sexta-feira, 26 de abril de 2019

HMPM: Novos Mutantes

OS HERÓIS MAIS PODEROSOS DA MARVEL: NOVOS MUTANTES
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

O cenário da escola dos X-Men é um presente para os escritores. A decisão de fazer mutantes não só mais uma superequipe, mas uma equipe de superestudantes aprendendo a usar seus poderes, deu à série um potencial muito além do quadro padrão de super-heróis de quadrinhos. 

Isso os torna instantaneamente acessíveis - afinal, todos nós já passamos pela escola - e é o lugar perfeito para o tipo de histórias mais pé no chão que tornaram a Marvel famosa. O único problema é que uma hora os alunos têm de partir. Embora os X-Men tenham se "formado" em X-Men 7, eles permaneceram na escola pelo equivalente à faculdade dos super-heróis, consequentemente ajudando a treinar as novas gerações de mutantes. Em 1975, a primeira delas apareceu em Giant Size X-Men 1, anunciando um ressurgimento de sucesso. Então, sete anos depois, em 1982, uma nova turma estreou - Os Novos Mutantes. 

O primeiro de muitos spin-offs com a marca X [até demais para meu gosto], New Mutants escolheu a dedo os elementos-chave das duas equipes anteriores, porém com um toque moderno. Tal qual os X-Men originais, eles eram adolescentes, só que descobrindo seus incríveis poderes que subitamente tinham a seu dispor. 

Contudo, em vez da equipe formada apenas por americanos, os criadores Chris Claremont e Bob McLeod decidiram pegar mutantes de todo o mundo, assim como Len Wein e Dave Cockrum haviam feito em Second Genesis. O resultado é uma equipe que retoma a sensação de descoberta e deslumbre presente mas primeiras séries de Jack Kirby/Stan Lee, mas incorporando tensão e conflitos que conduziram à segunda formação. 

Retomando das ameaças na série original Uncanny X-Men, Marvel Graphic Novel 4 mostrou a estreia de sua nova força-tarefa consistindo de Karma, Miragem, Mancha Solar, Lupina e Míssil. Também viu o início das batalhas dos Novos Mutantes com o Clube do Inferno, que acabaria se tornando um sério problema para o grupo. 

No entanto, neste caso os membros do Clube do Inferno eram quase acadêmicos em seus papéis como vilões. A verdadeira força motriz por trás da história é o relacionamento entre os próprios Novos Mutantes, como eles superam suas incertezas e seus medos, e começam a trabalhar em equipe. Embora um olhar mais moderno possa considerar alguns diálogos e maneirismos levemente estereotipados, é impossível não aplaudir as intenções de Claremont e McLeod de criar histórias tão maduras e focadas mo desenvolvimento dos personagens. 

A seguir, temos A Saga do Urso Místico (Demon Bear Saga). Estava claro para os leitores que, apesar do elenco ser jovem, New Mutants desenvolveu um tom mais sombrio do que o esperado. E isso foi intensificado mais tarde pela chegada de Bill Sienkiewicz, cuja arte desconstruída e áspera foi considerada altamente experimental na época. 

Viscerais e perturbadoras, mas também muito belas, estas edições polarizavam os fãs de quadrinhos, contudo não há como negar que o estilo artístico se encaixa perfeitamente na história de Claremont. É um clássico terror adolescente dos anos 1980 reformulado mo grandioso estilo Marvel.

Por fim, a equipe iria se "formar" no Instituto Xavier tornando-se o grupo militante X-Force... mas vamos deixar essa história para outro dia. Por enquanto, lhes apresentamos a terceira geração de X-heróis, os Novos Mutantes (texto de Ed Hammond).





11 comentários:

Anônimo disse...

Cria uma playlist só com a coleção salvat capa preta da marvel
e outra com a coleção salvat capa vermelha da marvel

Juliano Braga disse...

Eu amava novos mutantes, e fiquei muito desapontado com o que a marvel fez com o grupo a partir do momento que a louise simonson começou a roteirizar, desfazendo tudo aquilo que achava legal e tornando as histórias em um pastiche dramalhão de desgraças e descaracterizando os personagens (e finalmente matando ou colocando fora do baralho muitos deles, colocando no lugar mutantes genéricos vindos da x-factor sem a menor graça). finalmente deram para o liefeld terminar de dar fim aos trapos do que sobrou da equipe. mas na época do claremont era top. a gente só fica chateado mesmo ao lembrar do triste desfecho destes personagens favoritos.

Anônimo disse...

Essa edição da coleção Salvat Vermelha pode parecer redundante à primeira vista, posto que a "Saga do Urso Demoníaco" já havia sido compilado em alta qualidade pela Panini faz pouco tempo, mas ela também traz PELA PRIMEIRA VEZ no Brasil a Graphic Marvel com a origem dos Novos Mutantes. Não que seja uma excelente edição, mas se trata de material inédito e de grande interesse para os colecionadores mais raiz.

Eudes Honorato disse...

"Essa edição da coleção Salvat Vermelha pode parecer redundante à primeira vista"

O quemais gosto dessa coleção são os textos informativos, que são bem completos (até o ano da publicação, claro), o que me faz querer digitalizar os 100 que sairam aqui, pena que a salvat nao publicara as que vieram depois.

Fábio RT disse...

Muito obrigado !!!

Rubens Duprat disse...

Os textos informativos são muito bons, mesmo!

Gilgamesh disse...

Eudes, teremos as 100 ediçõs aqui no Rapadura? Excelente trabalho, viu!!!

Eudes Honorato disse...

"Eudes, teremos as 100 ediçõs aqui no Rapadura?"

Vai dar trabalho, mas, sim.

Anônimo disse...

Estou com muita vontade de comprar essas coleções do novos mutantes , problema é que são muito caras

Edu disse...

Eudes, obrigado por mais uma... E, se você tiver e puder, pretende um dia colocar "Lendas do Homem de Aço: Gil Kane"?

Marcelo disse...

O grupo que mais aprecio (época do Claremont). Valeu Eudes.

Business

category2