sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

18 Dias

OS DEZOITO DIAS DA NOVA ERA NO BRASIL:
A MAMATA NÃO ACABOU, MUDOU DE MÃOS


Eu não lembro exatamente em que ponto do governo do Lula começaram as denúncias sobre o mensalão. Estranhamente eu lembro onde eu estava quando vi as primeiras denúncias na TV, que era na sala de espera de um consultório dentário. Lembro também de como "eu não sabia" se tornou uma espécie de bordão do ex-presidente. Porém, se ele não sabia, a maioria das pessoas sabia que ele sabia. Ali começou a derrocada. 

Quem não tinha aquela admiração cega pelo ex-presidente e usava o bom senso para analisar a situação entendia que, mesmo se não estivesse envolvido diretamente, ele estava sendo conivente e, sendo conivente, estava acobertando, que era o mesmo que estar envolvido. Daí em diante a coisa só foi piorando até terminar com sua prisão. E, tudo isso aconteceu sem precisar de três filhos atrapalhando seu governo, nem de ministros indicados por um guru idiota que morasse nos EUA. 

Mesmo antes desses dezoito dias de governo, na verdade, mesmo antes da vitória nas eleições, qualquer um com bom senso, que não estivesse idiotizado pelo anti-petismo, que não estivesse babando enquanto esperava um comunismo que nunca veio, que não estivesse mais interessado em votar em alguém que falava diretamente aos seus próprios preconceitos, saberia de antemão que nada mudaria e que, no fundo, no fundo, pioraria. 

Um discurso de posse que falou em combate ao socialismo e ao politicamente correto, mas nada disse sobre governar, sobre o que faria por quem votou e não votou nele. Nada sobre políticas sociais e sobre emprego. Mais preocupado com a situação na Venezuela do que com a situação no Brasil. Filhos e presidente fazendo reuniões sobre combate ao comunismo e ministros preocupados com marxismo cultural e moda infantil. 

Nem mesmo o decreto sobre liberação de posse de armas agradou aos armamentistas que votaram nele, que era praticamente 90% de suas promessas de campanha. Ministros envolvidos em maracutaias e corrupção, tendo Onyx Lorenzoni como o pior deles, já que era um corrupto confesso que pediu desculpas e Moro as aceitou, como bom samaritano que é. Imagine um ladrão de banco pedindo desculpas por ter roubado e sendo solto em seguida. 

A situação na educação já dá mostras de que vai piorar e muito, haja visto que o ministro é um olavete declarado, indicado pelo Senhor das Moscas, que se deixar, vai introduzir a Terra Plana e o ensinamento retardado de que a Terra fica parada enquanto o sol gira em torno dela, sem falar que vão colocar Isaac Newton e Einstein como idiotas, pois o imbecil coletivo disse que são. 

E, correndo por fora de tudo isso, o motorista Queiroz e sua família atrapalhada continuam dando o que falar. Depois de ser filmado saltitando e dançando por um hospital onde, até há pouco parecia que estava à beira da morte, faz outro vídeo irritado com quem o condenou por aquilo. E, uma de suas filhas aparece como mais uma funcionária fantasma, sendo personal trainer no Rio enquanto batia cartão em Brasília. 

Para tentar barrar tudo isso, um dos filhos de Bolsonaro dá o tiro de misericórdia e manda o STF barrar as investigações sobre o motorista deixando claro que alguma coisa está errada, já que é preciso suspender as investigações. E a cereja do bolo? Alega foro privilegiado, o mesmo foto privilegiado que pai e filho sempre criticaram... em vídeo. 

Mas não acaba por aí. Vários deputados do PSL - partido do presidente - vão à China, para obter uma nova tecnologia. Vão ao país comunista, contra o qual este novo governo parece ter um sério problema, já que comunistas são os próprios demônios e propagadores do marxismo cultural 

A coisa fica mais divertida, pois ao saber da presepada, não é o presidente que se indigna, mas Olavo de Carvalho, que fica putaço, xinga os deputados e diz que não é guru deles porrrrraaaa nenhuma, como se os caras precisassem pedir ao velho gagá alguma permissão.  Citando uma deputada nominalmente como uma espécie de traidora, pois ele teria apoiado sua candidatura, a mesma faz um vídeo resposta dizendo que não sabe do que ele está falando. 

