segunda-feira, 22 de abril de 2019

HMPM: Nova

OS HERÓIS MAIS PODEROSOS DA MARVEL: NOVA
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

Conferir poder absoluto a um humano qualquer é um assunto bem arriscado. Mas foi esta situação que o moribundo Rhomann Dey, o último membro da Corporação Nova, enfrentou ao chegar à Terra. E, com tudo isso acontecendo dentro das páginas de uma HQ da Marvel, foi a pessoa que menos parecia merecer o poder que o recebeu. Richar era fraco, desastrado e ia muito mal na escola - não era a escolha mais óbvia para um guerreiro interestelar. Para a sorte da Terra e o restante da galáxia, o jovem estudante provou que tinha o que era preciso para ser um membro da fabulosa Corporação Nova. 

Publicado em 1976, Nova foi a homenagem de Marv Wolfman a um dos heróis fundadores do Universo Marvel: o Homem-Aranha. É fácil ver as similaridades intencionais em ambas as séries, do tema de poder e responsabilidade à jovialidade do personagem e a ambientação escolar. 

Porém, comparado ao Homem-Aranha, os poderos do Nova estão em outro nível. Sabendo como é não ter poderes e considerado um perdedor pela maioria de seus amigos, Richard tem um respeito profundo por suas novas habilidades. Ele usa seus poderes para o bem, simplesmente porque é a coisa certa a fazer. Pode soar um tanto ingênuo, mas para Richard Rider é a verdade definitiva na qual ele acredita de todo coração. 

Começamos este volume com as quatro primeiras edições da série original do Nova. Em vez de publicarmos apenas a história de sua origem, achamos que seria divertido ver aventuras contra seus primeiros vilões, como o Cabeça de Diamante e o Condor. Além disso, serve como desculpa para mostrarmos o quão poderoso Nova poder ser ao lutar contra ninguém menos do que o poderosso Thor na edição 4. 

Para a nossa história principal, trazemos quatro edições que destacam o papel de Nova  em um conflito intergaláctico épico que arrasou o lado cósmico do Universo Marvel durante a primeira década dos anos 2000. Enquanto os heróis da Terra estava ocupados com sua Guerra Civil, no outro lado da galáxia, planetas, sistemas solares e impérios galácticos caíam diante da chamada Aniquilação.

Criada pelos talentos cósmicos combinados de Dan Abnett e Andy Lanning, com arte de Kev Walker, esta série foi uma espécie de renascimento para Richard Rider, que encontrou seu papel na Corporação Nova e seu nível de poder aumentou exponencialmente. Lutando contra a armada de guerreiros insectóides famintos do Aniquilador, Nova enfrenta um desafio em escala realmente épica - mas eleo encara com sua coragem e determinação características.

A popularidade de Nova em Aniquilação foi tão grande que geraria uma nova série, com papéis importantes em vários arcos interestelares da Marvel pelos anos seguintes (Texto de Ed Hammond).





domingo, 21 de abril de 2019

Fábulas - Vol. 19

FÁBULAS - VOLUME 19 de 22
Digitalização e Tratamento: Z Redistuo/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

Este volume começa com a continuação e término da saga do macaco voador Bufkin. Depois de reconquistar Oz, ele e sua diminuta quase namorada vivem grandes aventuras. 

Enquanto isso, na Cidade das Fábulas, agora redecorada graças ao Homem Escuro, nossos heróis enfrentarão um novo problema. Quando Bigby Lobo sai para procurar seus dois filhos desaparecidos, Branca de Neve se vê em palpos de aranha. 

Quase ninguém sabe, mas antes de se casar com Bigby e com o Príncipe Encantado, antes dele, Branca fora prometida em casamento ainda criança e ela concordou com a promessa, fazendo assim com que ela fosse casada muito tempo antes. Seu prometido, no entanto, despareceu e, somente agora, na Cidade das Fábulas, sem Bigby por perto, ele reaparece.

Exigindo seus direitos como marido, ele promete que vai matar Bigby e, mais ainda, que matará os filhos de Branca com ele, pois pretende que tenham filhos legítimos e não mestiços. As coisas parecem estar sem solução, pois ele possui fortes feitiços que o protegem contra qualquer ataque, o que deixa Branca à sua mercê e nem mesmo as bruxas conseguem ajudá-la efetivamente. Bigby precisa retornar.





