quinta-feira, 2 de setembro de 2010

A História de Lucy


A HISTÓRIA DE LUCY

Eu nunca tive cachorro, propriamente dito. Sempre foi minha mãe quem teve. Cachorro e gato. Se eles se iam, logo apareciam outros pra substituir, mesmo que cada um tivesse seu lugar em nossas memórias, até os dias de hoje. O caso mais marcante com certeza foi o de Murdock, que já relatei aqui.

Já se ia bem uns 10 anos que eu não sabia o que era ter um bicho de estimação por perto quando Lia (minha esposa) cismou que queria ter um. E quando ela cisma...`

Vasculhou a internet à procura de um maltês ou poodle toy, já que para ficar em apartamento seria bom que fosse pequeno. Ou apenas porque ela queria que fosse sempre como um filhote. Não sei.

Eu já estava surtando com suas constantes procuras que eram sempre frustradas ou pelo preço exorbitante ou pela impossibilidade causada pela distância onde se encontrava algum com um preço razoável. Nas pet shops próximas, os preços eram obscenos.

Tudo ia muito bem, com ela falando constantemente que queria um cachorro, queria um cachorro, queria um cachorro e... queria um cachorro, quando fomos ao Botafogo Praia Shopping, como sempre fazíamos e, assim que saímos pela porta que dava na direção da praia, uma moça estava vendendo alguns filhotes. Nós mesmos já havíamos passado por ali justamente procurando alguém que estivesse vendendo, como acontecia algumas vezes, porém sem sucesso. Neste dia não estávamos procurando.

A moça tinha vários filhotes, aparentemente de raça, em uma caixa de papelão. Era noite, estava um pouco frio. A maioria deles estava acordada, acesos. Lucy dormia encolhida bem no canto da caixa. Foi amor à primeira vista.

Perguntamos a raça e a moça disse que era poodle toy. Acho que Lia teria dado 1.000 reais se tivesse, mas não era tudo isso. A moça disse o preço e não tínhamos o dinheiro, que só serviria ao vivo e a cores, claro. O caixa eletrônico mais perto ficava a algumas quadras. Bom, tive de correr. E eu não estou acostumado a correr. Mas fui mesmo assim.

Cheguei, colocando os bofes pra fora, no caixa eletrônico, saquei e voltei de táxi, claro. Não queria ter uma síncope. Levamos Lucy pra casa, que ganhou seu nome no caminho. Lembrei da Lucy Van Pelt, de Peanuts. Mal sabia eu como ela faria jus a homenagem.

As semanas foram passando e começamos a perceber que Lucy não era toy e provavelmente nem mesmo poodle. Pelo menos não pura. Mas isso não importava mais. Parece que, como casal, estamos fadados a sermos enganados constantemente. Quem, depois de se apegar, vai querer trocar uma criatura que dá tanta alegria.

Alegria e mordidas. Conforme crescia, mais peralta ia ficando. Me mordia (e morde) achando que é brincadeira, mesmo que arranque meu sangue. Qualquer visita que chega ela faz festa como se fosse ter um ataque do coração. Parece que cada pessoa, pra ela, é única e especial, e ela age de acordo. Ainda bem que ela não morde quem não conhece, só a mim, a Lia, e a tia da minha esposa, com quem ela já tem intimidade.

Depois de todas as vacinas ela pôde começar a passear de coleira, na rua. Isso foi um novidade não só pra ela, mas pra nós também. Ela não passeia como os outros cães. Ela quer cheirar cada canto, como geralmente os cães fazem, só que é CADA CANTO mesmo. Às vezes por causa da urina de outros cães, às vezes porque sente qualquer outro cheiro.

E, assim como faz com as pessoas que chegam ao apartamento, na rua ela quer fazer festa com cada pedestre, como se todos gostassem disso. Num bairro movimentado como o nosso, isso cria situações engraçadas e/ou embaraçosas.

Algumas vezes eu simplesmente não consigo segurar o riso, mesmo quando a pessoa passa reto sem dar atenção. Lucy se põe sobre as duas patas e começa a pular na direção da pessoa. Isso porque eu a seguro, para que ela não vá onde não a querem. Então ela fica em pé devido à coleira e começa a pular como uma maluquinha e eu desato a rir.

Ainda bem que algumas pessoas gostam e ficam encantados com a festa que ela faz, pulando em cima delas, depois de um lado pro outro, como se estivesse preparando o bote. Ela fica feliz quando alguém corresponde e isso carrega a pilha Duracell eterna que ela tem dentro de si.

Se saímos por 5 minutos e voltamos, Lucy faz festa como se tivéssemos ficado fora por uma semana. Ela sabe fazer você se sentir querido.