Enquanto isso, Janaína Paschoal e até o bolsominion Danilo Gentili passam a criticar a decisão de barrar as investigações no STF e o cabaré parece que está pegando fogo. Tudo isso em... dezoito... dias! DEZOITO DIAS! 

E, por que ainda há os que insistem em defender tudo isso? Pelo simples fato de que não podem mais voltar atrás. Sabiam que daria nessa merda, mas tinham uma esperança bizarra que fosse dar certo, mesmo não havendo nenhuma evidência - NENHUMA - que corroborasse isso. Mesmo sabendo que não havia nada de novo nessa candidatura, que era mais do mesmo embrulhado na velha política de sempre, mas com um lacinho colorido e dedo fazendo arminha. Quem precisa torcer contra? Ninguém. Pois é tiro no próprio pé todo dia. 

Vão morrer batendo com o punho no chão, mas não é dizendo "ela se move", e sim, "mas e o Lula?!" e começam a chorar em posição fetal. 



25 comentários:

L disse...

Governo mal começou e eu já conto os dias pra vê-lo terminar. Excelente texto, Eudes.

Wagner Ferreira disse...

Acabou a mamata, hehehehehe!!!!!
Pra quem manja um pouquinho de História, vai entender que em governo de militar a corrupção não existe, por dois motivos:
1- Não é investigada.
2- Não é noticiada (censurada na imprensa).
Aí o GADO repete, com todo orgulho, que "naquele tempo não existia corrupto"! Pois bem, parece que em 2019 também não vai mais existir, tá suspensa a corrupção...
Nada mudou no bananal (ou seria laranjal?)
Vocês caíram, e não foi por falta de aviso, na conversa do político profissional que iria combater a corrupção. Parabéns, otários!!!!! BANDO DE HIPÓCRITAS FDP!!!!!!!!!!������
https://politica.estadao.com.br/noticias/geral,supremo-manda-suspender-investigacao-de-queiroz-e-outros-servidores-diz-mp,70002683278?utm_source=twitter%3Anewsfeed&utm_medium=social-organic&utm_campaign=redes-sociais%3A012019%3Ae&utm_content=%3A%3A%3A&utm_term&fbclid=IwAR2nCaPkVTHDFMd6zEfdkj78yC4iOb6taX6lJky7yn9IKCqfXHapKxIcsnM

Matheus Rodrigues disse...

Nem precisou do fantasma do comunismo, ou do foro de São Paulo, ou da ditarura gay ou do grande inimigo master force red explosion PT, ou de qualquer grande nome da ciência como Newton ou Darwin. Eles tropeçam na própria ignorância e corrupção. Cada dia é uma piada.

Anônimo disse...

Vão ser 4 anos disso, o pessoal se acostuma. Depois troca.

juliano silva disse...

Só rindo pra não chorar.

Unknown disse...

Não sei se dura 4 anos. Sério. É muita burrada pra uma família só

Nano Falcão disse...

O problema deles com o "comunismo" é somente na parte social de financiar educação, saúde e habitação pra todo mundo. Mas na parte de vigiar, censurar, prender arbitrariamente o cidadão - como a China faz muito bem, com essa tecnologia de reconhecimento facial sendo um de seus maiores sucessos "orwellianos" - daí não tem problema ir buscar exemplos da "China Comunista" pra aplicar aqui no Brasil. Até porque se tem uma coisa que "comunismo" e ditaduras capitalistas - como o regime militar - tem em comum são justamente vigiar, censurar, controlar, prender e matar os opositores se necessário.

Wagner Ferreira disse...

Falar de Comunismo é fachada!!! Esses merdas nem sabem o que isso significa! Tudo cortina de fumaça pra ganhar eleição: "Contra o Comunismo, Cristão e pela Família"! Ranço pra enganar o GADO - tem gente por trás deles, acreditem - esse monte de estrume está há 28 anos em cargo público e NUNCA fez UM projeto para beneficiar seu Estado (o Rio de janeiro), quiçá o Brasil... O maior enganador do século - e foi tudo avisado com antecedência, mas preferem o ódio cego a um partido do que o bem comum de uma sociedade inteira... Que se fodam TODOS que votaram nesse monte de bosta!

