sábado, 12 de janeiro de 2019

NerdTeca: Combo do Ceticismo

COMBO DO CETICISMO, RACIOCÍNIO E COMBATE À IGNORÂNCIA
Arquivos enviados por Muad'Dib e Out, The Sider Z/HORDA Books



PARA BAIXAR, CLIQUE MEDIAFIRE

Na minha humilde opinião, estes livros não são para mudar a cabeça de nenhum religioso, olavete, nandete ou bolsominion. Estas pessoas não vão comprar ou baixar livros desta natureza. Falando por experiência própria, creio que você só vai ler estes livros quando estiver no... clima. 

Como já contei em um outro post, foi assim que aconteceu comigo. Tanto que três desses livros já li e um quarto estou lendo. Afinal, eu já estava fora de religião há anos e queria saber mais sobre aquilo que eu sentia e achava ser descrença e que, na verdade, era apenas ceticismo. 

Especialmente recomendável é O Mundo Assombrado por Demônios, de Carl Sagan, pois... é Carl Sagan. Ele nos leva pelo mundo do ceticismo e nos explica de maneira fácil de entender muitas das coisas que são apenas superstições ou histórias mal contadas como, por exemplo, abduções alienígenas. Seguem as descrições de cada um:

DEUS, UM DELÍRIO - RICHAR DAWKINS:

Em Deus, um Delírio, ele concentra exclusivamente no assunto seu intelecto afiado e mostra como a religião alimenta a guerra, fomenta o fanatismo e doutrina as crianças. O objetivo principal deste texto mordaz é provocar: provocar os religiosos convictos, mas principalmente provocar os que são religiosos "por inércia", levando-os a pensar racionalmente e trocar sua "crença" pelo "orgulho ateu" e pela ciência.

A IMPOSTURA CIENTÍFICA EM DEZ LIÇÕES - MICHEL PRACONTAL:

Um manual da farsa científica, em dez lições. É assim que o autor trata da pseudociência, atraente e difundida na atualidade. Um alerta ou um "manual de uso" àqueles que pretendem se aperfeiçoar na prática do charlatanismo, quanto para alertar os incautos contra as práticas daqueles que, empunhando a bandeira da ciência, pretendem burlar os preceitos da racionalidade científica.

O MUNDO ASSOMBRADO PELOS DEMÔNIOS - CARL SAGAN:

Assombrado com as explicações pseudocientíficas e místicas que ocupam cada vez mais os espaços dos meios de comunicação, Carl Sagan reafirma o poder positivo e benéfico da ciência e da tecnologia para iluminar os dias de hoje e recuperar os valores da racionalidade.

POR QUE AS PESSOAS ACREDITAM EM COISAS ESTRANHAS - MICHAEL SHERMER:

Por que razão tantas pessoas acreditam na leitura da mente, na terapia de regressão a vidas passadas, em raptos extraterrestres e em fantasmas? Por que razão, nesta era de suposto esclarecimento científico, parecemos estar masi perigosamente confusos? Neste livro, o historiador de ciência Michael Shermer desmascara essas idéias e explora as razões humanas. O autor revela ainda o lado mais perigoso e assustador das crenças baseadas em desejos e não em fatos, incluindo a contestação do Holocausto, o movimento da memória recuperada, o afrocentrismo extremo e ideologias de superioridade racial.

DEUS NÃO É GRANDE: COMO A RELIGIÃO ENVENENA TUDO - CHRISTOPHER HITCHENS:

Deus não criou o homem à sua imagem, foi o contrário. A partir dessa afirmação o jornalista e escritor Christopher Hitchens ataca os alicerces de um dos mais importantes princípios da civilização ocidental: a religião. Questionador e de estilo incisivo, o autor põe em dúvida até o mais beato dos fiéis, mostra por que nenhuma religião oferece uma resposta satisfatória a vários questionamentos e por que a profusão de deuses e religiões tanto tem adiado o desenvolvimento da civilização.

