e Daigoro. Este volume é continuação direta do volume anterior, onde os homens de Yagiu descobriram onde Ito estava e se preparam para enfrentá-lo Nada menos que um verdadeiro exército. 

O embate é inevitável e o Lobo Solitário já pressente a chegada dos inimigos. Ele tem algo que eles querem, algo importante a ponto de se arriscarem a irritar o lobo e sua cria.

Ito Ogami se vê cercado, mas enfrenta o inimigo sem pestanejar. É quando um acidente acontece e ele perde Daigoro. Agora ele precisa ir atrás de seu filho e abandonar a batalhar. No entanto, os dois acabam perdidos um do outro.

O que se segue são as aventuras de Daigoro, um menino tão novo e perdido, tentando sobreviver enquanto seu pai não aparece. Além disso, os Yagiu continuam no encalço de seu pai e no dele. 

Daigoro logo consegue abrigo na casa de um ex-samurai, mas logo é encontrado e o honrado ex-samurai fará de tufdo para proteger o garoto, que considera seu protegido. 





Moebius - Caos

COLEÇÃO MOEBIUS - CAOS
Digitalização e Tratamento: A Girl Without a Name/HORDA Chaos

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Jean Giraud, Moebius, era um artista único. Reverenciador e influenciador de muitos artistas que vieram após ele, tinha um mundo inteiro só dele, em sua imaginação. Estes mundos se expandiram para o papel, através de sua arte. 

Muitas vezes esta arte, seja em uma história ou em uma ilustração, não precisava de texto, Moebius dizia tudo que queria sem abrir a boca, por assim dizer. 

Assim é este álbum, Caos. A maior parte dele são ilustrações soltas. Algumas páginas consistem em uma pequena história, mas a maior parte é apenas Moebius exercitando a sua imaginação fascinante. 

Ficamos ali admirando não apebas seu traço, mas cada coisa que ela diz em uma imagem. É a ordem no meio do caos. 

sendo assim, tire um momento de seu tempo não para ler  mesmo tendo texto em algumas poucas páginas - mas para contemplar Moebius.

Agradecimento a colaboração dessa nossa amiga, que vou dar o apelido de Garota Sem Nome, que nos enviou este material que reamente se faz necessário ao blog. 





Business

category2