Viking disse...

Eudes, Você se situa melhor "dizendo não" à política. Não se desvie.

Eudes Honorato disse...

"Eudes, Você se situa melhor "dizendo não" à política. Não se desvie."

Meio estranho essa frase, seria como eu dizer o que vc deve fazer da sua vida.

BRANCALEONE disse...

Mais do mesmo ? Gado ? Com tantos argumentos convincentes, parece que o gado, apenas mudou a sua marca. Alguns com uma longeva década e meia, e outros começando seu ciclo. O tempo dirá.

Anônimo disse...

as baratas elegeram o próprio exterminador!
Os extremos se unem e se sobrepõem no infinito!
Farinha do mesmo saco; o mesmo estrume, mudando apenas a origem!

Anônimo disse...

Eudes, pense sinceramente em tornar o site privado, pois depois que derrubaram os principais sites de torrente (manicomioshare-fazia parte há 11 anos); tempos difíceis e nefastos se aproximam!

savamu

Nano Falcão disse...

Hoje vi Bolsominions defendendo o fechamento da Globo... Uai, não é venezuela que mandaram fechar canais de TV de oposição????

Rodoww disse...

eu só quero ver o circo pegar fogo mesmo. A mídia catapultou bolsonaro onde ele tá hoje e agora não sabe o que fazer com ele. Qualquer um que queime primeiro é felicidade pra gente.

Tiago Salviatti disse...

Brilhante texto. Reflete bem o cenário desse vil cabaré...
Por sinal, aquela passagem do Moore podia virar o Hino Nacional nesses próximos quatro anos.

Anônimo disse...

Queria o quê, Eudes que votasse nos petralhas? A gang do Lula todo mundo sabia que não prestava, nada mais natural votar na oposição, sem traumas.

Igor

Eudes Honorato disse...

"Queria o quê, Eudes que votasse nos petralhas? A gang do Lula todo mundo sabia que não prestava, nada mais natural votar na oposição, sem traumas."

Não entendi. O que isso muda na corrupção do novo governo? E por favor , né. Todo mundo já conhecia o senhro Bolsonaro e sua incompetencia e outros defeitos, pq já mamava nas tetas e ja tinha casos de funcionarios fantasma. E que eu saiba, nao tinhaa só o PT e Bolsonaro concorrendo.

Não foi por ser o menos pior que votaram nele, vcs sabiam de todas as merdas desse também, votaram pq ele é o que ele é, e vcs gostam dele assim mesmo, se ele roubar é o de menos.

Ainda bem que, assim como a Dilma, ele vai cair por ele mesmo, por pura incompetencia.

Eudes Honorato disse...

Essas desculpas esfarrapadas de vcs não colam mais, é só um disco arranhado que ng mais quer ouvir. Acabou antes de começar.

Anônimo disse...

O profeta do Caos,Felipe Nerd da 3 idade Merdes viu o futuro e nos conta...

Eudes Honorato disse...

"O profeta do Caos,Felipe Nerd da 3 idade Merdes viu o futuro e nos conta..."

O imbecil cegueta, chupa rola de Bolsonaro não v~e o que tá enfiado no cu dele e mesmo que alguém lhe conte, ele pede apenas que Bolsonaro enfie mais até que ele goze pelo ânus enquanto grita MITOOOOOOOO!!!! hahahaheuhahheuaheuhauehauheuaheuhaueh

Vitor disse...

Eudes, sua paciência é sobrenatural pra responder tantos trolls e haters.

Paulo Pina disse...

Saúde,
Uma crónica maravilhástica do Lobo Antunes. Do tempo do deus, pátria e família em Portugal.
Vou ter que dividir em várias partes.

