segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Fax de Sarajevo

FAX DE SARAJEVO - JOE KUBERT
Digitalização e Tratamento: Out,The Sider Z/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou MEDIAFIRE

Joe Kubert é um artista de renome, conhecido por seus trabalhos na DC Comics, como Sargento Rock, Ás Inimigos, Tarzan e outros. Como qualquer artista do mundo dos quadrinhos ele tem contatos no mundo todo, conhecidos  com quem acabou formando laços de amizade, sendo Ervin Rustemagic uma dessas pessoas. Ele morava na Bósnia e Herzegovina, que proclamou sua independência em 1992. 

Porém, os acontecimentos que se seguiram fizeram de Ervin e sua família - sua esposa, uma filha e um filho - prisioneiros na capital Sarajevo, que foi cercada pelos sérvios da Bósnia. Começa então uma batalha para tentar sair de Sarajevo, uma batalha que é narrada por meio de faxes que Ervin envia para amigos, contando sua situação e tentando conseguir ajuda. Um desses amigos foi Joe Kubert. 

Ervi narra, por meio dos faxes, os horrores pelo qual sua família e os habitantes de Sarajevo estão passando. Vivendo cada dia como se fosse o último, o editor de quadrinhos tenta proteger sua família e aqueles que estão a sua volta. Porém, quanto mais demorada é a a juda para sair de Sarajevo com a família, mais o desespero começa a tomar conta de todos. 

Uma história em quadrinhos que nos mostra o quanto o ser humano ainda precisa melhorar muito, pois entre muitas das atrocidades vivenciadas por Ervin, estava presenciar a morte de crianças por atiradores pagos por cabeça, que abatiam primeiro a criança, pois saiam que os pais ou outras pessoas viriam tentar ajudar. 





7 comentários:

Anônimo disse...

Que história aterrorizante! 😱
Vou ler em breve! ;)


Daniel de Marins disse...

Faz tempo que queria ler isso mas nunca tive a oportunidade, valeu Eudes!

Leitor Degibi disse...

Um coice no estômago.
À época dos fatos, parecia apenas mais um conflito nos balcãs, região em que se iniciara a primeira guerra mundial.
Obrigado pelo post.

Anônimo disse...

Muito Obrigado!!!!

Por acaso tem pra disponibilizar:

Era a Guerra de Trincheiras

Zero Eterno (Eien no Zero)

uma vida chinesa

Cuba – Minha revolução

Eudes Honorato disse...

Nao tenho nenhum desses.

Daniel De Marins Machado disse...

Zero Eterno tem no HQ Point. Nunca me interessei.

Daniel De Marins Machado disse...

Zero Eterno me refiro ao mangá não ao livro.

Business

category2