terça-feira, 20 de junho de 2017

Festival Hong-jin Nah

FESTIVAL HONG-JIN NAH
O Cinema Coreano Quase Nunca Decepciona


PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

Desde que Park Chan-wook nos trouxe Oldboy e sua Trilogia da Vingança que o cinema sul-coreano entrou em evidência de forma irreversível. Desde então, outros tantos diretores tão bons quanto ele tem surgido neste cenário. 

Esses dias conheci o trabalho de Hong-ji Nah, através de O Caçador. Depois que assisti o filme, fui obrigado a pesquisar mais e tentar encontrar seus outros filmes que, descobri um pouco triste, eram apenas três, com o que eu já havia assistido. Porém, três com qualidade de dez.

O Caçador (Chugyeogia/The Chaser, 2008) é sobre um ex-policial, despedido por corrupção, que se tornou cafetão. Ele nota que muitas de suas garotas estão desaparecendo e conclui que estejam sendo raptadas e vendidas por alguém que ele consegue rastrear. Então, para tentar descobrir seu paradeiro, deixa que uma de suas garotas saia com ele, e pede que lhe diga seu endereço assim que chegar no local. 

Mas, assim que ela entra na casa do homem, todo sinal de celular é cortado. Ele nao está vendendo as garotas, eles as está matando. O homem demora a perceber o que está acontecendo e, quando percebe, descobre que a moça que enviou tem uma filha pequena, e agora ele fará de tudo para encontrá-la, viva ou morta.  (BRRip/MP4/Áudio em coreano/Legenda separada em português/120 min./3.48 GB)

Mar Sangrento (Hwanghae/Yellow Sea, Director's Cut 2010) narra a história de um sul-coreano com cidadania chinesa que está até o pescoço cheio de dívidas. Além disso está viciado em jogos de azar e preocupado com a esposa possa o estar traindo na Coréia do Sul, onde ela foi trabalhar. 

O dono do estabelecimento onde ele joga percebe uma oportunidade de negócios quando vê que ele está enrolado com as dívidas. para conseguir o dinheiro para resolver seus problemas só precisa ir até a Coréia do Sul matar um homem e trazer seu polegar como prova. A príncipio hesitante, ele vê nisso a oportunidade de encontrar e confrontar a esposa. 

Porém, assim que tenta executar sua missão, tudo sai dos trilhos. A pessoa que teria de matar parece estar envolvida num emaranhado no qual ele foi pego e agora não consegue escapar. Torna-se um fugitivo perseguido pela polícia, pelo seu empregador e pelo chefe da máfia local. Enquanto foge, tenta desvendar a bagunça em que se meteu. Mas, a cada pista, as coisas parecem apenas ficar mais confusas. (BRRip/MKV/Áudio em coreano/Legenda separada em português/140 min./1.69 GB)

O Lamento (Gokseong/The Wailing, 2016) é um filme que mostra a versatilidade do diretor, sem sair de um mesmo tema. Depois de dirigir um policial de suspense e um policial de ação, ele nos presenteia com um policial de terror. 

Um vila é assolada por estranho assassinatos cometidos por seus próprios moradores, sendo que começaram após a chegada de um estranho idoso japonês que mora isolado em uma montanha próxima. 

As investigações não levam a lugar algum e novas ocorrências deixam tudo mais confuso. As pessoas parecem enlouquecer e matar seus entes queridos. Além disso, um boato acerca do velho japonês é espalhado, de que ele seria um demônio ou fantasma, mas o policial não dá importância a esse tipo de superstição, pelo menos não até que sua filha pequena começa a demonstrar todos os sintomas das pessoas que se tornaram assassinas. A partir daí o filme se torna uma espécie de O Exorcista coreano e, diga-se de passagem, totalmente a altura. 

Apesar de muitos reclamarem do tempo extensodemais do filme - cerca de suas horas e meia - eu mesmo não me incomodei, pois quando o filme pega ritmo, não se consegue despregar os olhos da tela. (HDRip/MKV/Áudio em coreano/Legenda separada em português/155 min./1.21 GB)




6 comentários:

Anderson ANDF disse...

O Lamento entrou (junto com I See the Devil) na lista Os Melhores Filmes Coreanos de Horror do canal Getro, no Youtube.

Ozymandias Realista disse...

Foi só ler "Old Boy" no começo do texto, que já teve a minha atenção para tudo o que disse. Pretendo baixá-los e vê-los, agora que estou de férias. Assisti o Old Boy há muitos anos, e o revi algumas vezes, e em cada qual, me imergindo da mesma maneira, porém fiquei devendo em assistir os filmes similares, os outros dois filmes da "trilogia da vingança" eu não assisti, por exemplo, vi apenas um filme americano que o "Chan Woo Pak" dirigiu, excelente por sinal, que é o Stolker, traduzido porcamente no Brasil como "Segredos de Sangue".

Douglas disse...

Olá tudo bem? seu site é referência para mim em matéria de quadrinhos (que sou fã)e em matéria de filmes que a mídia não divulga muito. Acesso em geral uma vez por dia para ver as novidades. Muito obrigado por trazer essas opções tão diversificadas. Sucesso para você!!

Daniel de Marins disse...

Só assisti o Caçador, alguns anos atrás. Muito bom por sinal.

Jack disse...

Concordo com o colega do comentário acima. O site é referência! Acesso, no mínimo, uma vez por dia - há anos!. Gosto muito de filmes asiáticos. Também não conhecia esse diretor. Estou baixando agora! Obrigado, Eudes!!!

Daniel de Marins disse...

Gostei demais de "O Lamento". Está meio difícil dos caras fazerem bom cinema hoje em dia, eles tem que ser muito politicamente corretos. Fico imaginando os americanos fazendo sua versão deste filme e colocando um xamã índio como o diabo, certamente iria dar uma bela treta.

Business

category2