CIÊNCIA E PSEUDOCIÊNCIA - RONALDO PILATI:

Você, ser racional, já se pegou acreditando em superstições ou qualquer coisa sem nenhuma evidência científica? Pois é, isso é muito mais comum do que se imagina, pois somos máquinas de crenças, que, antes de analisar criticamente, acreditamos ou desacreditamos de forma automática e só mais tarde procuramos raciocinar sobre a questão. E como combater essa tendência e não passar vexame espalhando fake news por aí? A resposta está neste livro do psicólogo e pesquisador Ronaldo Pilati: adquirir uma postura científica de compreensão do mundo. Nestes tempos de excesso de informações, muitas delas falsas, esta obra serve como um guia para se aprender como avaliar criticamente aquilo que se lê e que se ouve por aí sob o nome de “científico”. Esta obra fará você rever suas crenças. E sua vida.


18 comentários:

Unknown disse...

Eu sou cristão. Desses aí, li o Mundo assombrado por demônios. E não creio que um livro muda a fé de alguém, pois costumo ler muito literatura digamos imprópria ao povo evangélico e sempre procurei as respostas em meio ao ateísmo, já que tenho amigos ateus e nunca me vi tentado a negar a fé.
Não o estou julgando por ser ex testemunha de Jeová e hoje se vê livre dessa seita, pois ali nunca pregaram o verdadeiro evangelho, como deve saber. Todavia, segundo valores da Direita hipócrita, esses livros são impróprios ao pensamento cristão. Mas creio ser medo medo pastores terem uma igreja com pessoas que lêem. É preferível para eles lêem seus testemunhos mentirosos a entenderem o porque ou o que está por detrás dessa manipulação. Parabéns pelos livros.

Eudes Honorato disse...

Quando eu era Testemunha de Jeová, mesmo não sendo dito diretamente, só pensar em ler um livro desses, era considerado um pecado mortal, a gente se sentia como um criminoso só de pensar em passar perto de algo assim. Tudo muito bem incutido por meio de discursos, livros e revistas, de modo bem objetivo, mas sem ameaças concretas.

Anônimo disse...

Teria como você conseguir os livros do Padre Quevedo?

Eudes Honorato disse...

Vou dar uma procurada.

juliano silva disse...

Eu acredito em alienígenas.

Eudes Honorato disse...

Quem garante que eles só falam a verdade?

Dieghoull disse...

Richard Dawkins me converteu ao cristianismo.

Anônimo disse...

É uma onda, ao que parece, global...Infelizmente...
Na Índia*, houve um congresso onde teorias científicas foram desacreditadas...
No Eua, uma comunidade antivacina** criou uma janela de contaminação de sarampo: os pais que não vacinam os filhos os deixam expostos à doença e, seus filhos doentes, terminam passando o sarampo aos filhos de pais que vacinam, mas ainda não fizeram isso por alguma razão.
No brasil, um charlatão*** seguidor de geocentristra (além de inúmeras teorias da conspiração) está escolhendo ministros e outros agentes políticos****
Valeu pelas indicações dos livros!
*
https://www.bbc.com/portuguese/geral-46780542
**
https://www.bbc.com/portuguese/geral-46272988
***
https://www.vice.com/pt_br/article/bjeb3z/cientistas-rebatem-as-ideias-de-olavo-de-carvalho
****
https://www.bbc.com/portuguese/brasil-46802265

Márcio Lima disse...

"Richard Dawkins me converteu ao cristianismo."

Já se vê que você nunca leu Richard Dawkins.

Márcio Lima disse...

Que bibliografia maravilhosa!

Os livros sobre ceticismo do Michael Shermer - um excelente autor, existe outro livro dele, Cérebro e Crença, que busca entender como funciona o processo cognitivo de acreditar em qualquer coisa - do Ronaldo Pilati e do Carl Sagan (esse dispensa apresentações) são excelentes.

