quarta-feira, 16 de junho de 2004

Através

ATRAVÉS

Condição de urgência esta gratidão que sinto
Eternal turbulência se manifesta em cada gota
Presente entregue num passado longínquo
Através de palavras escritas de maneira afoita

Na tarde que o dia trouxe um pouco mais cedo
Dedilhando palavras numa partitura musical
O grito que ouvi foi alegria, não de medo
Através da vastidão distante, felicidade imortal

Emoção lançada pelo prazer da reciprocidade
Abraçando o livro guardado na caixa de madeira
Onde estão as jóias de grande valor, sem igualdade
Através de um amor que perdura a vida inteira

Enevoando o horizonte no contorno da pintura
Vejo a chuva cair como brincos numa elegante moça
A torrente de água chora com beleza e candura
Através dos céus a tempestade cai com toda sua força

Signo da sorte num horóscopo secreto
Avisando sobre o futuro ao solitário incauto
Com lábios recitando um antigo dialeto
Através de uma voz que me toma de assalto

Vejo que o tempo desalinhou seus cabelos
Mas o vento subsequente tratou-os com carinho
Encenando um aviso de que poderia tê-los
Através de um poema escrito, também, em completo desalinho.

Nenhum comentário:

Business

category2