NerdTeca: 3 Hawking e Uma Levin

TRÊS STEPHEN HAWKING E UM JANNA LEVIN
Arquivos enviados por Muad'Dib/HORDA Books


PARA BAIXAR, CLIQUE GOOGLE DRIVE


Buracos Negros - Stephen Hawking: Em palestras emblemáticas, o lendário físico discorre sobre as complexidades que cercam um dos mais fascinantes mistérios do universo. Em 2016 Stephen Hawking participou da série de palestras BBC Reith Lectures, promovida pela rede de televisão britânica BBC e transmitida pela rádio BBC 4. A cada ano uma figura proeminente em sua área é convidada a discorrer sobre temas relevantes. Naqueles meses de janeiro e fevereiro, Hawking falou sobre um assunto que há décadas ocupa lugar de destaque em suas pesquisas: os buracos negros.

O Universo Numa Casca de Noz - Stephen Hawking: O livro traz muito da personalidade de Hawking, um dos maiores nomes da ciência atual e figura bem conhecida por suas ideias provocadoras e seu carisma. Ele guiará o leitor através do microcosmo quântico e do macrocosmo universal, discutindo as extraordinárias leis que regem o cosmos e as principais teorias hoje debatidas — o que também conta a saga de Hawking e dos físicos mais importantes de todos os tempos atrás do grande objetivo da ciência: a Teoria de Tudo. Para isso, serão apresentados conceitos caros à física teórica, como a supergravidade, a teoria quântica, a teoria-M, a holografia e a dualidade. Também são abordadas as propostas mais relevantes que desafiam o nosso entendimento atual de como funciona o universo.

Breves Respostas Para Grandes Questões - Stephen Hawking: Desde Einstein, o mundo não via um cientista tão reverenciado quanto Stephen Hawking. Com seu trabalho revolucionário em física e cosmologia, ele encantou milhões de leitores com a origem do universo e a natureza dos buracos negros, além de inspirar todos pela coragem e determinação que mostrou em sua luta contra a doença do neurônio motor. Agora, nesta reunião póstuma de seus trabalhos, podemos conhecer seus pensamentos a respeito das grandes questões que povoam nossas mentes desde os primórdios e daquelas mais prementes na atualidade. Somos conduzidos assim a suas reflexões sobre a origem do universo, a existência de Deus e a natureza do tempo, assuntos sempre submetidos a seu intelecto afiado de cientista. Aliado à curiosidade que o impulsionou por toda a vida, ele projeta seu olhar também para o futuro, buscando soluções para problemas que ameaçam hoje o mundo como o conhecemos, tais como o aquecimento global, a fome e a urgência de um desenvolvimento sustentável. Com prefácio de Eddie Redmayne — que ganhou o Oscar por interpretar Hawking no cinema —, introdução do Nobel de física Kip Thorne e posfácio comovente de Lucy Hawking, sua filha, Breves respostas para grandes questões não é apenas a última mensagem de um grande gênio: é seu presente final para a humanidade.

A Música do Universo - Janna Levin: Por não emitir luz, a colisão de buracos negros é um evento cósmico invisível. Ainda assim, é um dos acontecimentos mais poderosos desde a origem do universo. Em 1916, Albert Einstein previu que essa colisão geraria “ondas gravitacionais” - e que elas poderiam mudar nossa concepção do cosmos. Em A música do universo, a premiada cientista e escritora Janna Levin narra a fascinante história do grupo Ligo, que por mais de cinco décadas perseguiu as ondas gravitacionais e a comprovação das ideias de Einstein. O que começou como um experimento tornou-se uma obsessão, e Janna Levin capta com maestria os dramas, as aspirações e as dificuldades da equipe que mudou para sempre a ciência.


sábado, 20 de abril de 2019

100% - Paul Pope

100% - PAUL POPE
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE EM MEGA ou GOOGLE DRIVE

Estamos em Nova York, mo inverno de 2038. Há planos para a primeira partida de futebol entre humanos e robôs. A Igreja Católica se posiciona contra. Corporações como Roca-Cola, Soma-Tek, World Tek, McGonalds, e Merecedes-Fenz vislumbram vendas recordes do merchandise; e medidas preventivas são tomadas contra a venda de partes do corpos humanos na Tailândia, Coréia e Japão. 

As novas ondas do momento, são: "Luta Gástrica" e "Dança Gástrica", ambas atividades, que exigem de seus participantes, um comprometimento total, de dentro para fora (literalmente falando). E, apesar de todas essas mudanças sociais e políticas, seis pesssoas... seis vidas, ainda procuram realizar seus sonhos... seja com punhos, seja com a arte... seja com o amor. 