O livro do Michel de Pracontal eu o tenho físico, mas ainda não o li, e tá passando da hora de ler.

O livro do Dawkins é bom, mas parece que foi escrito meio que às pressas. Dawkins infelizmente não desenvolve bem certos argumentos do seu livro. Mas a obra tem seus ótimos momentos. No quesito "defesa do ateísmo", o livro do Hitchens é bem melhor.

Hitchens, falecido há alguns anos atrás, é um jornalista que percorreu o mundo e constatou in loco como a religião pode ser extremamente opressora. Em sua crítica, Hitchens não perdoa nem o budismo, então não pensem que a obra se limita a criticar apenas o cristianismo, o judaísmo e o islamismo.

E tem outra coisa: Hitchens escreve BEM PRA CARALHO! Um ótimo ensaísta e escritor. Já escreveu sobre Thomas Paine e sua defesa dos Direitos do Homem, já escreveu contra Henry Kissinger, chamando-o de "criminoso de guerra", fazendo uma elucidativa acusação contra esse sujeito que, por motivos inexplicáveis, chegou a ganhar o Prêmio Nobel da Paz... e já escreveu sobre George Orwell, um escritor que Hitchens tem verdadeira admiração.

Paulo Pereira disse...

Excelente post, aproveito para um pedido,será que alguém tem Dúvida: uma história - de Jennifer Michael Hecht

Wesley Leite disse...

Tem como conseguir "a linguagem de Deus" de Francis S. Collins, a "Summa Teologica" de Tomas de Aquino e "o delírio de Dawkins" de Alister Mcgrath e Joanna Mcgrath? Obrigado pelo ótimo trabalho que o rapadura presta a nós, amantes da leitura, mas nem sempre "monetizados"! kkk

Diego Magalhães do Nascimento disse...

Essencial!

Marcelo Celo disse...

Nos meus 47 anos de vida, digo com grande e sábia certeza, somos filhos da água, da terra, da pedra, do fogo do sol, iguais por sinal a todos os animais que temos ao nosso redor, temos osso (pedra calcária), queratina (presente em vários insetos e baratas kkk), produzimos energia elétrica, produzimos gases como metano, fazemos a digestão de enxofre e outras centenas de orgânicos e minerais, milhões de bacterias e micróbios habitam nossos corpos e bla bla bla! Quer mais prova que isso, que somos criação da terra ou planeta...e nada mais...tem nada de divino nisso não ! Há, aí vem o universo quem criou tudo e bla bla...bom se tem um criador ele é especialista em criar pedra fogo e gases...nada mais gente...o resto é a viajem psicodélica humana na palavra escrita, no "medo de morrer" e saber que vai acabar "tudo mesmo" (e vai mesmo;) aí pras pessoas não "endoidar de vez", "a gente vende um pedacinho do Céu" e fica tudo bem! Abraço amigo Eudes !!

Leandro 2112 disse...

A verdade está lá fora.

Excelentes arquivos, meu amigo. Seu trabalho é ótimo.

Anônimo disse...

Livro: Nos Bastidores do Reino de Mario Justino (em PDF)

SINOPSE
Pela primeira vez, um ex-pastor da Igreja Universal do Reino de Deus revela com enorme impacto os segredos da seita do bispo Edir Macedo, hoje espalhada por quase todo o mundo. A obra caiu como uma bomba sobre a organização de Macedo, que conseguiu na Justiça uma liminar impedindo provisoriamente a circulação do livro, que ficou apenas 22 dias nas livrarias, desde seu lançamento, em novembro de 1995. A editora lutou e conseguiu, na Justiça, a liberação da obra, em que o ex-pastor Mário Justino narra sua amarga experiência com religião, drogas e o submundo do crime, no Brasil e em Nova York. Um livro recomendado para jovens e que foi adotado como educação para a cidadania por vários professores.

