quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Lobo Solitário - Vol. 03


LOBO SOLITÁRIO - VOLUME 03
Scans by SabreWulf/Onomatopéia/Rapadura

Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique aqui
Links Alternativos das 03 Ed. AQUI


Texto retirado do Skoob, escrito pelo usuário Sílvio:

Uma viagem impressionante ao Japão dos samurais

Um homem com as roupas quase em farrapos carregando seu filho em um carrinho percorre as estradas cobertas de neve durante o Japão do shogunato Tokugawa. Embora estejam cansados e com fome, em nenhum momento os dois deixam de mostrar em seus semblantes uma expressão ao mesmo tempo serena e decidida. Na cintura o homem carrega a inseparável "Dotanuki", espada que maneja com assustadora habilidade e o principal instrumento de sua profissão: assassino. Sua fama percorreu até as provínciais mais distantes, enchendo de pavor os senhores de terras, até se transformar na lenda do Lobo Solitário, o "assassino do carrinho de bebê".

Concebida por Kazuo Koike e Gozeki Kojima, a saga conta a história de Itto Ogami, ex-kogi kaishakunin (executor oficial do Shogun) que é injustamente acusado de uma suposta trama para derrubar seu soberano. Recusando a ordem de cometer o sepukku (suicídio ritual dos samurais) Ogami, junto com seu pequeno filho Daigoro, torna-se um assassino errante, um ronin (samurai sem mestre) buscando vingar a morte da esposa e restaurar a honra de sua família.

Koike o Kojima contam esta história ao longo de 28 volumes de forma magistral em todos os aspectos: a reconstituição da época, o código de honra dos samurais, a narrativa ágil, as histórias profundamente marcantes, a violência das lutas. Lobo Solitário é uma viagem no tempo, que nos remete ao Japão da época dos samurais.

Tanto que o mangá se tornou um clássico, gerando seis filmes, quatro peças de teatro, quatro discos e uma série de televisão (exibida no Brasil nos anos 80 pelo SBT). Também influenciou uma geração de desenhistas e escritores, entre eles Frank Miller, que reinventou a HQ norte-americana com "O Caveleiro das Trevas". "A trama de Kazuo Koike, aliada à narrativa visual impecável de Kojima, é uma das obras mais completas que conheço", elogia. "Babei como um idiota a primeira vez que peguei nas mãos um mangá do Lobo Solitário."

No Brasil, a publicação do mangá também se tornou uma saga em si. Começou em 1987 com a Cedibra (que traduziu a versão norte-americana da First Comics), passando pela Nova Sampa ao longo da década de 90. Nesse período, os fãs ardorosos tinham de se contentar com edições fragmentadas, sem periodicidade definida e qualquer sequência nas histórias. A questão só foi resolvida em 2004, quando a Panini relançou a série a partir da edição da Dark Horse. Eu particularmente vivenciei essa novela e tive de esperar quase 20 anos para conhecer o final da lenda do assassino do carrinho de bebê.


19 comentários:

Anônimo disse...

obrigado!

Edu disse...

Eudes, obrigado por mais uma dessa saga. Aliás, você já viu o filme? Saiu em DVD faz um tempinho, com atores reais e tudo. Ah: por que você não coloca os arquivos no Mega ou no Mediafire? De uns tempos para cá parece que o Zippyshare anda tão lento para os downloads. Parece que está inconstante.

Eudes Honorato disse...

Estranho. Mais gente com problemas com o Zippyshare?

Anônimo disse...

Não, aqui tá tudo bem com o zyppy, muito obrigado por esta obra prima estou cada dia mais ansioso para postarem da 6 em diante, por favor eu clamo não parem de publicar esta HQ.

Vinicls disse...