100% é uma das mais belas criações do quadrinhista Paul Pope. Uma narrativa que traz, como premissa, uma ficção científica plenamente palpável, entremeada de conflitos humanos absolutamente  corriqueiros e dramáticos. 





sexta-feira, 19 de abril de 2019

Muzema e Guedes

BOB FERNANDES E GALÃS FEIOS E O RESUMO
DOS PROBLEMAS CENTRAIS DESTE GOVERNO


Bob Fernandes - esse comunista do caralho - faz um resumo de um dos problemas que mais se destacam neste novo governo. O assunto estava meio esquecido, até que dois prédios desabaram, trazendo à tona. 

Antes das conexões que ficaram bastante nítidas com o assunto do laranjal, tanto do PSL, quanto do Queiroz, as coisas meio que ficaram às claras. Os bolsominions seguem fingindo que nada está acontecendo. Nunca tecem uma crítica e vivem num mundo de fantasia onde nada disso está acontecendo e neste mundo as coincidências se reproduzem como... laranjas.





O problema seguinte é a Reforma da Previdência capitaneada pelo Tchutchuca, um cara que acusado de falcatruas financeiras, emvolvido com o sistema bancário e que não se importa nem um pouco com que os pobres se fodam cada vez mais neste governo. 

Com propostas para que a Previdência - que já foi dito por vários especialistas em economia, que não tem déficit - arregace a vida de quem não tem privilégios e mantendo os privilégios de quem mais gasta  no Brasil, políticos e afins, a Reforme pretende acabar com o aumento da aposentadoria de acordo com a inflação. Pretende ser abaixo. 

Claro, muita coisa pode não passar, mas que ele vão fazer de tudo - comprar quem for preciso - para que passe, a isso vão.

Essa político de comer o cu do desvalido já deixa bem claro que é pra isso que veio quando o presidente já anunciou que o salário mínimo vai ter aumento abaixo da inflação ano que vem. 

o mais bizarro é ver o pobre de direita defendendo tudo isso, não porque acredita, mas porque seu presidente lindão e gostoso, assim o quer, então ele vai defender sim, pois seu fanatismo misturado à ignorância política e social não pode deixar de fazer isso. 


quinta-feira, 18 de abril de 2019

HMPM: Jean Grey

OS HERÓIS MAIS PODEROSOS DA MARVEL: JEAN GREY
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

Jean Grey alcançou um status quase mítico entre os X-fãs, especialmente devido ao seu envolvimento com a Fênix. Mas, mesmo antes de seu encontro com a entidade cósmica, Jean Grey estava longe de ser uma personagem qualquer. 

Uma das cinco dos primeiros alunos de Xavier (e a única garota da equipe, até a chegada de Polaris), Jean é parte integral da sga dos X-Men desde o início. Em sua primeira aparição, ela era a nova garota na Escola Xavier, tendo que lidar com quatro rapazes desordeiros, todos lutando por sua afeição. Totalmente imperturbável, Jean  usa sua telecinesia para colocar seus agitados colegas em seus lugares, com a graça e o estilo que deixariam Audrey Hepburn orgulhosa. 

Apesar de enfrentar oponentes como Magneto, Fanático e os Sentinelas de igual para igual, é justo dizer que suas primeiras aparições nos anos 1960 sofrem um pouco com o fato de ser a única garota do grupo. Porém, desde então, vários escritores inseriram mais profundidade nos primeiros anos de Jean. 

Um desses incrementos foi a justificativa para ela não ter tido acesso a seus poderes telepáticos nas primeiras histórias do X-Men. Mencionado pela primeira vez  em Bizarre Adventures 27, a explicação gira em torno de  um fato trágico no começo de sua vida, que fez com que seus poderes psíquicos saíssem do controle. Nossa primeira história, X-Men Origens: Jean Grey, concentra-se neste evento e como ele moldou seus primeiros anos nos X-Men. 

Em tempo, Jean iria tornar-se a outra metade de um dos casais de super-heróis mais famosos da Marvel. Seu longo romance com Cíclope acabou desabrochando num amor verdadeiro e o par finalmente se casou  em X-Men (Vol. 2) 30. É um momento tocante na história dos X-men que proporciona que promove uma breve trégua para os heróis mutantes. No entanto, o que aconteceu depois foi ainda mais memorável - por todos os motivos errados! 

