quinta-feira, 9 de abril de 2015

Príncipe de Aliors


PRÍNCIPE DE ALIORS - MINISSÉRIE COMPLETA
Digitalização e Restauração by HORDA Comics


Image and video hosting by TinyPic
PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Publicado em 1991, pela Editora Globo, a graphic novel "Príncipe de Aliors ("The Elsewhere Prince")" reuniu o conteúdo de seis edições avulsas de uma série, de mesmo nome, escrito por Moebius e Jean-Marc Lofficier, desenhadas por Eric Shanower e coloridas por Florence Lliboutry. A HQ teve edições lançadas nos Estados Unidos, pela Epic Comics, empresa pertencente à Marvel. Na França, ganhou o título de "Le Prince Impensable", sob a marca de Les Humanoides Associés.

"The Elsewhere Prince" é apenas uma das muitas séries paridas pela Epic, a respeito do universo da Garagem Hermética. A série se passa em um asteroide que possui dimensões paralelas simultâneas. O lugar é chamado de Garagem Hermética e foi criado pelo Major Grubert, personagem que mantém o controle sobre estes mundos, a bordo da nave Ciguri. Um belo dia, um jovem artista se junta a um grupo de viajantes mercenários. Depois de pararem para descansar por uma noite em uma pequena aldeia, sofrem a inclusão de mais um membro, um garoto que deseja ser guerreiro e que está cansado da monotonia de sua vila. Logo em seguida, os homens acabam sendo todos mortos em uma sangrenta batalha contra uma criatura com aparência de besouro, conhecida como um Jouk.

Os sobreviventes partem para ajudar o Príncipe de Alliors e a Princesa a enfrentar a temida criatura conhecida como Bouch'Tar'Hai, que está prestes a se materizalizar e pode destruir aquele mundo. O Príncipe possui um poderoso arco que pode dar fim a criatura, porém, nos bastidores, líderes do exército cobiçam o poder do Príncipe ao mesmo tempo em que o temem.


Bem no começo da HQ, o editor explica que não foi nada fácil escolher o nome para a publicação, já que de "The Elsewhere Prince" ("Príncipe de Outro Lugar" ou "Príncipe de Alhures"), não significaria muito para nós. Recorreu-se então ao Provençal, língua falada por poetas e trovadores no Sul da França, desde o século XI. Foi aí que descobriram que o termo Alhures tem sua origem na palavra provençal, Aliors. Estava resolvido o problema. "The Elsewhere Prince" virou "Príncipe de Aliors".

O texto foi retirado de
Tujaviu, com apenas o terceiro parágrafo acrescentado por mim.

5 comentários:

Anônimo disse...

Muito bom!!! Obrigado e parabéns!!

raimundo disse...

Sensacional.valeu por disponibilizar.

FLAVIO SAMPAIO disse...

Obrigado por mais essa, bom samaritano dos scans

Sergio Nova disse...

Com todo o respeito que Leandro Luigi Del Manto merece, e que não é pouco, essa explicação é absurda. Então, "alhures" não significaria muito para grande parte dos leitores, e por isso ele optou por "aliors", que significa absolutamente nada para ninguém?

Com certeza, ele deve ter tomado um chá quando redigiu a explicação.

Com certeza, "Príncipe de Alhures" seria um nome interessante, e certamente mais interessante do que o nome adotado, e a explicação fonética, haja paciência, só fica ainda mais vazia.

Anônimo disse...

Concordo. Melhor teria sido não se preocupar em ser tão literal e buscado um nome com mais significado.

Business

category2