segunda-feira, 31 de outubro de 2016

The Twilight Zone

ALÉM DA IMAGINAÇÃO - COMPLETA
DVDRip/Avi/Idioma: Inglês/156 ep./25 min.cada/160 MB cada
Uploader: Gr Machado

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Texto do uploader Gr Machado:

Na segunda metade da década de 50, o roteirista norte americano Rod Serling se inspirou em um roteiro para televisão comprado pela emissora CBS que seria produzido por Alfred Hitchcock, para produzir sua própria série de ficção científica/suspense/fantasia. 

The Twilight Zone, que estreou em 1959 e seguiu por cinco temporadas, foi vencedora de inúmeros prêmios e revolucionou a maneira de se produzir e contar histórias do gênero. Serling, escreveu e co-escreveu 96 episódios, além de atuar como narrador em todos os 156 episódios que compõem a série clássica.

 Dentre os escritores, nomes consagrados da ficção científica e fantasia da época como Charles Beaumont, Richard Matheson e Ray Bradbury. Cada episódio conta uma história fechada. 





Muitos atores faziam parte do elenco fixo da série, dando vida ao diversos personagens apresentados na série. Dentre os atores que já participaram estão Robert Redford, Burt Reynolds e William Shatner.

Em 1983, Steven Spielberg produziu The Twilight Zone: The Movie, um longa metragem que apresenta quatro histórias refilmadas da série original, uma delas dirigida pelo próprio diretor, dividindo espaço com John Landis, Joe Dante e George Miller. 

Dois anos depois a CBS lança o remake da série, com 110 clássicos episódios da série de 1959 refilmados. Houve também mais uma refilmagem em 2002 com o ator Forrest Withaker como narrador. Não fez o sucesso planejado pela CBS e durou somente uma temporada.




21 comentários:

Marc Soap disse...

Foi dessa série que o embusteiro judeu alcunhado de Will Eisner roubou muitas ideias, sem o mesmo talento para desenvolver nenhuma delas é lógico.

endo1939 disse...

Rapadadura quando sai mais volumes de "Os Mortos Vivos"?

Roberto (Fonfagu) disse...

Will Eisner, embusteiro judeu? Para o mundo que eu quero descer, Raulzito!!! É cada uma!

Daniel de Marins disse...

O mundo não tem jeito mesmo, é racismo por todo lado.

Otávio Meirelles disse...

Obrigado!!!!

Anônimo disse...

No futuro, o Eudes será relembrado e cultuado por disponibilizar cultura pelos meios da antiga internet.

Paulo Eduardo Borborema disse...

Eudes, muito obrigado por disponibilizar esse material!
Coisa fina isso aí.

Luciano Costa disse...

Muito obrigado mesmo por disponibilizar essa preciosidade

BUDU GARCIA disse...

Eudes:
Grato pelo trabalho pioneiro, abnegado e despretensioso.

Marc Soap disse...

Chamar um judeu de judeu agora é racismo...kkkkkkkk

Clauber disse...

Simplesmente espetacular, já assisti os 3 primeiros episódios e é viciante! Obrigado!

Eudes Honorato disse...

Marc Soap, depende do contexto. Da mesma forma chamar um negro de negro é racismo quando o contxto é para depreciar, como se ser negro fosse errado. Já no caso de Will Eisner, a acusação sobre Twilight Zone nem dá pra levar em consideração, um artista que começou na década de 30, ao menos 30 anos antes do seriado, e já era considerado um genio antes de o seriado existir.

Poucas de suas histórias são marcadas por ficção cientifica e/ou de fantasia. na época de Spirit eram histórias policiais, quando voltou de um tempo sem fazer quadrinhos para o publico em geral, voltou fazendo histórias de drama e auto-biograficas. Sua história mais Sci-fi é Um Sinal do Espaço, que tem mais drama e espionagem que Sci-Fi.