Esqueça as caminhadas românticas ao longo de praias tropicais... Durante a lua de mel de Scott e Jean, suas almas foram arremessadas mil anos no futuro para habitar novos corpos. Uma vez lá "Magro" e "Ruivha" puderam proteger o filho de Scott, Nathan (que iria crescer um dia e se transformar no herói Cable), das maquinações do Apocalipse.

Devo admitir que, para alguém desavisado, isso parece loucura. A história de Scott Lobdell e Gene Ha é muito comovente. A reunião de Scott com Nathan é obviamente emocional, mas a força de Jean quando ela, repentinamente, recebe o peso da maternidade sobre si no meio de uma zona de guerra, é incrível de se ver. 

Apesar de Nathan não ser dela (a mãe verdadeira dele era Madeline Pryor, um clone de Jean - é melhor nem perguntar...), ela só consegue sentir amor por essa criança inocente e está disposta a sacrificar tudo para protegê-la. 

Uma vez, Jean foi apenas a Garota Marvel - uma heroína adolescente que fazia tudo para lutar prlo sonho do Professor Xavier pela igualdade mutante. Então, tudo isso mudou. A Fênix a levou além da mortalidade, para dentro de um ciclo aterrorizante de vida, morte e renascimento. Uma heroína até o fim, não há dúvida de que Jean não é apenas um dos mais poderosos X-Men, mas também um dos mais importantes ícones femininos da Marvel. 





Bastard - Vol. 04

BASTARD - VOLUME 04
Digitalização e Tratamento: Renato PLT/HORDA Mangás

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

Lucie, o garoto criado junto com Yoko, a filha do sumo sacerdote de Meta Licana, possui encarcerado dentro de si a personalidade de Dark Schneider, um antigo mago das trevas. 

Quando o reino de Meta Licana foi invadido por feiticeiros do Mal, Yoko usou um encanto para libertar Dark Shneider e, graças a isso, conseguiu livrar o reino do desastre. 

Mais tarde, Gara, um dos quatro lordes rebeldes que desejam matar Dark Schneider, lutou contra o mago, mas depois tornou-se seu aliado. Já Lady Nei, outra integrande dos quatro lordes rebeldes, ordenou à tríade demoníaca que assassinasse Dark Schneider. Entretando, Sean Harri e Kai Harn foram derrotadas e se aliaram a ele. 

Depois de usar seus poderes mágicos, o exaurido mago voltou a se transformar no gentil Lucie e reencontrou Yoko. Só que o último assassino da tríade demoníaca, o Conde Vampiro Di Amon, descobriu o seu segredo e capturou todos. 

Porém, quando Yoko foi agredida por Di Amon, um acesso de fúria fez Dark Schneider se libertar do seu cativeiro místico e derrotar o Conde Vampiro, obrigando-o a jurar lealdade a ele.




quarta-feira, 17 de abril de 2019

Professor Leonardo

BOLSONARO: O ARAUTO DA MORTE



Transcrição de parte do áudio com alguns comentários meus em colchetes:

"O presidente Bolsonaro é um arauto da Morte. É impressionante como nosso presidente tem um total desprezo pela vida. Ele é aquele tipo de pessoa que, mesmo não falando isso publicamente, lá no fundo ele acha que o Exército, a Polícia e as Forças Armadas, eles devem matar ao invés de proteger. 

E é muito revelador que o símbolo de Bolsonaro durante a sua campanha tenha sido as armas. Ele fazia muito assim com os dedos, representando armas. E armas, no simbólico ou no imaginário popular do senso comum, elas não representam a paz, não representam a vida, representam sim a morte, as guerras, o conflito, a destruição.

E esse tipo de pensamento do presidente acaba sendo refletido nas suas ações como governante, nas suas políticas como governante. As políticas de Bolsonaro elas são políticas que prezam pela destruição ou pela morte ao invés de serem políticas pró-vida. 

O décimo terceiro do Bolsa Família foi um oásis no deserto de política que promove a vida [Que, para mim, em particular, não passa de uma medida populista, a mesma que ele condenava no governo do PT] que é uma das poucas políticas de Bolsonaro que prezam a valorização da vida, que prezam a vida nesse deserto de destruição e morte que são as políticas implementadas pelo presidente da República. Muitas pessoas que hoje aplaudem as políticas de Bolsonaro serão vítimas dessas políticas destrutivas no futuro. 

[...]

