terça-feira, 2 de abril de 2019

Alien 3

ALIEN 3: UM ROTEIRO NÃO PRODUZIDO - WILLIAM GIBSON
Tradução e Letras: A Man Without a Name/HORDA Inc.



PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou MEDIAFIRE

Eu assisti Alien 3 no cinema. Por mais que eu tentasse, não consegui gostar e as cenas do alien em computação gráfica só pioraram tudo. Ripley morrer no fim então, nem se fala. É um filme que eu preferiria esquecer que existiu. Na verdade, é como se tudoi tivesse terminado mesmo em Aliens - O Resgate. 

William Gibson é o escritor de Neuromancer, livro que deu bastante inspiração para Matrix. Gibson fora chamado para escrever o roteiro de Alien 3, que acabou sendo trocado pelo que foi filmado. O roteiro de Gibson vai por um caminho totalmente diferente daquele que foi apresentado nas telas. 

A nave onde Ripley e os outros estão, acaba por ser interceptada e encontram ela, a menina, Hick e o andróide Bishop ainda vivos. No caso de Bishop, ele foi consertado. A estação especial que encontra os sobreviventes também entende que alguma coisa veio com eles, e que não é algo com que se brincar. Porém, logo são impedidos de destruir seja láo que for aquilo. A intenção de usar os aliens como arma de guerra se mostra como uma opção. Porém, os donos da Sulaco querem seus sobreviventes e de volta, incluindo o alien. 

Logo se percebe porque o roteiro de Gibson foi rejeitado. Nele, Ripley não tem destaque, passando a maior parte do tempo desacordada. Hicks e Bishop são os protagonistas e até mesmo a menina tem mais destaque que Ripley. Alien sem Sigourney Weaver não seria Alien. 

Para os quadrinhos se tornou o roteiro perfeito, já que não depende de astros de Hollywood para que a história funcione bem.  


3 comentários:

Ereinion disse...

parabéns para quem traduziu, estava lendo ela em inglês e pensando em traduzir, mas já tá prontinha :) valeu galera.

Fábio RT disse...

Eu gosto bem mais da versão do diretor...a do cinema é fraca. Realmente,o Alien digital que já era ruim na época, envelheceu terrivelmente.

Sora disse...

Muito bom! A Ripley foi deixada de lado na história do William Gibson a pedido dos próprios produtores da Fox, que achavam que a protagonista poderia acabar se tornando um fardo para a franquia.

Business

category2