sábado, 8 de abril de 2017

Coleção Marvel Salvat: Em Busca dos Deuses

COLEÇÃO MARVEL SALVAT: THOR - EM BUSCA DOS DEUSES
Digitalização by Renato Ptl/Tratamento by Outsider /HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

"Se existe uma coisa da qual a Marvel não tem medo é arriscar - especialmente se for para produzir quadrinhos inovadores. Em 1996, a editora fez uma jogada sem precedentes com vários de seus títulos mais longevos. 

Após o evento cataclísmico conhecido como Massacre, todos os títulos ligados aos Vingadores, além do Quarteto Fantástico, foram cancelados e entreguesa uma nova equipe de superstars. Concebidas por talentos como Jim Lee e Rob Liefeld, essas histórias tencionavam recontar a origem dos personagens numa ambietação moderna. Após doze meses nesses estranho e compacto mundo, os heróis finalmente voltaram para o universo regular.

Para Thor, a equipe criativa responsável por esse segundo volume de aventuras foi formada pelo escritor Dan Jurgens e o artista John Romita, Jr. Recém saído de uma fase bem-sucedida e controversa na Distinta Concorrência, Jurgens iniciou a nova série de maneira espetacular. 

Alternando entre a vida do deus asgardiano em seu reino dourado e o mundo dos homens com o qual ele estava agora mais intimamente envolvido do que nunca, Jurgens encontrou um equilíbrio perfeito em sua narrtiva. Na verdade, sua abordagem se mostrou tão popular que ele permaneceriua no título até a edição 79, quando este foi relançado novamente como um crossover do evento Vingadores: A Queda. 

Quanto à arte, John Romita, Jr. se mostra em excepcional forma. Inspirando-se claramente no trabalho de Jack Kirby, Romita cria um estilo que parece ser simultaneamente moderno e clássico., sempre ligado pela incrível visão que o artista tem sobre compasso e narrativa visual."




2 comentários:

Azeca Tom disse...

Eu li, nem lembro, se na Abril ou já com a Panini, Saga fantástica do deus do trovão, quase nada dele é menos que bom, tradição vinda lá nos primórdios com o Rei Kirby. Essaa postagem é Marvel!

Marcelo disse...

A única coisa errada aí é a palavra TALENTO e Rob Liefeld na mesma frase, mesmo texto ou mesmo UNIVERSO.

Business

category2