Quando Bolsonaro chegou ao Museu do Holocausto, ele falou aquele besteira de que o Holocausto poderia ser perdoado. E ele pode achar isso, não tem nenhum problema. A grande questão é que, como ele é um arauto da morte, ele não consegue ter a sensibilidade de se colocar no lugar do outro, ele não consegue ter a empatia [Não sou só eu que percebo] de se colocar no lugar do outro, de se colocar no lugar dos judeus, ver aquele sofrimento e ficar quieto, guardar essa opinião para ele. Não, ele externaliza essa opinião, causa um super mal-estar, porque ele não é uma pessoa que tenha apreço pela vida. Tanto que o próprio prefeito de Nova York vetou a cerimônia do Homem do Ano, que seria feita em Nova York. [...]

O prefeito de Nova York disse que ele é homofóbico, racista e que ele tem um total desapego pela amazônia. Então, não faz sentido Bolsonaro estar num Museu de História Natural. E essa é uma percepção que o mundo tem do presidente Bolsonaro. E nós brasileiros estamos cada vez mais interiorizando esse tipo de percepção, tanto que o próprio Centrão já chama Bolsonaro de DILMO.  [...]

E isso é interessante porque isso pode significar que Bolsonaro fala tantas besteiras quanto a presidente Dilma falava, mas também pode ser um indício de que Bolsonaro está em vias de começar um processo de impeachment.

Alguém tão destrutivo, que preza tanto pela morte, pela destruição, eventualmente, também acaba se auto-destruindo."

Antes que alguém me encha o saco dizendo que editei a fala do Professor Leornado, a solução é simples: assista o vídeo. Eu ia transcrever o vídeo todo, mas vi que não é tão simples assim transcrever 11 minutos de áudio, e que iria passar o resto da noite aqui.

Coloquei o texto transcrito mais para preencher o post, e não ficar apenas com o vídeo aí, flutuando sozinho, e também porque sei que muita gente não vai assistir, mas não resiste a ler. Até a próxima. 



terça-feira, 16 de abril de 2019

Comics Star Wars 04

COLEÇÃO COMICS STAR WARS - VOLUME 04 - CLÁSSICOS 04
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

Durante sua missão  para recrutar pilotos para a Aliança Rebelde, Luke Skywalker e Han Solo atravessaram o caminho da família Tagge. O Barão Orman Tagge, implacável inimigo de Darth Vader, encara Luke como mais um inimigo a ser destruído para cumprir sua vingança total contra o Lorde Negro. 

Para conseguir decide usar a maior invenção do irmão Silas contra a base da Aliança Rebelde: o Gelo Ômega. Nestes episódios veremos se Luke e Han são capazes de vencer os frios planos do Barão, obcecado com a vingança.

Além disso, chegamos à quadrinização de O Império Contra-Ataca, o episódio cinco da Saga de Star Wars. Nesta adaptação para os quadrinhos, temos os artistas Al Williamson e Carlos Garzón dando vida ao melhor filme da saga. Archie Goodwin é quem adapta o texto. 

Os outros artistas deste volume são Carmine Infantino, Michael Golden, Bob Wiacek, Gene Day e Terry Austin. 

Esta adaptação foram publicadas aqui no Brasil pela primerira vez na revista do Incrível Hulk publicada pela Editora Abril. 





A Massa Anencefálica

THE BOOK OF OLAVO DE CARVALHO IS ON THE TABLE



Pedro Bial: - Ele [Bolsonaro] é um anti-intelectual!
Olavo de Carvalho: - Como assim? Como assim? Se ele  deixa até um livro meu na mesa dele. 

O Brasil foi jogado no colo de idiotas incompetentes por outros idiotas incompetentes que nada sabem sobre votar. E o chefe de todos os idiotas incompetentes é Olavo de Carvalho, o guru dos fracassados intelectualmente. Para ele, ser intelectual é ter um dos livros de merda dele na mesa. Não precisa nem ler, basta que ele apareça nos vídeos. 

Joel Pinheiro é de direita e mostra que nem toda a direita está apodrecida e ensandecida pelas ideias desse velho decrépito que se arroga o maior intelectual do Brasil. Pinheiro deixa claro quem é Olavo de Carvalho e, claro, já ganhou o ódio do astrólogo. 

Com certeza Joel Pinheiro deve estar recebendo muitos ataques ad hominem, mas nenhum ataque ao que diz sobre o Flibusteiro da Califórnia ou sobre quem ele é, que, no fundo, até seu mais fiel seguidor, sabe que é verdade. 

