quinta-feira, 11 de maio de 2017

Scans Que Eu Li: Era Uma Vez na França

ERA UMA VEZ NA FRANÇA - 06 VOLUMES
Traução e Letras: Ndrangheta & DecK'Arte

 

 
PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Ler a  história de Joseph Joanovici é como ler O Poderoso Chefão se passando na França, só que muito melhor. A HQ mistura ficção e realidade para contar a história do judeu romeno que vai para a França e monta um império bilionário apenas vendendo ferro velho. Porém, Joanovici dá o azar de que esse império seja criado justamente quando Hitler está decidido a dominar o mundo, incluindo a França. 


Primeiramente o empresário pensa em fugir, assim que a França está em vias de ser ocupada, porém, ele vê ali uma oportunide de negócios. Muito lhe ajuda nisso a sua secretária Lucie Bernard, que se torna sua amante, fazendo com que sua esposa e filhas criem resssentimento contra Joseph, mesmo que não sejam abandoanadas pelo mesmo. 

Assim que coemça a fazer negócios com os nazistas, Joanovici sabe que se os alemães perderem a guerra, ele será tratado como o colaboracionista que está sendo, assim pensa no futuro e começa a apoiar a resistência de forma prática, usando seus contatos dentro do mundo nazista para libertar prisioneiros, conseguir armas e tudo mais. 

Andando sempre no limite entre os dois lados, Joanovici acaba sempre estando na mira dos dois. Quando acaba a Guerra, um juiz está decidido a provar que o homem não é um herói como todos pensam, mas um criminoso queprecisa ser julgado e morto. Mas, isso pode destruir não apenas a Joanovici, mas a quem estiver em seu encalço também. 

A história de Joseph Joanovici mostra o quanto o mundo não é preto e branco, mas cheio de áreas cinzentas, algumas mais claras, outras bem mais escuras e assustadoras. 

Uma HQ magistral, que li toda de uma tacada só graças ao texto de Fabien Nury e a arte de Silvain Vallée. 

2 comentários:

renato disse...

Historia meticulosa, narração perfeita, personagens cativantes, pesquisa de época impecavel... uma hq nota 10! abraço

Marcelo disse...

Isso me lembra a história do catador de sucatas que agora tem 50 milhões de reais e é dono de vários ferros-velhos por São Paulo, ele foi acusado de matar a esposa um dia desses.

Business

category2