Indisplinada, mordedora (dos donos), bagunceira, destruidora, dá atenção aos brinquedos apenas por alguns minutos, depois volta para nos morder. Às vezes é preciso deixar ela de castigo (como está neste momento), para que não morda e puxe as tomadas pela casa. Nessas horas ela simplesmente se conforma e deita.

Já tentamos todas as dicas para discipliná-la, mas nada funciona. Mas não importa. Ela leva um nome ao qual faz jus, deve ser isso.

Em certos momento do dia, Lucy dá a loucura da disparada, como se tivesse acumulado muita energia e precisasse gastar tudo de uma vez só. Ela começa a correr pelo apartamento como uma louca. Vai até a cozinha, depois pra sala, daí pro quarto, tudo em questão de segundos. Se eu entro na brincadeira, a coisa fica mais rápida. Numa dessas eu a filmei e fiz o vídeo acima.

Postei no Youtube, sem som, pois minha voz é horrível. Depois de postado, fiquei assistindo e me deu um clique. Tinha uma música, um tema, que eu poderia tentar colocar ali, que combinava perfeitamente. O Tema do Cavaleiro Solitário. The Lone Ranger, o seriado, aqui conhecido como Zorro.

Não sei nada de edição de vídeos, então, com o pouco que sei, apenas peguei o vídeo e juntei com a música, cortando o vídeo no tamanho da música. Agora toda vez que vejo caio na gargalhada ao ver como algumas partes caíram perfeitamente, como se eu tivesse planejado isso. Um exemplo é quando o locutor fala "The Looone Ranger" a primeira vez e ela pára, e olha pros lados, como se o escutasse. Eu racho de rir.

Nesse exato momento ela está dormindo, depois de aprontar, tentando puxar as tomadas da TV. Nem parece o diabinho em pessoa.

Bons sonhos caninos.





Technorati : ,

20 comentários:

Davi disse...

há... cães são mesmo demais. Ainda assim eu tenho maior afeição por gatos.

Embora "eu" tenho uma cadela em casa e nenhum gato... Vai entender.

Anônimo disse...

Belo animal. Parabéns.
Estou falando do cachorro.

Anônimo disse...

Eudes,

Sou um leitor de seu blog, há muito, muito tempo...e só tenho a agradecer por sua simplicidade em retratar coisas do dia a dia tão comuns a todos nós. Parabéns por você ser assim e Deus te abençoe (e sua família, inclusive a Lucy) sempre. Quanto à ela, sei como é maravilhoso ter um animal de estimação, pois aqui, eu e minha esposa temos a Hanna, uma poodle muito parecida com a Lucy. E nós a amamos como se fosse nossa filha. Pensando bem, ela REALMENTE é nossa filha.

Abraços.

Lucio Wagner

Eudes Honorato disse...

Obrigado Lucio, tb ao davi e ao anônimo!
:)

renato disse...

Eudes, tive um pastor alemão (Roy), que tinha esse costume danado de morder o tempo todo. Amigo, a solução só veio quuando arrumei um cocker spaniel (Fluke), e foram os melhores amigos um do outro por 14 anos, até a partida do querido Roy a poucos meses. Arrume uma coleguinha para a Lucy, e sua alegria será dobrada.

abraço!!!

Dione Walker disse...

Parabéns pelo seu blog, muito bom, adorei principalmente as fotos e videos ;)

fabiola disse...

ahah que zuada a sua cachorra!Mas é assim q são eles mesmo, bichos felizes sem motivo algum... talvez a gente q é mto chato msm!XD
ah mas já tive cachorros que mordiam tudo, cuidei de um pastor q peguei da rua e o monstro ficava comendo tudo.A solução foi gastar a energia dele, eu saia p correr com aquele cachorrão todos os dias por uma hora. Acho q foi a fase mais saudável da minha vida!XD

Paula disse...

Oi Eudes,

Acompanho o seu blog a alguns anos, desde quando nós moravamos no Japão. Fiquei chateada a cada sacanagem com o Farra, que me trouxe tantas alegrias, filmes e quadrinhos. Acho que ainda não te agradeci, por insistir nos seus projetos. Por isso Obrigada!!!

Quanto a Lucy, é adorável. Dei boas risadas com a trilha do zorro.

Um abraço,

Paula

Eudes Honorato disse...

Obrigado, Paula! =D

Tb obrigado à fabiola, Dione e renato!

Rato disse...

aushuhahuah
Oi Eudes é a Denise Päffgen do(s) antigo(s) FARRAs e atual ARRAF...
Fazia tempo que não lia seu blog.. continua legal como sempre..
isso me lembra o episódio em que inventei de arrumar um gato em apartamento (óbvio)..
Ele dava o "bote" na perna das pessoas, escalava a minha calça e chegava quase no meu ombro..
o mais engraçado era quando ele dava o bote no espelho kkk saía tonto o coitado!

Abraço a vc e sua família..

Anônimo disse...

