domingo, 9 de fevereiro de 2014

Grandes Astros Superman


GRANDES ASTROS SUPERMAN - ENCADERNADO
Scans by Rapadura Açucarada/Onomatopéia Digital


Image and video hosting by TinyPic
Para baixar, clique AQUI


Superman (ou Super-Homem, como eu o conheci) é o primeiro dos super-heróis, o pai de todos, o fura-bolo, cata-piolho e tudo mais. Enfim, aquele que deu origem ao panteão de deuses multicoloridos que temos hoje. Como o próprio Morrison deixa claro na edição 10 de All Stars Superman, ele é aquele que mudou tudo. Com mais de 75 anos nas costas, fica meio óbvio que fazer algo de novo com o personagem é quase impossível. No entanto, essa não é uma boa desculpa para a avalanche de histórias ruins que o Homem de Aço coleciona em sua duradoura vida.

Outro fator para que Superman tenha tantas histórias sem nenhum apelo, é que ele é o cara bonzinho, o herói perfeito, sem mácula, sem paranóias. Gerado por um casal de cientistas, e criado por um casal de humanos bondosos, não poderia ser diferente. O Superman é tudo aquilo que o ser humano almeja ser. Heróis mais sombrios, como Batman, por exemplo, rendem histórias mais intensas e mais envolventes até. Daí que o desafio do roteirista de Superman é quase sempre ter de reinventar o personagem para que sua história faça alguma diferença. Foi o que Grant Morrison fez nesta minissérie.

No documentário Grant Morrison - Talking With Gods, Mark Waid conta que os dois estavam na rua, quando viram um cara vestido de Superman, sentado na pose que deu origem a esta capa acima. Não satisfeitos em apenas observar o homem fantasiado, foram até ele e começaram a perguntar como era ser um super-herói. Waid disse que ele respondia de forma séria, sem pestanejar, falando como se ele realmente fosse Kal-El. Este foi o sinal que Morrison precisava para escrever Grandes Astros Superman.

A HQ já está entre aquelas que marcaram para sempre todos os fãs - e até alguns não tão fãs - do super-herói mais emblemático de todos os tempos. Em Grandes Astros, Morrison e o artista Frank Quitely dão vida a um Superman que é o mesmo que conhecemos desde sempre e ao mesmo tempo é outro, totalmente diferente. E Morrison não quer deixar as coisas fáceis para o leitor, ele já começa dando um ultimato: Superman vai morrer.

Assim sendo, todas as 12 edições são releituras dentro de uma releitura. Seja do romance eterno dele com Lois Lane, da inimizade eterna com Lex Luthor, seja de sua relação com seus pais terrestres e até mesmo seu encontro com suas versões bizarras. Na edição 10 temos uma surpresa aos nos descobrirmos dentro da HQ, mas para saber como, só mesmo lendo e prestando atenção. Acabamos descobrindo que, para Morrison, o Superman é bem mais do que um super-herói.

Para complementar o post, segue abaixo o documentário Grant Morrison: Talking With Gods:


Image and video hosting by TinyPic
Para baixar o doc., clique AQUI


Este é o primeiro documentário em longa metragem sobre o misterioso e icônico Grant Morrison, um dos escritores de quadrinhos mais aclamados pela crítica, e um dos autores mais vendidos da história da indústria, conhecido por trabalhos inovadores e contraculturais como Os Invisíveis, e reinvenções audaciosas de super-herois como Grandes Astros Superman, Homem Animal, Patrulha do Destino, Liga da Justiça e Batman.

O filme examina os 30 anos da carreira de Morrison, e os momentos de sua vida que inspiraram suas histórias. Através de longas entrevistas o próprio Morrison fala de seus primeiros anos na Escócia, do início de sua carreira nos quadrinhos, dos loucos anos 90, quando sua vida se misturou com a de seus quadrinhos, e de suas recentes tentativas de transformar seus problemas pessoais e a escuridão social em quadrinhos pertinentes.

