domingo, 13 de fevereiro de 2011

Compartilhamento


COMPARTILHAMENTO OU MEIO DE GANHAR A VIDA?
Image and video hosting by TinyPic

A pirataria, como a conhecemos originalmente, eram homens nos mares abordando outras embarcações para roubar, gerando assim um lucro sem nenhum investimento. O compartilhamento de arquivos pela internet é dividir com outras pessoas, aquilo que se gosta, sem cobrar nada por isso, ou tirar qualquer outro tipo de vantagem financeira. Por quê? Porque aí sim, seria como a antiga pirataria, que é como todo tipo de compartilhamento de arquivos é chamado genericamente. Mas, para piorar, há motivos para isso.

Assim como filmes e softwares piratas vendidos nas ruas, dentro da internet há quem procure tirar vantagem de colocar para download músicas, filmes, scans, softwares. O modo mais comum é entulhar um site ou blog com milhares de filmes e outros arquivos e, quando você clica no link para download, é direcionado para páginas em que é obrigado a se cadastrar em sites que vendem algum produto para celulares. Alguns outros colocam os arquivos em sites que pagam por download, como o Easy Share, por exemplo. Isso não é compartilhar, é ganhar a vida. Isso prejudica aos que compartilham apenas porque gostam. Mas, o mais incrível, quando há uma caça às bruxas, eles permanecem lá, intocados.

Alguns outros apenas poluem seu site com os tais adsense, publicidade paga pelo google. Até aí, não há nada que se possa fazer, é mais uma questão de consciência. Se o cara está gerenciando um blog em que ele coloca apenas textos seus, sua opinião, trivialidades da internet, coisas que não interferem com direitos autorais de ninguém, colocar publicidade é um direito dele. Quando você está compartilhando material com copyright, fica parecendo que quer apenas ter mais visitas para ter mais clicks nos anúncios. O interesse não é realmente compartilhar.

Outros, além dos anúncios, além dos links que redirecionam pra sites de celulares, ainda tem a cara de pau de pedir donativos! A maioria dos blogs de compartilhamento está no blogger.com, que todo mundo sabe, ou deveria saber, é grátis, nunca cobrou por seus serviços. Os filmes, músicas ou scans postados nestes lugares a pessoa apenas baixou via eMule, Torrent, ou mesmo de outros sites. Que diabos de custo essa pessoa tem? No mínimo deve estar querendo pagar sua internet com o dinheiro de quem os visita.

Alguns fóruns também pedem donativos e, em alguns casos, até com razão, já que pagam uma taxa mensal para mantê-los, mas se envolve download de arquivos, o melhor seria manter esses donativos entre os principais membros, do que pedir donativos e arriscar parecer que está cobrando pelos downloads. Nenhum compartilhamento é trabalho. É diversão, é um hobby. Se está sendo um fardo, melhor mesmo é parar e ir viver sua vida. Se a pessoa quer ganhar dinheiro com filmes, por exemplo, que abra uma locadora.

Quando o assunto é compartilhamento, não se pode assoviar e chupar cana ao mesmo tempo. Uma coisa prejudica a outra. Querer ganhar dinehro com isso, prejudica a qualidade do que se faz, se é que isso importa para quem está tentando ganhar com isso. A pessoa depois de passar por todos os entraves colocados para chegar ao download, ainda pode baixar um arquivo danificado. Se a pessoa faz isso de graça, sem custos ou redirecionamentos, mesmo que o arquivo esteja com problema, ela não se sentirá tão lesada assim.

Mas, o pior disso tudo mesmo é que quem faz isso tira vantagem do trabalho feito por pessoas que fazem porque gostam. Pessoas que compraram ou alugaram os filmes e riparam, pessoas que traduziram as legendas (um trabalho cansativo), pessoas que escanearam e assim por diante. Pois, esses tais apenas baixam esse material e tacam em seus blogs comerciais. Quando tal material é apenas redistribuido por outros que também o fazem porque gostam, é recompartilhamento, quando não, é apenas uma "puta falta de sacanagem".

