terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Lobo Solitário - Volume 02


LOBO SOLITÁRIO - VOLUME 02 de 28
Scans by SabreWulf/Onomatopéia Digital

Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique aqui


Quando Ito Ogami é pego em flagrane - e preso - por um grande número de oficiais de justiça, a sua situação parece ficar sem esperança. Mas em pouco tempo descobrimos que tudo faz parte de um plano preciso e arriscado, organizado pelo ronin. Esta e outras história estão neste segundo volume escaneado pelo samurai SabreWulf!


*************************************************


Não sou grande fã de escrever fanfics. Acho uma responsabilidade muito grande e admiro quem consegue. O grande fator, para mim, é escrever sobre personagens conhecidos sem ser clichê ou repetitivo. O Facebook tem sido meu laboratório parqa experiências com textos curtos e, se gosto de algum, trago-o para cá. Comecei a escrever esse e depois desisti. Fui comentar que desisti do texto e sobre o que ele era, e muitos amigos quiseram que eu terminasse. Obviamente eu não consigo escrever porque as pessoas querem. Tem que acontecer (claro, a menos que isso envolva contratos). Mas, a vontade de escrever algo continuou. E resolvi escrever outra coisa qualuqer. Mas, depois do primeiro parágrafo, o texto foi caminhando para o que havia sido abandonado. E então ele nasceu. Aqui dou-lhe o título de...


O GAROTO
Um Conto de Eudes B. Honorato

Image and video hosting by TinyPic


O lápis quebrou, - por que insiste? - a tinta acabou, - você gosta de sofrer? - a máquina de escrever escangalhou. Eu estava fadado a não escrever sobre Bessie e tudo que me aconteceu. Não encontrava nenhum lápis por perto. Então resolvi sair para comprar. Ou tinta, tinta que não se apaga tão facilmente. A máquina só poderia consertar daqui há alguns dias. Eu não tinha dinheiro. Onde estaria Bessie a essa altura?

Avistei o garoto sentado no bando do parque logo assim que saí de casa. Poderia não ter nada de estranho com ele, não fosse o fato de ele estar lendo Shakespeare. Era A Tempestade. Ele devia ter uns seis anos. Era uma cena certamente insólita. Garotos dessa idade estavam lendo gibis. Aquelas coisinhas tolas, para crianças como ele.

Ele levantou os olhos do livro e passou a me seguir com o olhar. Eu devia estar extremamente assustador: cabelos negros tão desgrenhados, que parecia que acordei e saí com eles assim. Bom, a verdade é que acordei deixei-os assim. Meu sobretudo era preto também e, além de tudo isso, meus olhos deviam estar amedrontadores. Tive uma noite sem sonhos. Mas, isso não vem ao caso.

Comprei o que precisava e na volta percebi que o menino continuava lá, e continuava a me olhar. Então, fui em sua direção. Ele não demonstrou nenhum tipo de medo. Estranhei, pois parecia estar desacompanhado, e isso não era comum naquele lugar. O garoto ia pensar que eu era um degenerado.

- Olá, qual o seu nome?
- Neil.

Vendo que ele estava bem e sem nenhum tipo de preconceito contra a minha pessoa, sentei ao seu lado.

- Então o pequeno rapaz gosta de Shakespeare, já tão cedo assim?
- Acho que já passa das dez.
- Hahahahahahahaahahaaha. Entendi, entendi. Está gostando d'A Tempestade?
- É razoável.

Eu ia rir novamente, mas ele falou tão sério quanto a primeira vez, quando disse as horas e eu pensei que tinha sido uma piada.

- Eu sou escritor, também. Estou numa espécie de bloqueio criativo. Na verdade, parece que estou bloqueado de tudo. Não consigo...
- Por que insiste?
- Hã? Como...?
- Quem é Bessie? - Como... sabe?
- Eu... não sei... não tenho certeza. Mas acho que estamos em um sonho. O senhor não me disse seu nome. Qual seu nome? E quem é Bessie? Que livro é esse que está carregando?

