sábado, 22 de julho de 2017

Prometheus: Fogo e Pedra

PROMETHEUS: FOGO E PEDRA
Tradução e Letras: Mister Alien D

PARA BAIXAR, CLIQUE AQUI

A história da série Prometheus: Fogo e Pedra tem início um pouco antes dos eventos ocorridos no filme Aliens: O Resgate de 1986. Enquanto acontecia o devastador ataque dos xenomorfos a lua LV426, que estava sendo terraformada pelos colonos da Corporação Weyland Yutani, uma nave consegue escapar com um pequeno e desesperado grupo de sobreviventes. 

A fuga os  leva até outra lua próxima chamada LV223, o local de uma base de pesquisa dos Engenheiros e destino final da fracassada busca de Peter Weyland pelas criaturas que acredita terem criado a raça humana.

A história ocorrida na lua LV223 foi contada no filme Prometheus (2012) que apesar de filmado depois de Aliens: O Resgate, narra eventos que se passaram muito antes dele. Apesar de mostrar eventos que ocorreram antes, durante e depois nos filmes Aliens: O Resgate e Prometheus, a série Fogo e Pedra é totalmente independente e não entra em conflito com essas histórias. 

São quase 500 páginas de muita ação e aventura com a Dark Horse introduzindo nas HQs dos xenomorfos os eventos ocorridos no filme Prometheus. E, claro, os predadores não poderiam faltar a festa.




5 comentários:

Daniel de Marins disse...

Olha, me desculpem, mas nada a ver esses crossover entre aliens e predadores. Que lambança! Cada um na sua, é assim que tinha que ser.

Anônimo disse...

vc poderia dizer a ordem cronológica desses filmes (alien e prometeus)?

Clauber disse...

Cara, que material SENSACIONAL, do "outro mundo"!! Valeu mesmo!!!

Marcelo disse...

Uma excelente história de aventura. Com vários personagens icônicos, como Elden, Francis, Galgo o predador Ahab.

O ponto baixo como em quase todas as HQs são as ridículas personagens femininas que simplesmente são sempre as mesmas: mandonas chatas e inverossímeis em que todas as falhas são consideradas virtudes ou em que as falhas são simplesmente esquecidas; sendo elas obedecidas caninamente por todos. A mensagem subliminar é a de que mulheres devem ser obedecidas não importa o quanto sejam estúpidas e/ou idiotas e suas falhas sempre esquecidas.O pior é a tentativa de impedir a crítica a essa proteção dada as personagens femininas, volta e meia um personagem tenta colocar a tal "Angela" na parede e são interrompidos por algum fato ou fala de um personagem, um estratagema bem tosco diga-se. A história só é realmente interessante a partir da terceira história, mas cai muito na última em que mais uma vez uma personagem feminina mandona e com atitudes totalmente babacas e sem sentido nenhum aparece para estragar todo o trabalho feito na parte anterior.

Quanto aos desenhos o da primeira história são pavorosos, o desenho engana trouxa que é sujo não por estilo, mas para esconder que foi criado através de cópia de fotos e depois trabalhado numa tentativa prosaica de esconder as "referências" ( que não são referências e sim cópias de fotos ). Os da segunda história são aquele cartoon disfarçado por pintura digital, mas nem mantém uma coerência, é um cartoon que não sustenta o estilo e que tenta ser realista página sim, página não. Além disso os diálogos seguem o mesmo estilo e são bem vulgares e enfadonhos. Os desenhos da terceira parte são primorosos, assim como os da quarta parte e os da parte final não me agradaram nem um pouco já que são um outro tipo de cópia saturado de pintura digital e um cosplay de Lara Croft sem graça.

Quanto a história de fundo, bem é a típica historinha de "deuses aliens que criaram a humanidade, e no caso, outros seres", ou seja, uma bobagem, mas que é a nova religião da elite e dos bobalhões que nada sabem sobre lavagem cerebral através de cultura de massa.

Eudes Honorato disse...

anônimo, Prometheus vem antes de Alien O Oitavo passageiro, e agora tem Alien Covenant, sequencia de Prometheus, mas que ainda se passa antes de Alien o Oitavo passageiro, creio eu (ainda nao assisti)

Business

category2