sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Action Comics #1

ACTION COMICS #1 - MILLENNIUM EDITION
Uma Produção e Distribuição: Nano Falcão/HQ Vintage

PARA BAIXAR, CLIQUE EM MEGA ou MEDIAFIRE

Não lembro qual foi meu primeiro contato com os quadrinhos do Super-Homem (antes de se torn ar Superman de vez, aqui no Brasil). É mais ou menos como se Ele sempre tivesse estado (que construção de frase horrível) lá, por toda a minha infância, adolescencia - pula uma parte - e idade adulta. 

O primeiro super-herói de todos surgiu 31 anos antes do meu nascimento. Foi criado em 1938 por Jerry Siegel e Joe Shuster, dois rapazes que não faziam ideia da revolução que causariam no mundo do entretenimento. O personagem foi o pontapé inicial no surgimento de uma miríade de outros heróis, que são criados, esquecidos e recriados, até os dias de hoje. 

O veículo que trouxe o kriptoniano até nós foi a revista Action Comics #1, que trazia sua primeira aparição. A revista era repleta de outras histórias, nenhuma delas tendo a ver com heróis com superpoderes. Kal-El era apenas mais um entre tantos ali, mesmo que abrisse a revista. O sucesso estrondoso foi inesperado, mas bem vindo. 

Hoje, 80 anos depois, o personagem está tão entranhado na cultura pop que é conhecido nos lugares mais remotos do planeta. O Homem de Aço ainda nos ensina como é possivel voar... na imaginação. 





4 comentários:

juliano silva disse...

Meu personagem de hqs favorito! Obrigado!

Nano Falcão disse...

Essa é a terceira versão na íntegra em português que aparece na Internet. A primeira que lembro de ter visto foi disponibilizada, ou pelo menos foi ali que eu baixei, pelo rapadura açucarada. Era aniversário do quê? 65 anos do Superman? Algo assim.

Infelizmente era um scan de baixa resolução, como eram em baixa redução todos os scans nos primeiros tempos da internet. Também era um scan de uma cópia velha do gibi. Não sei se da original ou um reprint, mas era uma edição bem desgastada. Só sei que esse scan acabou se perdendo com o tempo na internet, e nunca mais achei.Então resolvi fazer essa revista, agora com melhor acabamento, mas os scans (em inglês) que achei também não eram grande coisa (apesar de mais legíveis) e assim comecei o trabalho de restaurar aquelas páginas.

No meio desse trabalhoso processo, descubro que ela já tinha sido reimpressa e traduzida na sua totalidade pela EBAL. O "Don Diego" havia escaneado essa reimpressão, num album gigante de 1974, e a qualidade das imagens era muito boa. Claro que o problema eram aquelas letras de linotipo que a Ebal usava e a tradução resumitiva que era o padrão dos quadrinhos brasileiros até o final dos anos 90. Mas entre traduzir e diagramar um gibi de 68 paginas com inglês arcaico dos anos 30 e simplesmente fazer uma nova versão da capa e usar o scan da Ebal, acabei lançando o scan da Ebal, para os leitores terem finalmente disponível pelo menos uma idéia do que era a Action Comics 01.

Um tempo depois, fico sabendo que no ano 2000, lá nos EUA, a DC tinha lançado uma coleção chamada "Millennium Edition". Essa coleção é um verdadeiro tesouro e se eu soubesse disso na época, teria importado esses gibis. Se trata da reimpressão INTEGRAL das revistas históricas da DC. São umas 60 ou 65 revistas, que trazem as edições chaves que todo colecionador gostaria de ter. ACTION COMICS 01 é obviamente uma delas. Comecei a ir atrás da coleção inteira e achei ela num torrent gringo. As imagens obviamente são de reimpressões recentes, então a qualidade é de ótima resolução.

Comecei então a traduzir cada número dessa coleção para o HQ VINTAGE. O critério foi comemorar as datas "redondas" de aniversário de cada herói. Por isso já sairam lá no HQ vintage as primeiras do Batman, Mulher-Maravilha, Flash(s), Arqueiro Verde, Aquaman, Sociedade da Justiça, etc.

Chega 2018, e completando esse ciclo, a hora de mais uma, enfim encarar as 68 paginas de Action Comics 01. Qual a validade de refazer algo já feito? Bom, primeiro tentar fazer uma tradução mais fiel ao original do que a Ebal se importava de fazer naqueles tempos (eu adoro a Ebal, mas naquele tempo faziam gibis pra crianças e não se preocupavam tanto com tradução, essa é a verdade); Segundo, fazer um letramento tentando seguir mais a cara da revista, o letramento da Ebal era com letra de "fôrma"; Os mais atentos vão reparar que a história do Superman também é retirada do Superman Crônicas volume 1.


Será a versão definitiva? Não ouso dizer. Não duvido nada que eu mesmo possa daqui uns anos achar que dá pra melhorar. Quem acompanha meus scans sabem que muitas das hqs que refaço (como a primeira aparição do Homem-Aranha) eu mesmo fiz a versão original, e nem por isso achei que era "desprezar" o meu trabalho de outrora, só que revistas históricas assim, que pessoas se interessam, são aquelas que as pessoas gostam de guardar, mesmo que uma versão digital no seu computador - até porque pra maioria das pessoas essa é a única que temos disponível mesmo. É uma pena que a Panini, que tem acesso aos arquivos digitais dessas millennium edition, não as relance aqui. Até eu que nos últimos anos só compro encadernados de quadrinhos, abriria uma exceção pra ter cada um desses gibis. Por enquanto, o que dá pra fazer, é sonhar com algo assim, lançando cada uma delas, no HQ Vintage.

Allan Chaves disse...

Nano Falcão parabéns pelo incrível trabalho

Jihad disse...

Obrigado ao Nano e ao Eudes!

Business

category2