O documentário ainda revela detalhes de seu processo criativo, incluindo um vislumbre de seus cadernos de anotações. A lista de entrevistados também inclui alguns dos criadores de quadrinhos mais populares e influentes como: Warren Ellis (The Authority), Geoff Johns (Lanterna Verde), Frank Quitely (Novos X-Men), Dan DiDio (Vice Presidente Sênior, e Diretor Executivo do Universo DC), Frazer Irving (Homem de Ferro), Phil Jimenez (Homem-Aranha), Cameron Stewart (Mulher Gato), Jill Thompson (Sandman), Mark Waid (The Flash). "Eu vivi tudo aquilo.

Eu me tornei o personagem. Ia aos mesmos lugares que ele, praticava seus rituais, me envolvia com os deuses, e punha tudo nos quadrinhos. Isto me deixou à beira da morte." - Grant Morrison.


15 comentários:

Anônimo disse...

Cê tá impossível, hein. Sempre nos surpreendo com excelentes lançamentos. Aproveitando a deixa, se não for muito abuso, gostaria de deixar alguns pedidos/dicas de materiais: Os Supremos 1 e 2, Projeto Marvels e - na onda da próxima atração da Marvel Studios - Capitão América: O Soldado Invernal.

Abraços.

Marcelo disse...

Mais uma vez, obrigado Eudes. Mais uma obra-prima que poderei ler graças a ti.

Viciado disse...

Supereudesman!!!!!!!!

Você é PhoDa cara!

Acompanho o seu blog tem uma data, mas você sempre traz alguma coisa legal!

Qualquer dia desses, vou na tua casa te dar um beijo!

Posta também o quatro estações do super! Pra mim, é outro trabalho icônicanônico.

Eu sinceramente espero que você se divirta tanto quanto eu com tudo isso...

paulo luis teshirogi (malookat) disse...

Que lançamento! Uma das melhores hqs do escoteirão em scans com qualidade Rapadura Açucarada. Novamente, obrigado Eudes.
Um material em scans que tá bem defasado é o Asilo Arkham do mesmo escritor desta obra-prima. Seria abuso da minha parte sugerir um "Scans 2.0" desse ótimo material?

Eudes Honorato disse...

Problema é que a HQ está cara demais. E só se consegue on line. Duas coisas que me desanimam de comprar.

FLAVIO SAMPAIO disse...

Eudes, já te disse que sou teu fã não, pois é, sou teu fã

Eudes Honorato disse...

:D

Anônimo disse...

Valeu, Eudes! Você é o cara! E, como o anônimo acima, também faço coro pelos Supremos.

Anônimo disse...

Mas que barbaridade!
Eudes postando somente ícones dos quadrinhos!
Obrigado pela oportunidade de apreciar uma obra-prima como essa, ainda mais com a já primorosa qualidade rapadura açucarada.
Almir

SidMat disse...

Natal em Fevereiro, um excelente trabalho de preservação e um material fantástico para compartilhar conosco. Muito obrigado de coração por mais este momento tão bacana das HQs. Um abraço!

Anônimo disse...

muito obrigado!
sem palavras!
lançamento do ano!

scantorrents2.blogspot.com.br

Anônimo disse...

Na verdade eu gosto do Superman justamente porque ele não é o herói perfeito que demonstra ser, existem muitas camadas aí, ele é uma criança alienígena que teve seu planeta destruído, perdeu os pais e teve que fazer uma longa viagem pelo espaço, é um imigrante na terra,foi muito bem criado e amado mas tem que ser o exemplo para bilhões de pessoas controlando seus instintos, sua raiva e seus medo. Também se sente só, por isso o seu reduto é a "Fortaleza da Solidão", vários detalhes demostram que o personagem não é tão maniqueísta quanto aparenta ser em uma análise superficial. Infelizmente poucos roteiristas conseguiram capturar essas nuances, não indo além da "casca" Abs!

Thiago Christopher Cardoso Araújo disse...

bom dia caro blogueiro...muito legal teu blog... coisas superinteressantes e magníficas... verdadeiros tesouros a disposiçao de publico tao carente como o nosso... gostaria de relatar q o link para o download do doc sobre grant morrison não esta disponível... se puderes consertar isso... agradeço

Eudes Honorato disse...

Thiago, eu fiz um novo post com o documentario e novo link, ele está na página principal, mas já pra baixo, desça a barra que vc acha.

Filipe Tavora disse...

MUITO obrigado por este grande post, irmão! = D

Business

category2