BAIXAR EM PDF
É só clicar no botão verde onde está escrito DOWNLOAD (1.04MB) e será baixado automaticamente.

http://www.mediafire.com/file/zkxcyleck3a1c59/NOS+BASTIDORES+DO+REINO+-+MÁRIO+JUSTINO+-+COMPLETO.pdf

Leonardo Raimundi disse...

fé não se perde. podem vir mil livros desses naipes aí que a única dúvida que nós vamos ter é se não estamos vendo o mesmo livro de novo.

Anônimo disse...


Curti muito o das Imposturas Científicas.
Ele não vai só contra o mais óbvio das pseudociências, mas descreve alguns problemas (até graves) das ciências mais tradicionais. Diferenças culturais (O Q.I. é bastante criticado na França, por ex, mas engolido pelos anglo saxões), estudos genéticos desenvolvidos para serem usados em tribunais, o blá blá blá das ciências humanas que usa mais retórica do que fatos para se justificar... Se fosse mais recente poderia mencionar as confusões que os nutricionistas fazem.

A ciência é como qualquer outra instituição humana e sujeita a cagadas semelhantes. O bom é que ela tem uma filosofia de não se aquietar e estar sempre revisando seus pontos de vista. Coisa que não costuma acontecer facilmente com as religiões.

Procure um livrinho de Rubem Alves, chamado Filosofia da Ciência. É da Editora Loyola (!) mas o conteúdo é o tipo de coisa que todo moleque com curiosidade científica deveria ler.


* * *
Eu também fui criado numa religião... mas escapei delas. Concordo que há muitos idiotas religiosos poraí, mas não gosto do ateísmo radical.

Sei que normalmente a religião "poda" as pessoas. Entretanto, a vida em sociedade faz isso também e não vejo nisso um problema. Na verdade, é parte do pacote: para sobreviver e também para expressar sua liberdade. Sozinho, a pessoa é ninguém.

Além disso - penso eu - existem valores que nem sempre são alcançáveis. Ou, para me expressar melhor: Existem BONS valores coletivos que nem sempre são BONS valores individuais. Ser avarento, guloso, preguiçoso, vaidoso, normalmente podem ter reflexos prazerosos e até positivos em sua vida particular. Em certa medida, todo mundo já deu uma escapulida nesse sentido. Porém, se TODOS seguirem fanaticamente e aberta e nesse caminho, certamente podem ocorrer problemas que deterioram a sociedade como um todo.

Não é à toa que o ser humano é hipócrita: o mal, concretamente, pode ajudar. Se não fosse assim, não estaria poraí até hoje.

Não é à toa que as religiões deixem os castigos e os benefícios para a vida pós morte. A vida real não está nem aí praquilo que está fazendo. Vc pode ser bom e tomar na cabeça. Vc pode ser mal e se tornar rei do mundo. Em geral, podem haver outras consequências concretas de ser uma coisa ou outra, mas - na real - não há garantias que se realizem.

Uma outra coisa prática que percebi depois de ter filhos. O sobrenatural é prático. Classificar a tomada como "má", vai facilitar a criação dos filhos. Melhor do que falar em voltagem, potência,etc. Tentar explicar tudo vai te deixar louco e pode confundir mais. Com o tempo, à medida que eles crescerem, dá pra ir introduzindo conceitos mais desenvolvidos, mas resumir em bicho papão, papai noel, anjos e capetas te quebra muitos galhos.

Enfim: a religião tenta ser mais uma "cola" da sociedade. Tenta né. Pra algumas coisas e (penso) pra maioria das pessoas resolve. Pra se justificar, tenta explicar o mundo real. Mas o mundo real é muito melhor explicado pela ciência (Com exceção das Humanidades, que tá mais perto da poesia, da retórica, ou da narrativa, do que propriamente de uma verdade fixa. Mas mesmo assim precisamos dela, como quem se guia em bússola. )


Bront

Business

category2