Quando se le uma cusação infundada dessas misturando com o fato dele ser judeu, e que se entende logo é que a pessoa consdiera todo judeu ladrão, o que é bem comum entre pessoas racistas.

Daniel de Marins disse...

Marc Soap, vai se tratar, doente!

Nano Falcão disse...

Vamos explicar direitinho pra você entender porque é um racista: na sua opinião Will Eisner é um embusteiro que copiou Além da Imaginação. Uma vez que até hoje nunca vi paralelos de Além da Imaginação com a obra do Eisner sei lá de onde formulou essa tese, mas vá lá, é opinião sua, beleza.

O problema é quando você tem a necessidade de adicionar um "embusteiro judeu". O que interessa se ele é judeu na sua condição de embusteiro? Mudaria uma coisa se ele fosse um embusteiro branco, católico, protestante, ateu, negro, muçulmano?

Por exemplo, quando nos referimos ao Eduardo Cunha, todo mundo diz "Aquele safado do Eduardo cunha", não "aquele EVANGÉLICO SAFADO do Eduardo Cunha", não é? Então porque é tão importante adjetivar a religião ou raça de uma pessoa? A não ser quando se vê na condição racial ou religiosa dessa pessoa um demérito. OU seja, a não ser quando você é RACISTA.

Marcelo disse...

Considerado um gênio, veja você, pela imprensa judaica...kkkkkkkkkkNunca fez algo meramente decente. Além de ser um desenhista ridículo e um roteirista medíocre.

Ninguém consegue citar uma grande obra desse judeu embusteiro, mas todos repetem que ele é um gênio. Historinhas esquecíveis e só.

Marcelo disse...

Nano Galvão, Todo evangélico é antes de tudo um imbecil, boçal e descerebrado. Se você não consegue ver paralelos entre a obrada do judeuzinho e Além da Imaginação é porque não sabe do que falo e não cabe a mim explicar isso aqui.

Chamei o judeu embusteiro de judeu para deixar claro que a fama dele se deve ao lobby judeu dos quadrinhos. Isso é um fato que todos conhecem. Bem, ao menos, as pessoas que não vivem apenas do alienante mundo de séries americanas e quadrinhos.

Nano Falcão disse...

Finalmente vou conseguir ver todos os episódios. Só acompanhei pela TV na reprise dos anos 80, e com certeza perdi algo.

Muito obrigado por compartilhar Eudes!

E se algum dia você achar legenda do seriado "concorrente" - esse eu nunca vi, mas sou muito curioso - "Quarta dimensão", começo já a campanha pela sua canonização, rsrs.

Sérgio Ricardo disse...

Nano, as legendas para a série Outer Limits (5a. Dimensão) podem ser encontradas no site legendas.tv

Nano Falcão disse...

Muito obrigado, Sérgio. Nunca vi Outer Limits, mas depois que descobri que "Demônio da Mão de Vidro", de Harlan Ellison, foi originalmente um episódio dessa série, fiquei curioso.

Angel Heart disse...

Acho que esse Marc Soap e esse tal de Marcelo são a mesma pessoa. Ambos exalam o mesmo odor putrefato que caracteriza os membros de sua irmandade sórdida. Bem que fez o Nano Galvão em ignorar elemento tão execrável, ignorante, com a mente cheia de veneno e ódio. Vê-se logo que é uma pessoa perturbada com a intenção de estender a nebulosidade de sua alma às pessoas de bem frequentadoras deste blog. Não gostaria de conhecer pessoa assim, se bem que há muitas como ele.

Paulo Eduardo Borborema disse...

O nível de esquizofrenia desse Marcelo me faz lembrar de um cara chamado "Junior" que costumava comentar merda desse tipo no blog do VonDEWS, o Vertigem.
As postagens pelo menos seguem parecidas, nível "King Size do Rio de Janeiro" de loucura, sacam?
Eu ia tirar sarro, mas vai que é doença mesmo, né?

Business

category2