Os pobrezinhos

Na minha família os animais domésticos não eram cães nem
gatos nem pássaros. Na minha família os animais domésticos eram os
pobres. Cada uma das minhas tias tinha o seu pobre pessoal e
intransmissível, que vinha a casa dos meus avós uma vez por semana,
buscar com um sorriso agradecido a ração de roupa e de comida.
Os pobres, para além de serem obviamente pobres (de
preferência descalços para poderem ser calçados pelos donos, de
preferência rotos para poderem vestir camisas velhas que se salvavam
desse modo de um destino natural de esfregões, de preferência
doentes a fim de receberem uma embalagem de aspirina) deviam
possuir outras características imprescindíveis: irem à missa,
baptizarem os filhos, não andarem bêbedos e sobretudo manterem-se
orgulhosamente fiéis à tia a quem pertenciam. Parece que ainda estou
a ver um homem de sumptuosos farrapos, parecido com o Tolstoi até
na barba, responder ofendido e soberbo a uma prima distraída que
insistia em oferecer-lhe uma camisola que nenhum de nós queria
— Eu não sou o seu pobre eu sou o pobre da menina
Teresinha.
(continua)

Paulo Pina disse...


Coninuação de Os pobrezinhos
O plural de pobre não era pobres. O plural de pobre era esta
gente. No Natal e na Páscoa as tias reuniam-se em bando armadas de
fatias de bolo-rei, saquinhos de amêndoas e outras delícias
equivalentes e deslocavam-se piedosamente ao sítio em que os seus
animais domésticos habitavam, isto é um bairro de casas de madeirada periferia de Benfica, nas Pedralvas e junto à estrada militar, a fim
de distribuírem numa pompa de reis magos peúgas de lã, cuecas,
sandálias que não serviam a ninguém, pagelas de Nossa Senhora de
Fátima e outras maravilhas de igual calibre. Os pobres surgiam das
suas barracas alvoroçados e gratos e as minhas tias preveniam-me
logo enxotando-os com as costas da mão — Não se chegue muito que
esta gente tem piolhos.
Nessas alturas, e só nessas alturas, era permitido oferecer
moedas aos pobres, presente sempre perigoso por correr o risco de ser
gasto
(— Esta gente coitada não tem a noção do dinheiro)
de forma deletéria e irresponsável. O pobre da minha tia
Carlota, por exemplo, foi proibido de entrar em casa dos meus avós
porque quando ela lhe meteu dez tostões na palma, recomendando,
maternal, preocupada com a saúde do seu animal doméstico
— Agora veja lá não gaste tudo em vinho
o atrevido lhe respondeu malcriadíssimo
— Não minha senhora vou comprar um Alfa-Romeo.
Os filhos dos pobres definiam-se por não irem à escola, serem
magrinhos e morrerem muito. Ao perguntar as razões destas
características insólitas foi-me dito com um encolher de ombros
— O que é que o menino quer esta gente é assim
e eu entendi que ser pobre, mais que um destino, era uma espécie de vocação como ter jeito para jogar bridge ou para tocar
piano.
Ao amor dos pobres presidiam duas criaturas do oratório da
minha avó, uma em barro e outra em fotografia, que eram o Padre
Cruz e a Sãozinha, as quais dirigiam a caridade sob um crucifixo de
mogno. O Padre Cruz era um sujeito chupado, de batina, e a Sãozinha
uma jovem cheia de medalhas com um sorriso alcoviteiro de actriz de
cinema das pastilhas elásticas, que me informaram ter oferecido
exemplarmente a vida a Deus em troca da saúde dos pais. A actriz bateu a bota, o pai ficou óptimo e a partir da altura em que me
revelaram este milagre tremia de pânico que a minha mãe, espirrando,
me ordenasse — Ora ofereça lá a vida que estou farta de me assoar, e
eu fosse direitinho para o cemitério a fim de ela não ter de beber chás
de limão.
Na minha ideia o padre Cruz e a Sãozinha eram casados tanto
mais que num boletim que a minha família assinava, chamado
Almanaque da Sãozinha, se narravam em comunhão de bens os
milagres de ambos, que consistiam geralmente em curas de paralíticos
e vigésimos premiados, milagres inacreditavelmente acompanhados
de odores dulcíssimos de incenso.
Tanto pobre, tanta Sãozinha e tanto cheiro irritavam-me. E
creio que foi por essa época que principiei a olhar com afecto crescente
uma gravura poeirenta atirada para o sótão que mostrava uma
jubilosa multidão de pobres em torno da guilhotina onde cortavam a
cabeça aos reis.

Rubens "Harryhausen" Duprat disse...

Olavo de Carvalho tá parecendo o tiozinho do meme "quero café"!!! XD

Business

category2