Eudes, essa é a primeira vez que comento no RA (não sou muito de comentar em lugar algum), mas dessa vez sinto a obrigação imediata de dizer que você está de parabéns.
Na minha infância não fui de ler muita HQ, e confesso que durante algum tempo tive um certo preconceito com essa arte, imaginando que a maioria tratava de histórias infantis. Ledo engano.
Tenho descoberto quadrinhos excepcionais aqui, principalmente, no RA, graças a pessoas com boa vontade e dedicação como você.
Em especial, esse mangá me faz lembrar da época em que foi lançado pela Panini, da ansiedade que batia quando devorava cada edição, sabendo que a próxima somente estaria disponível no outro mês, e assim foi durante algum tempo.
O Lobo Solitário é, em minha opinião, uma HQ superior. Além da ficção criada pelos autores, a riqueza histórica da obra é de chamar atenção, e por isso é a minha principal referência em quadrinhos.
Infelizmente, minha coleção foi destruída por um vazamento, e não tive a oportunidade de relê-la.
A ansiedade é a mesma hoje, enquanto espero que você disponibilize a próxima. Eu peço encarecidamente que não abandone esse trabalho (sei que não é do seu feitio).
Dito isso, eu tenho aqui (que consegui salvar) as edições de n. 11 a 15 do Lobo Solitário e as de n. 5, 7 e 8 do Samurai executor, que é igualmente extraordinário. Estão ainda em bom estado. Faço questão de doá-las a você, para ajudar nesse trabalho, pois não vou mais atrás de completar a coleção e não faz sentido para mim manter algumas edições apenas. Peço que entre em contato comigo.
Um grande abraço a quem quer que te auxilie a todos os leitores.

Vinicls disse...

A propósito, como o colega levantou a questão, o Zippy está realmente muito lento.

Eudes Honorato disse...

Fico feliz Vinicls, que possa refazer sua coleção mesmo que digitalmente.

Quem está digitalizando a obra é o SabreWulf (sorte nossa), pois eu mesmo não a tenho. Ele recebeu a coleção completa como doação, de um amigo nosso, para ser escaneada. Portanto Os números que vc tem não serão necessários nesse caso.

Quanto a Executor, como me seria complicado encontrar o resto da coleção para digitaliza-la fico sem jeito de pegar apenas essas 3 e deixa-las vagando por aqui, sem destino.

Mas agradeço e fico feliz por seu comentário sincero, esse realmente é nossa maior recompensa.

Grande abraço.

Anônimo disse...

O Zippy aqui tá normal...

joalfa666 disse...

Eudes, comigo o Zippy também está lento, sei lá o que pode ser.
Quanto ao Mangá, confesso que, na minha adolescência, quando saiu aqui no Brasil, eu também fiquei como um completo idiota na primeira vez em que o li. Creio que o principal motivo era que, por estar acostumado a ler gibis da Marvel e DC, com aqueles argumentos fantásticos que, querendo ou não nos deixam distantes daqueles seres quase divinos, me deparei com estórias adultas, históricas em que o personagem era uma pessoa normal envolvida em uma tragédia igualmente humana. Além disso o argumento me arrebatou para uma época em que sou fascinado, até porque era praticamente de Iaijutsu, e que tinha tudo à ver com as estórias.
Faço das palavras do Vinicls as minhas: sempre em frete e no que for preciso estamos à disposição. Obrigado à você e ao SabreWulf.

joalfa666 disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
joalfa666 disse...

Puxa Eudes, voltei só pra comentar que o Zippy tá pedindo 12 horas pra baixar o arquivo e eu tenho banda de 10 Mega. Tá osso!!!

Eudes Honorato disse...

Mama mia, vou colocar links alternativos no Mega.

Máq disse...

Muito obrigado Sabrewulf e Eudes. Tá sendo foda acompanhar essaí.

Mirror - http://goo.gl/swQUVU

chicoadrenalina disse...

Olá Eudes.
Onde encontro as scans do estranhos no paraiso que você publicou anos atras ?
Abraço e obrigado por compartilhar hqs.

Sylvio de Alencar. disse...

Parabéns pelo trabalho!!
Gosto muito do servidor Mega.
Uma pergunta: existem outros números para download?
Um prazer vir aqui, este é um blog muito completo e importante para quem gosta deste tipo de publicação.
Seu trabalho e iniciativa merece nosso respeito.
Forte abraço!

有り難う (Arigatou gozaimasu)!

Anônimo disse...

No aguardo de mais volumes dessa preciosidade, parabens pelo trabalho!

Wellington Mendes disse...

Muitíssimo obrigado, esta maravilhosa série está fora de catálogo e encontrá-la aqui é uma felicidade, obrigado por sua grande generosidade. Felicidades!
Wellington Mendes

Wellington Mendes disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Wellington Mendes disse...

E por favor, continue a nos trazer os volumes da saga de Itto Ogami, que os deuses lhe paguem! Muito obrigado, sempre.

Business

category2