segunda-feira, 22 de abril de 2019

HMPM: Nova

OS HERÓIS MAIS PODEROSOS DA MARVEL: NOVA
Digitalização e Tratamento: Outsider Z/HORDA Inc.

PARA BAIXAR, CLIQUE MEGA ou GOOGLE DRIVE

Conferir poder absoluto a um humano qualquer é um assunto bem arriscado. Mas foi esta situação que o moribundo Rhomann Dey, o último membro da Corporação Nova, enfrentou ao chegar à Terra. E, com tudo isso acontecendo dentro das páginas de uma HQ da Marvel, foi a pessoa que menos parecia merecer o poder que o recebeu. Richar era fraco, desastrado e ia muito mal na escola - não era a escolha mais óbvia para um guerreiro interestelar. Para a sorte da Terra e o restante da galáxia, o jovem estudante provou que tinha o que era preciso para ser um membro da fabulosa Corporação Nova. 

Publicado em 1976, Nova foi a homenagem de Marv Wolfman a um dos heróis fundadores do Universo Marvel: o Homem-Aranha. É fácil ver as similaridades intencionais em ambas as séries, do tema de poder e responsabilidade à jovialidade do personagem e a ambientação escolar. 

Porém, comparado ao Homem-Aranha, os poderos do Nova estão em outro nível. Sabendo como é não ter poderes e considerado um perdedor pela maioria de seus amigos, Richard tem um respeito profundo por suas novas habilidades. Ele usa seus poderes para o bem, simplesmente porque é a coisa certa a fazer. Pode soar um tanto ingênuo, mas para Richard Rider é a verdade definitiva na qual ele acredita de todo coração. 

Começamos este volume com as quatro primeiras edições da série original do Nova. Em vez de publicarmos apenas a história de sua origem, achamos que seria divertido ver aventuras contra seus primeiros vilões, como o Cabeça de Diamante e o Condor. Além disso, serve como desculpa para mostrarmos o quão poderoso Nova poder ser ao lutar contra ninguém menos do que o poderosso Thor na edição 4. 

Para a nossa história principal, trazemos quatro edições que destacam o papel de Nova  em um conflito intergaláctico épico que arrasou o lado cósmico do Universo Marvel durante a primeira década dos anos 2000. Enquanto os heróis da Terra estava ocupados com sua Guerra Civil, no outro lado da galáxia, planetas, sistemas solares e impérios galácticos caíam diante da chamada Aniquilação.

Criada pelos talentos cósmicos combinados de Dan Abnett e Andy Lanning, com arte de Kev Walker, esta série foi uma espécie de renascimento para Richard Rider, que encontrou seu papel na Corporação Nova e seu nível de poder aumentou exponencialmente. Lutando contra a armada de guerreiros insectóides famintos do Aniquilador, Nova enfrenta um desafio em escala realmente épica - mas eleo encara com sua coragem e determinação características.

A popularidade de Nova em Aniquilação foi tão grande que geraria uma nova série, com papéis importantes em vários arcos interestelares da Marvel pelos anos seguintes (Texto de Ed Hammond).





4 comentários:

martins disse...

Você tem hqs da Engleamos para scanear?

Eudes Honorato disse...

Por enquanto, não.

Eduardo disse...

Que presentão! Obrigado, Eudes. O Nova sempre estará em minhas memórias quadrinísticas, pois ele me marcou na infância, quando eu comecei a ler e ele sempre aparecia nas capas dos gibis da RGE.

Eudes Honorato disse...

"me marcou na infância"

Que engraçado, mesma coisa eu. Eu gostava dele e acho que tem ver com essa coisa de ser meio parecido com o Homem-Aranha, eu me identificava. E sim, as capas da RGE estao muito na minha memoria tb. Consigo lembrar até onde eu as vi pela primeira vez, que foi com um amigo com quem trocava gibis.

Business

category2