Pinheiro ainda tenta tecer alguns elogios como "ele escreve bem". Mas, o que Olavo de Carvalho faz qualquer Gerador de Lero-Lero faz. Jogar um monte de palavras difíceis num texto ou vídeo e deixar seus sectários babando que, sem opinião própria, concordam com tudo. 

Deveria ser um mistério o fato deste parvo ter tanta influência sobre tantas pessoas e sobre o governo, mas não é. As pessoas, grande parte delas, são apenas um amontoado de idiotas procurando outros idiotas para idolatrar, é só ver as igrejas evangélicas neo-pentecostais como estão cheias de pessoas assim. 

Olavo de Carvalho é uma representação perfeita da atual era de burrice bolsonarista que  assola o Brasil. Claro, muitas pessoas estão acordando, mas, assim como existem petistas doentes até hoje, os bolsominions doentes serão eternos também, mesmo que, no final, restem bem poucos e que fiquem escondidos, depois que a destruição do país for completada e a incompetência e corrupção não puderem mais serem negadas. 

Olavo de Carvalho é exatamente igual a esses pastores das igrejas que citei. Promete milagres aos quais ele não tem nenhum acesso, mas sabe, como ninguém, enganar os trouxas e criar a ilusão de que cura o Brasil, quando na verdade, ele faz o que ele mesmo diz que veio fazer: "foder com tudo". 

Olavo é a alegria e conforto daqueles que não querem pensar muito, pois querem as respostas prontas e entregues sem chance de contestação, pois, se contestar, receberá a a ira do guru de araque e não fará mais parte da seita olavista. 

Olavo é como um Jesus Cristo dos perdedores, dizendo:

- Vinde a mim, os fracassados, porque deles é o Reino da Imbecilidade. 





segunda-feira, 15 de abril de 2019

Trillium - Ed. de Luxo

TRILLIUM - EDIÇÃO DE LUXO
Tradução e Letras: A Man Without a Name/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

Atenção: é a mesma história já publicada do encadernado normal. Nesta edição de luxo, O Homem Sem Nome letreirou scans com qualidade ainda melhor do que a já colocada aqui antes.

Jeff Lemire é incansável. Esta HQ para o selo Vertigo é uma das melhores coisas em matéria de FC últimos tempos, nos quadrinhos. Eu li o tempo todo imaginando como seria isso em um filme bem feito. Nika faz parte de um expedição espacial que tenta salvar os cerca de 4.000 humanos remanescentes da Terra. 

Um vírus consciente chamado Coifa exterminou a humanidade. Num planeta distante, uma tribo de alienígenas femininas tem a salvação, um flor chamada Trillium. William é um ex-soldado, traumatizado pela Primeira Guerra Mundial, que descobre que resolve fazer uma expedição às selvas peruanas para descobrir um suposto tempo que poderia conter até mesmo o segredo da vida eterna. 

 Nika e William acabam se encontrando. O tempo e espaço, nos lugares onde eles estão parecem se encontrar e criar um portal. Lutando para entender o que cada um diz, os dois precisam, de alguma forma, salvar a humanidade. Lemire traz sua bagagem de autor independente para os quadrinhos das grandes editoras e cria pérolas como Trillium.






domingo, 14 de abril de 2019

Comics Star Wars - Vol. 03

COLEÇÃO COMICS STAR WARS - VOLUME 03 - CLÁSSICOS 03
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Comics

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

O caminho até Yavin está repletos de perigos, mas, por fim, Luke Skywalker e Leia Organa chegam à base da Aliança Rebelde para ajudar a quebrar o cerco do Império. 

No entanto, esta nova missão poderá ter um custo elevado: a vida de Skywalker. Quando o jovem Jedi desaparece, Leia terá de enfrentar um grave dilema: permanecer em Yavin como símbolo da rebelião, ou regressar ao espaço e lutar pela de Luke e Han Solo, perdida durante o último confronto com Vader. Neste volume descobriremos se o mais famoso grupo rebelde voltará a se unir. 

Nesta edição, Archie Goodwin, Mary Jo Duffy e Chris Claremont são os responsáveis pelos roteiros de mais estas histórias clássicas dos quadrinhos de Star Wars. Carmine Infantino é o responsável pela maioria das artes e Mike Vosburg e Steve Leialoha ilustram o primeiro Star Wars Annual.