No mais, é óbvio que, assim como o comécio de DVDs piratas vai continuar crescendo, esse tipo de site e blog também. A única solução é quem baixa, procurar os sites "limpos", em que não há tanta propaganda, os links são diretos, sem enrolação, e os sites são confiáveis. Um bom modo é, sempre que possível, usar o torrent, pois lá não tem como você estar pagando por nada além de sua conexão. Digo quando possível, porquem nem tudo está lá, algumas coisas só se encontram nesses lugares. Minha dica é: procure sempre. Use o Google, use todo tipo de ferramenta de busca.

Para ajudar, eis aqui um dos melhores buscadores por links diretos que já encontrei:
Accurate Files. Fico por aqui, deixando abaixo alguns arquivos, de graça, sem nenhum custo e ainda por cima sem pagar nada por isso. Té mais.


13 comentários:

Anônimo disse...

Olá Eudes,
Muito oportuno esta sua crônica, a respeito do que está acontecendo.
E concordo contigo em número, gênero e grau; a atividade de compartilhamento se caracteriza por estes fatos que você coloca, tem que ser desinteressada e sem fins lucrativos, onde a pessoa faz com prazer sem obter nada em troca.
Pois é exatamente esta característica que exclui o blogueiro que posta scans do ról da pirataria.
Compartilhando desta forma, não estamos visando e nem ganhando em cima dos direitos autorais das obras, portanto se não há lucro, não existe a pirataria que todos nós com certeza abominamos.
Como blogueiro de um humilde blog (Fantasma Brasil), reconheço o trabalho que dedicamos ao nosso "hobby", mas tudo aquilo que se faz com prazer não é um peso.
Como dizia a minha Avó: "Quem corre por gosto não se cansa".
Abração
Fantasma Negro

Budu Garcia disse...

Nestas horas um "muito obrigado, Eudes!" fica muito barato...

Anônimo disse...

Caro blogger, gostaria por meio desta agradecer por botar tudo em pratos limpos.
Também agradeço pelos sacns, e material inédito somente encontrado aqui.

Valeu!

Anônimo disse...

Eu penso que o compartilhamento de videos, quadrinhos ou o que quer que seja via internet, como vc mesmo já disse, deve ser norteado pelo senso moral de cada um! Pois além de todas as questões que vc já levantou no post, ainda existe o lado daqueles que criam o que é compartilado, como diretores, atores, escritores, desenhistas, coloristas. E todos nós desejamos que eles continuem a produzir. Tendo isso em mente penso que quem tem condições financeiras e de entender o idioma que compre o material importado,por "gratidão" ou por simples apreço. É claro que também existe o lado em que a quantidade de material é tao grande que nem todo mundo consegue comprar tudo o que é publicado e neste ponto é que penso que nós chegamos ao compartilhamento(de material importado e traduzido por brasileiros ou de material que foi publicado aqui). Pois são pessoas que dividem um com os outros obras de que tanto gostam(e muitos gastam o seu tempo ainda traduzindo e editando como já foi dito), cada um com a sua contribuição. Mas, como um hobbi, sem que se prejudique quem produz e nem que sejam explorados os amigos com quem vc compartilha.

É isso ai eudes, seu blog é muito bacana, valeu! Leandro leite

Ronaldo disse...

Se houvesse uma editora SBT, o título seria traduzido como: "Galactus, o comedor"

Nitro disse...

