quinta-feira, 14 de março de 2013

Graphic Novel #11: Surfista Prateado


GRAPHIC NOVEL #11: SURFISTA PRATEADO - PARÁBOLA
Stan Lee e Moebius ensinam a quem devemos seguir

Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique aqui


Stan Lee não deixa de nos surpreender. Apesar das polêmicas sobre suas ações com respeito a direitos de personagens co-criados, não se pode negar que ele tem bossa para os quadrinhos. Até mesmo um cultuado autor francês como Moebius (Jean Giraud) aceitou trabalhar com super-heróis, porque era Stan Lee quem estava propondo a parceria. E, claro, num projeto assim, não poderia sair algo inexpressivo.

Em Surfista Prateado: Parábola, Stan Lee aproveitou para exercitar uma veia mais européia no seu texto, abordando um assunto delicado, seja nos quadrinhos ou em qualquer lugar, a religião e suas consequências. A história se passa em um futuro indefinido, onde me parece, o mundo está livre dos super-heróis há tanto tempo que as pessoas não estão mais acostumadas a superseres. Devido a isso, quando Galactus retorna a Terra, mais uma vez, para este povo do futuro isto é algo inédito e assombroso. Logo passam a venerar Galactus como se fosse um deus, coisa que ele quase é.

Ainda impedido pelo seu pacto de não destruir a Terra, Galactus deixa que o povo, em sua paranóia religiosa destrua a si mesmo. E isso ele não jurou impedir. Também em consequência da chegada de Galactus e de seu endeusamento, um pastor religisoso, com uma forte veia evangélica, decide que ele é o canal de Galactus com a humanidade. Obviamente ele não está pensando no bem das pessoas, e sim apenas em adquirir o poder que tal posição auto-proclamada traz.

Para tentar impedir os planos de Galactus, surge o Surfista Prateado, que estava há muito tempo escondido entre as pessoas e se tornara apenas uma lenda urbana. Como não podia deixar de ser, o Surfista é inútil ante o poder gigantesco de Galactus. Mas, quem sabe uma moça, a irmã do pastor, possa trazer um pouco de razão a esse pandemônio religioso.

Não é a toa que o titulo da Graphic Novel é "Parábola". A palavra significa "narração figurativa na qual, por meio de comparação, o conjunto dos elementos evoca outras realidades". E o "conjunto de elementos" dessa HQ evoca a nossa realidade, onde religiosos extremistas se valem da ignorância e do medo de um povo, para ganhar poder e dinheiro. Apesar de ter sido publicada há mais de 20 anos, Parábola se mostra tão atual como sempre.

O trecho abaixo resume o que a HQ de Stan Lee e Moebius quer transmitir ao leitor:


Image and video hosting by TinyPic
Clique para ampliar


5 comentários:

Galileu disse...

Grande clássico. Uma das melhores da série Graphic Novel lançada pela abril. Obrigatória.

Marcio Nunes disse...

Fora de série!!!
Na falta um exemplar tenho 2 do mesmo.
Vale a pena

Abraço Eudes

Chaneyjr.

foguete vermelho disse...

Eudes, você está de parabéns. Você sempre teve bom gosto mas ultimamente está caprichando e pegando só aqueles clássicos que não são tão conhecidos.

Valeu!

Duke disse...

Bastante oportuno quando indicam um papa direitista acusado de ser pró ditadura e indicado apenas para combater a esquerda liberal sul-americana... conscientemente oportuno ou não :)

Davi Machado disse...

Muito, mas muito foda!

Business

category2