No próximo volume temos mais aventuras inéditas e os primeiros capítulos de O Império Contra-Ataca. 





Update Comunist List

A LISTA DE COMUNISTAS FOI ATUALIZADA

Link para o Twitter

O mais hilário é ver as respostas dos bolsominions massacrando a nobre deputada que ELES MESMOS elegeram graças ao bolsonarismo. 

Pelo menos ela está demonstrando uma certa coerência, o que pode até me fazer começar a ter um certo respeito por ela como política. Quem sabe. Por enquanto, é apenas bizarro ver o PSL ser situação e oposição ao mesmo tempo. 







sábado, 13 de abril de 2019

Perdoar o Imperdoável

A EMPATIA É O INIMIGO


Bolsonaro gosta de frases feitas, pré-fabricadas, e é o máximo que ele consegue chegar em termos de retórica. Junte-se a isso o fato de não ser muito inteligente e a sua total falta de empatia. Neste caldo, jogue-se uma pitada de maldade e temos aí a frase: "Podemos perdoar o holocausto, mas não esquecer. É minha essa frase". 

Eu quero acreditar que ele apenas tentou falar "bonito" e não pensou na cagada grande que a frase é. Eu quero acreditar, mas, isso não depende só de mim. Há todo um peso que essa frase de péssimo gosto, saída da boca de um líder de uma nação, tem. Bolsonaro não pensa antes de falar, ele apenas fala. 

Dilma fazia péssimos discursos, tinha péssimas frases e deixou micos clássicos que são lembrados até hoje. Porém, nada em seus péssimos discursos tinha o objetivo de destruir a imagem do Brasil, como Bolsonaro parece ter. Sua absoluta falta de empatia o faz pensar que o Holocausto é algo perdoável.  E diz isso após visitar o museu do Holocausto.

Ele não consegue sentir empatia pela morte de seis milhões de judeus mortos pelo nazismo. A empatia de Bolsonaro é inexistente, nao só o conceito, mas o próprio entendimento da palavra. Essa falta de empatia ficou clara na morte da vereadora Marielle Franco e agora, no assassinato do músico negro por soldados do Exército que, perto de seis milhões de pessoas mortas, se mostram apenas uma gota d'água, deixando claro que ele nunca poderia realmente sentir nada por estes dois. 

Em nome de quem Bolsonaro fala? Em nome de quem se pode "perdoar" o Holocausto? Ele está falando pelos judeus? Pelos brasileiros? Ou apenas por ele mesmo? 

O que era pra ser uma frase bonitinha do tipo "perdoar, mas não esquecer", deixando uma lição de moral e mostrando o quanto ele é bondoso para com as pessoas, o fez esquecer que essa pessoas que ele pretensamente perdoa, eram nazistas. Ninguém perdoa o Holocausto, ninguém quer perdoar. Ninguém deve perdoar, pois isso significa que ele não foi tão grave assim, já que, segundo Bolsonaro, pode ser perdoado. 

O costume de elogiar ditadores, até mesmo aqueles que são pedófilos, parece que fez com que o presidente esqueça que há crimes que não se pode perdoar, não apenas não esquecer. 

A empatia de Bolsonaro parece que só consegue chegar ao ponto de defender humoristas misóginos e medíocres. A estes ele consegue entender, sentir empatia e, também, perdoar. Mas, entender a dor de milhões de pessoas que ainda guardam o Holocausto como uma cicatriz profunda e inapagável, ele parece não entender. 

Antes de tentar produzir frases de efeito, o presidente deveria primeiro, aprender sobre empatia. Mas esta, parece ser uma tarefa impossível, pois a direita e seus bolsominions não conseguem entender o que é a dor do próximo e só conseguem olhar para seus próprios traseiros. Para estes só existe a facada no mito que dói em seus corações fanáticos muito mais que 80 tiros ou seis milhões de vidas. A vida, para eles, é apenas isto, um mito.

Festival Mix 11

FESTIVAL MIXÓRDIA - PARTE 11
John Wayne, Espiões, Julgamentos, Cavalos, Tigres, Dragões...



PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA


1959 - Onde Começa o Inferno (Rio Bravo, Howard Hawks): O xerife John T. Chance prende o irmão de um poderoso proprietário de terras depois que este mata um homem. A família do preso, os Burdettes, contratam 40 pistoleiros profissionais para retirá-lo da cadeia. Para evitar isso, Chance tem ajuda de um alcoólatra, um velho aleijado, um jovem músico e sua namorada. (BRRip/MKV/Áudio em inglês/Legenda selecionável em português/141 min./2.04 GB)

1960 - O Vento Será Tua Herança (Inherit the Wind, Stanley Kramer): O famoso caso ocorrido em 1925, no estado americano do Tennesse, quando o professor John Thomas Scopes foi julgado criminalmente por ensinar a teoria da evolução de Darwin em uma escola pública. ''O Julgamento do Macaco'' (Monkey Trial), como ficou conhecido, teve repercussão mundial pela batalha travada pelos advogados de acusação e defesa. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em português e inglês/Legenda selecionável em português/127 min./4.43 GB/Preto e Branco)

1962 - O Sol é Para Todos (To Kill a Mockingbird, Robert Mulligan)Jean Louise Finch (Mary Badham) recorda que em 1932, quando tinha seis anos, Macomb, no Alabama, já era um lugarejo velho. Nesta época Tom Robinson (Brock Peters), um jovem negro, foi acusado de estuprar Mayella Violet Ewell (Collin Wilcox Paxton), uma jovem branca. Seu pai, Atticus Finch (Gregory Peck), um advogado extremamente íntegro, concordou em defendê-lo e, apesar de boa parte da cidade ser contra sua posição, ele decidiu ir adiante e fazer de tudo para absolver o réu. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português, inglês e outras/129 min./2.84 GB/Preto e Branco)

1964 - O Espião Que Veio do Frio (The Spy Who Came in from the Cold, Martin Ritt): Em plena era da Guerra Fria, o espião britânico Alec Leamas é enviado à Alemanha Oriental para servir como agente duplo. Mas à medida que vão surgindo informações, o espião começa perceber que seus companheiros estão desconfiando de seu trabalho. Adaptação do romance escrito por John Le Carré. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português/112 min./2.95 GB/Preto e Branco)

1966 - O Olho do Diabo (The Eye of the Devil, J. Lee Thompson): Quando Philippe de Montfaucon, Marquês de Bellac, é informado de que pelo 3º ano consecutivo seus vinhedos próximos à Bordeaux, não conseguiram produzir a safra esperada, resta a sua esposa impedir que ele cumpra uma tradição pagã de auto-sacrifício para a terra estéril. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês e português/Legenda selecionável em português/95 min./1.92 GB/Preto e Branco)

1967 - O Dia da Ira (I Giorni Dell'Ira/Day of Anger, Tonino Valerii): Scott (Giuliano Gemma) é um desafortunado limpador de ruas na cidade de Clifton no Arizona. Quando Frank Talby (Lee Van Cleef) chega na cidade, os dois iniciam uma grande amizade e Talby acaba atirando em um dos valentões que zombavam de Scott. Após isso, Talby resolve ir embora, pois esta perseguindo Wild Jack, um "ex-parceiro de negócios" que lhe deve 50 mil dólares e Scott resolve acompanhá-lo. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em inglês, português, italiano e francês/Legenda selecionável em português, inglês e francês/113 min./2.96 GB)

1983 - O Regresso do Corcel Negro (The Black Stalion Returns, Robert Dalva): Garoto vai dos Estados Unidos até o Saara em busca de seu belo cavalo árabe, raptado e levado para o Marrocos por seus antigos donos. O rapaz faz amizade com um príncipe e descobre que existe uma maneira de reavê-lo. (BRRip/MKV/Áudio em português/Sem legendas/102 min./1.85 GB)

2000 - O Tigre e o Dragão (Wo Hu Cang Long/Crouching Tiger, Hidden Dragon, Ang Lee): Na dinastia chinesa Qing do século 19, um guerreiro entrega sua espada à amante para que a leve a um lugar seguro, mas a arma é roubada, e assim começa uma grande perseguição para encontrá-la. (BRRip/MKV/Áudio selecionável em mandarim, português e inglês/Legenda selecionável em português e inglês/120 min./3.05 GB)

2002 - Kamchatka (Kamchatka, Marcelo Piñeyro): Harry (Matías Del Pozo) tem 10 anos e tem uma vida normal para qualquer criança de sua idade na década de 70. Porém, quando seus pais começam a ser perseguidos pela ditadura argentina ele e sua família são obrigados a largar todos os seus bens e fugir para uma fazenda. (DVDRip/AVI/Áudio erm espanhol/Legenda separada em português/105 min./700 MB)


Business

category2