Eudes,

Eu coloquei o adsense no nitroglicerina, e também o egrana, mas pra mim, é mais um hobby, não posso dizer que ganho dinheiro com isso, pois até agora o que consegui foram 200,00 dólares com o adsense e 30,00 reais com o egrana, isso tudo em 4 anos! O que gosto e pra mim é melhor que qualquer cafémania ou fazenda feliz, é cuidar quantos centavinhos caem todo dia na conta, mas não mais que isso, pois não faço nada pra realmente ganhar dinheiro.
Agora, chato mesmo, mas muito chato, são os sites que pra você baixar um filme tem que cadastrar o celular em algum serviço pago que você não quer, isso sim é sacanagem. Queria saber se algum otár..., quero dizer, visitante cai nessa. É muita sacanagem!

Nitro disse...

Em tempo:

Fiz um post comentando os seus sites e a sua volta a publicar scans. Se quiser conferir:

http://nitroglicerina.blogspot.com/2011/02/meu-gosto-por-hqs-sempre-foi-restrito.html#links

Nele eu coloco uma teoria de que você tem superpoderes de parar o tempo pra poder manter todos os sites. Estou certo nisso?

Um abraço cara, e continue com esse superpoder que nós só temos a agradecer! (rimou)

Eudes Honorato disse...

Nitro, por coincidencia, vi seu post ontem. Não comentei não sei se por preguiça, ou se pq ia pegar mal, eu comentar num post me elogiando! Mas, obrigado pela consideração, o ego agradece! :D

Moziel T.Monk disse...

Aproveitando o ensejo, Eudes, onde diacho tu contrabandeia as legendas?? Tenho uns mfilmes aqui que até hoje eu nao consegui encontrar legendas de tipo algum. Um deles é "Doc Savage - O Homem de bronze", e o outro é "O DOm da Fúria". Certamente você já deve ter assistido a ambos. Abraços!

Capitão Jedi disse...

Monk, é so site de legendas mais conhecidos mesmo, alguma legendas infelizmente não existem ainda, como é o caso de Doc Savagem que eu tb queria muito.

Chusma disse...

Tem gente aí oferecendo várias opções paradoar, como Cartões de Crédito, Boleto Bancário ou Transferência eletrônica. E olha que o cara diz que é para comprar material, mas tudo é retirado da própria internet. Paga quem quer.

Anônimo disse...

Muito pertinente esse seu post sobre os verdadeiros piratas. Concordo plenamente! Há também uma outra questão, talvez mais espinhosa, que tenho reparado pela internet é o fato de alguns grupos se "apropriarem" dos trabalhos que fazem com base no trabalho de outros. Explico: dia desses vi um camarada puto da vida em um fórum pq alguém pegou o áudio dublado de um tvrip dele para usar em um dvdrip com áudio em inglês, ou seja para fazer um rmz. O camarada do tvrip disse que era um absurdo alguém "roubar" o trabalho dele e "denunciou" o fato. Disse que se alguém queria fazer um rmz que tivesse feito seu próprio tvrip! Acho isso muito doido, pois esse camarada não percebeu que ele também se "apropriou" do trabalho dos dubladores, da tv que exibiu e dos produtores originais.
Essa situação tem se tornado constante, incluive com alguns fóruns banindo aqueles que fazem o "re-compartilhamento" ou seja, pegarem um link e divulgarem-no pela net em outros sites. A meu ver, "caiu na net é pra compartilhar", contanto que, como voc~e mesmo explicou muito bem, não usem isso para ganhar lguma grana em cima dos outros.

Eudes Honorato disse...

Sim, tem gente se achando dono do trabalho de outras pessoas só pq ripou.

Uma das coisas mais loucas que vi em primeira mão, foi um cara que veio me cobrar os créditos pelo filme dublado Um Lobisomem Americano em Londres que postei no fórum FARRA.

No MSN eu disse a ele, olha isso de credito é relativo, pois se for ver é tudo pirataria e vc não é dono do filme so pq fez um RMZ nele.

O cara me disse que não, que a partir do momento que ele mudou o filme original paraa um dublado com RMZ, que não era quebra de direitos autorais.

Eu deletei o filme. Não gosto de malucos no meu pé.

Business

category2