quarta-feira, 13 de novembro de 2013

O Cordel Sem Medo


A PELEJA DO DEMÔNIO CEGO
Cantada por Eudes Honorato

Image and video hosting by TinyPic


Há muito não via uma história assim
Um homem que era igual ao capeta
Dando na bandidagem um fim
Mesmo sento totalmente cegueta

Mas vou começar do começo
Que é pra todo mundo enxergar
A verdade toda sem tropeço
De Matt Murdock vou falar

Era um menino ligero
Com um pai batalhador
Um cego em desespero
Ele do fim o salvou

Mas a que preço, minha gente
Que gratidão do destino
Um isótopo mal dizente
Tirou a visão do menino

Tirou um dom, mas outros surgiram
E ninguém vai acreditar
Quando os seus olhos sumiram
No escuro ele passou a enxergar

E mesmo uma batida de coração
O danada podia escutar
Então costurou com sua mão
Essa roupa estranha pra usar

Mas as desgraça nunca acabava
E seu pai, aquele que era lutador
Morreu de morte matada
E nasceu assim o Demolidor

E os bandido ele enfrentava
Nas ruas como um diabo enfezado
E de dia, nos tribunal não parava
Pois advogava pelos injustiçado

E enquanto isso, o tempo passava
E muitos amores também
Mas por essa ele não esperava
Uma mulher que valia por cem

Era Elektra, esse nome esquisito
Mas a diaba era linda que só
Lutava e matava bunito
Nem dos inocente tinha dó

Mas, eis que o Matt chegou
Com aquele uniforme vermeio
Ficou logo cego de amor
E as outra foi pra escanteio

E ela até parou de matar
E viveram uma grande paixão
Mas um Mercenário tudo veio estragar
Furando o bucho dela, o cabrão

E o Matt ficou um bagaço
Como ia terminar eu nem sei
Quase mandou um balaço
Na cara do bandido do Rei

E as feridas desse herói destemido
Desse verdadeiro homem sem medo
Foram cicatrizando, eu te digo
Mas ele nunca teve sussego

E suas aventuras nunca terminam
São coisas que eu nunca vi
Mas que a mim muito fascinam
Assim nos contou Stan Lee

**********

Para Camila Pessôa


ENQUANTO ISSO, NO DIA 21 DE NOVEMBRO

Image and video hosting by TinyPic
Breve em todas as Rapaduras Açucaradas


Dia 21 de novembro é o já clássico Aniversário do Rapadura Açucarada. Seguindo a tradição que iniciei ano passado, vou lançar um scan que valha por vários que, no caso aqui, é o Universo X, sequência de Terra X, feito justamente no aniversário de 10 anos e que se encontra no Onomatopéia Digital para download. Universo X tem 706 páginas, por isso vai demorar bastante, talvez até passando do dia 21, devido ao volume de páginas para serem trabalhadas. Por isso essa enrolação com literatura de cordel com super-heróis e o que mais eu inventar, para que o blog não fique à deriva enqaunto estou preso no Universo X. Até lá.


10 comentários:

Anônimo disse...

Muito herói você.

Anônimo disse...

Contando os dias.

Guimaraes Filho disse...

Título alternativo:
"O Capiroto Valente".

Guimaraes Filho disse...

Ou...
"O Cramunhão Destemido"

:D

Anônimo disse...

Caramba, aí sim coloquei fé. Terra X é incrível.

Eduardo disse...

Muito obrigado!

Anônimo disse...

Gostei bastante da versão em cordel dos super-heróis, principalmente a peleja do diabo cego!

Valeu,
LucaTorelli

Scan Torrente disse...

http://www.personalizaroblogger.com.br/2012/09/crie-um-indice-sitemap-do-seu-blog.html

davidsaraivamartins disse...

Ô bendito dia 21 que não chegaaaaaa

Anônimo disse...

Ave Maria, cadê essa postagem mesmo?!!

Business

category2