Até então eu não percebera, mas eu estava realmente com um livro, e seu título era: O Senhor dos Sonhos Sonha? Quando eu o abri, não havia nada escrito. Não havia resposta.

- Quem é Bessie? - perguntou o menino. - Quem de nós dois está sonhando.
- Eu estou preso... em um bloqueio criativo.
- O senhor está sonhando comigo? Eu... não posso ficar no sonho de estranhos. Acho que minha mãe não iria gostar.
- Tudo bem, Neil. Tudo bem. Acho que ainda não é meu tempo. Você me fez entender.

Me senti péssimo. Enclausurado. Acho que isso não era um sonho. Não podia ser. Era algum tipo de alucinação. Eu não podia sonhar. Eu sentia falta de Bessie.

- Adeus, Neil.
- Espero que consiga terminar sua história, senhor.

Então abri os olhos.


14 comentários:

Anônimo disse...

Fenomenal edição.
Obrigado pela postagem e parabéns pela qualidade.
Márcio

Anônimo disse...

Perfeito, por favor eu imploro não desistam desta serie. eu morro de vontade de ler tudo, e só tenho até a edição 5, e quero ler a partir daí.

FLAVIO SAMPAIO disse...

Muito obrigado Eudes.

Skætos disse...

Excelente. Sempre quis ter scans de boa qualidade de Lobo Solitário. A única coisa que faz falta neles são aquelas introduções que o Frank Miller escrevia para as edições originais da First Comics.

Anônimo disse...

"Samurai SabreWulf" me fez rir.

Scan Torrente disse...

obrigado!

Anônimo disse...

Olá Eudes! Sei que você não aceita ocasionalmente pedidos, tem seu próprio cronograma e tal, mas irei arriscar unzinho meu egoísta: você não escanearia novamente Moonshadow para uma melhor visibilidade das palavras? Chega a doer o olho às vezes.

Anônimo disse...

Quero fazer uma pequena sugestão:
que tal scanear as histórias do Surfista Prateado publicadas pela Editora Abril nas edições de Superaventuras Marvel 131 a 153?

Essas histórias mostram a Ressurreição de Thanos, morto ao fim da "Saga de Thanos", e servem de prelúdio para a minissérie "Desafio Infinito".

Como não se acha esse arco de histórias para baixar na internet, acho que, se algum de vocês pudesse fazê-lo, seria bastante oportuno! O que me dizem?

Eudes Honorato disse...

Anônimo 1: Eu realmente tenho uma nova edição do encadernado de Moonshadow. Será feito, só não tenho previsão.

Anônimo 2: as HQs Superaventuras Marvel tem sido feitas pelos blogs Gibis Clássicos, Rock e Quadrinhos entre outros.

Anônimo disse...

Que isso, só de ser feito futuramente é uma
ótima noticia. Obrigado.

Anônimo disse...

Eudes, meu caro, eu não disse para você scanear as edições de Superaventuras Marvel de 131 a 153. O que eu fiz foi uma sugestão sobre a disponibilização das histórias do Surfista Prateado que saíram nessas edições.

Ademais, o blog que você recomendou não traz todas as edições que eu citei. Enfim, só achei que seria uma boa ideia sugerir isso aqui.

joalfa666 disse...

Olá Eudes, parabéns pelo conto e pelos trabalho com o Lobo Solitário. Faz muito tempo que li as HQs, mas as estórias eram tão picadas e fora de cronologia que se tornou torturante. Agora parece que vou, finalmente, conseguir ler na sequencia. Grande abraço

Máq disse...

Mirror - goo.gl/tpHhpa

Bem legal esses contos, Eudes.
Quando der, continue fazendo os lançamentos com esses textos.

Anônimo disse...

Ninguém foi me avisar que trouxeram o segundo vol. do Lobo S.? Oras!
...
Podia ser A Tempestade de Sandman... Você não vai acreditar em mim, vai achar que estou puxando o saco, mas gostei do conto.

Quando der, continue fazendo os lançamentos do Rapadura com esses textos.

Business

category2