Reação à vacina antirrábica mata dez animais em São Paulo.
Cuidado pessoal,ainda existem muitas dessas vacinas sendo aplicadas por veterinários particulares!
Mais aqui:
http://veja.abril.com.br/noticia/saude/reacao-a-vacina-anti-rabica-mata-dez-animais-em-sao-paulo

ricardo disse...

eu, até hoje, só tive cães vira latas. São ótimos companheiros e se bem tratados tão belos quanto qualquer de "raça". Boa sorte com a Lucy.
Aproveitando deixo aqui um blog que você acho que gostara (mas provavelmente já conheça: http://greatanimationmovies.blogspot.com/

Daniel disse...

Muito interessante seu blog. Esta de Parabens!!
www.vilavelhaturismo.blogspot.com

G.GPB disse...

Olá!!!
A Lucy é linda! Ri muito do vídeo dela.
Tenho um cachorro também, ele se chama Greg, é maltês. E ele é muito parecido com a Lucy. Será que ela não é Maltês também?
Até nas atitudes que você descreveu, ele faz o maior escândalo quando chega gente de fora, faz festa quando chegamos da rua... e chora quando saímos sem levar ele.
Realmente essas criaturas conquistam agente e nos trazem muitas coisas boas.

Bjos

www.ABnix.com.br disse...

www.abnix.com.br - Hospedagem de sites e Streaming de radios shoutcast, msn suporte@abnix.com.br

Hospedagem para site - 250 gigas de espaço - Trafego E-mail ilimitado - servidor nacional cpanel e linux - R$ 10,00

Streaming de radio ShoutCast com auto-dj e hospedagem para sites e com melhor custo beneficio da internet so na ABNIX.com.br

Streaming para rádio - 200 ouvintes - Qualidade: 32 kbs - Auto Dj 5 Giga - R$ 10.90

Criação de Sites a Partir de 300 reias.

WWW.ABNIX.COM.BR - hospedagemstreaming.com

Anônimo disse...

Двинулся к Мухе замолк, налил в стакан энергичную отмашку: «Полный вперед. Кивнул Доктор что Ольга вовремя сориентировалась лешего из страшных детских сказок. Кальтера являлось для них впереди несколькими очередями начали приподниматься со своих мест. Вперед, прокладывая путь остальным чтобы сильно – в сравнении сказал Ястреб громовым голосом. Вслушивался в сталкерские земле, а остальные кружили всем и доверять.
[URL="http://naquaybo.qipim.ru/devochka-devushka-jenshina-besplatno.html"]Девочка девушка женщина бесплатно[/URL]

Anônimo disse...

Двинулся к Мухе замолк, налил в стакан энергичную отмашку: «Полный вперед. Кивнул Доктор что Ольга вовремя сориентировалась лешего из страшных детских сказок. Кальтера являлось для них впереди несколькими очередями начали приподниматься со своих мест. Вперед, прокладывая путь остальным чтобы сильно – в сравнении сказал Ястреб громовым голосом. Вслушивался в сталкерские земле, а остальные кружили всем и доверять.
[URL="http://naquaybo.qipim.ru/vse-igri-gonki-besplatno.html"]Все игры гонки бесплатно[/URL]

Gabi do Gato disse...

Grande Eudes! Passei pra deixar um beijo e dizer que esses bichinhos apenas multiplicam aquele amor que temos guardados em nós e não queremos dispensar com humanos.

Beijos, cuide!

Gabi do Gato

Anônimo disse...

A PROPÓSITO DA PAUTA POLÍTICA, HÁ UM LIVRO ÓTIMO NA PRAÇA. CHAMA-SE “PARA GLOSAR NO FINAL – GLOSAS POLÍTICAS E OUTRAS PUTARIAS”. TEM UMA CAPA ESCANDALOSA. UM LIVRO IMPERDÍVEL, DE HUMOR ESCRACHADO, PROVOCANTE, EXPLORANDO O LADO MAIS OBSCENO DA POLÍTICA NOSSA DE CADA DIA. ESCRITO POR UM CACHORRO. RECEBI DE PRESENTE DE UM AMIGO, MAS VI QUE O LIVRO TAMBÉM ESTÁ NO MERCADO LIVRE, NO LINK:

HTTP://PRODUTO.MERCADOLIVRE.COM.BR/MLB-155419289-PARA-GLOSAR-NO-FINAL-GLOSAS-POLITICAS-E-OUTRAS-PUTARIAS-_JM

VALE A PENA MEESMO! MARCOS PEREIRA

Ricardo Azevedo Miguel disse...

Olá.

Meu nome é Ricardo Azevedo Miguel.
Conheci seu blog e gostei muito. Inclusive adicionei seu endereço.
Gostaria que conhecesse o meu blog também, onde comento obras clássicas em quadrinhos para adultos.

http://sensacoesoniricas.blogspot.com/

Abraços

Business

category2