sexta-feira, 5 de janeiro de 2007

Congelado no Tempo

CONGELADO NO TEMPO

Era um dia como outro qualquer quando eu acordei. Pensei ter ficado congelado anos e anos a fio, como o Capitão América, Walt Disney ou o Fry, de Futurama. A coisa toda foi um erro. Nada funcionou. Experiência mal-sucedida. Essas coisas não dão certo na vida real. Em compensação agora eu estava resfriado, doente devido a uma idiotice de ficção-científica. E com frio, muito frio.

E eu acreditando que acordaria no futuro. Ah, eu e meus delírios. Nada mais que uns dois meses se passaram. Olho o calendário e é isso mesmo. Apesar de parecer mais tempo do que parece, não passei desses dois míseros meses. Mas o que eu queria afinal? Que desse certo? Eu já comecei isso sabendo que ia dar errado. Minha cabeça dói e meu nariz escorre. Grandes recompensas.

Olho a máquina em que fiquei deitado e um olhar leigo diria que é apenas um freezer comum. Bom, na verdade é um freezer comum, e sem querer ser engraçado, apenas entrei em uma fria. Tudo bem, eu aceito a derrota. Vou tentar agora algo mais direto, como uma máquina do tempo. Sou alguém que não pertence a esta época atrasada, com seus engarrafamentos, Big Brothers, e blogs cor-de-rosa.

Respiro fundo e, olhando para meu "freezer criogênico", tento entender onde foi que eu errei. Talvez eu tenha colocado energia demais em tudo isso. Talvez eu tenha acreditado demais em algo tão... delirante: me congelar e acordar no futuro.. pffff. Só eu mesmo. Já uma máquina do tempo é mais viável. E preciso começar logo, para esquecer esse "pequeno" fracasso.

Estou perdido nesses pensamentos quando percebo uma coisa estranha: o apartamento que uso como laboratório está sem luz. A iluminação vem lá de fora e...

Mas... que porra de história é essa?! Nada a ver e não tenho a mínima idéia de como vai terminar isso. Chega de gente descongelada.

Não... não... a iluminação vem lá de fora e estranhamente está tudo quieto demais... Ei, quem está escrevendo isso? Eu acordo depois de uns dois meses congelado e tenho minha vida sendo relatada por um "escritor" medíocre, em um BLOG????!!!

Não estou escrevendo sua vida! Estou tentando fazer um texto para encher linguiça. Ninguém vai ler isso.

Você pode fazer melhor. Na verdade eu viajei no tempo sim. A folhinha que eu olhei estava marcando a data de anos atrás. O apartamento está em ruínas, e há buracos que mostram que estou num futuro apocalíptico. OH, NÃAAAOOOOOOOOOO!!!! ELES FIZERAM ISSO! MALDITOS! Cara, você usa muito ponto de exclamação.

Essa história tá me dando dor de cabeça. Não quero mais continuar. Vou colocar os scans e pronto. Acabou.

O que são scans? Quer dizer, sei que são algo que foi escaneado. Mas você fala de um jeito esquisito: "colocar os scans". Colocar aonde? E porque?

Isso que dá não ter ninguém no MSN para passar o tempo. Não interessa saber o que são scans. Esse texto é, provavelmente, a pior coisa que já escrevi.

Eiii, a culpa é minha? Eu apenas acordei, achando que haviam se passado apenas dois meses, e na verdade estou em um futuro apocalíptico (caraca, é muito chato falar "apocalíptico") e posso até ser capturado por macacos que falam ou qualquer outra referência cinematográfica.

Tô cansado.

Você tem alguma coisa para resfriado?

Não.

Como termina minha história?

Não sei.

Eu morro?

Foda-se.

Mau perdedor.

Vai ter continuação? Crossover com o Jerusalem Jones? Ei, eu gosto das histórias dele. Me coloca lá.

FIM.

P.S.:golpe baixo.

Nenhum comentário:

Business

category2